Triângulo amoroso envolvendo uma militar resulta em assassinato de jovem no Paço do Lumiar

O cadáver da jovem ainda no local

 

 A polícia já desvendou o assassinato da jovem Josenilda Morais da Silva, de 19 anos, que foi encontrada morta por estrangulamento no último dia 28,  na estrada que dá acesso ao aeroporto de Paço do Lumiar. Tudo aponta para uma policial militar, cujo nome e patente estão sendo mantidos em sigilo, que já havia tentado matar a vítima anteriormente, por conta de ciúmes.

Na noite de ontem, uma fonte da Polícia Civil revelou ao blogue, que a jovem mantinha um relacionamento amoroso com o ex-marido da militar, e que, por isso, Josenilde vivia ultimamente sob juramento de morte. Depois que atentou pela primeira vez contra a vida da vítima, a militar chegou a tirar licença para tratamento de saúde.

Conforme a fonte, o superintendente de Polícia da Capital, delegado Sebastião Uchoa deverá revelar o nome da militar e dar detalhes do crime ainda na manhã desta sexta-feira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*