Corregedor Cleones Cunha apoia iniciativas de trabalho da SSP-MA

Cleones com o secretário Aluísio Mendes e a delegada-geral Teresa Cristina Menezes

O corregedor-geral da Justiça do Maranhão, Des. Cleones Carvalho Cunha, recebeu o secretário de Segurança Pública do Maranhão, Aluísio Mendes, na manhã desta segunda-feira (28), em seu gabinete da sede da Corregedoria Geral da Justiça do Maranhão. Ele estava acompanhado da delegada-geral de Polícia Civil, Cristina Meneses, e do secretário-adjunto da SSP, Laércio Costa.
Entre diversos assuntos tratados, o secretário Aluísio Mendes destacou a realização de dois trabalhos pela Secretaria de Segurança Pública: uma campanha para conscientizar a população de não dirigir ao ingerir bebida alcoólica e fiscalização de casas de shows e boates em São Luís. “Queremos que o Judiciário maranhense esteja conosco, dando mais suporte e apoiando”, comentou o secretário Aluísio Mendes.
O corregedor-geral Cleones Cunha confirmou o apoio de disse que mobilizará os juízes do Maranhão. “Em relação à campanha contra a combinação álcool e direção, saiba que vocês têm o total apoio da Corregedoria, e eu farei questão de envolver os juízes das comarcas do interior nesse objetivo. Vamos incentivá-los a participar das ações e reforçar a campanha”, declarou o desembargador.
O secretário Aluísio Mendes falou sobre os dados de mortes no trânsito causadas pelo álcool e lamentou a triste realidade. De acordo com ele, o material de campanha já está sendo produzido.
Fiscalização – O trabalho de fiscalização de casas de shows e boates, que é realizado pelo Corpo de Bombeiros, de acordo com o secretário de Segurança Pública, será reforçado. “O trabalho sempre é feito, mas muitas vezes sabemos que os proprietários conseguem liminares e ficam funcionando normalmente”, pontuou o secretário, dando o exemplo da tragédia ocorrida em uma boate de Santa Maria (RS), na madrugada desse domingo (27).
Para o corregedor-geral Cleones Cunha, a fiscalização deve ser feita criteriosamente e, no que se refere à Justiça, se compromete a conversar com os juízes das Varas da Fazenda Pública sobre o assunto. “Precisamos que os estabelecimentos sejam seguros, onde a população se divirta com tranquilidade, e o Juidicário analisará esses pedidos de liminares de acordo com o que diz a legislação que trata da segurança desses estabelecimentos”, ressaltou.
Para o secretário Aluísio Mendes, o momento é de repensar o assunto. “Muitos estabelecimentos em São Luís deveriam estar fechados. A nossa lei que estabelece os critérios de segurança é boa, mas precisa ser cumprida pelos empresários”, frisou.
Perícia – Aproveitando a oportunidade da reunião, a delegada-geral Cristina Meneses apresentou ao corregedor-geral o projeto que está realizando para colocar em dia as perícias que estavam em atraso. “Após essa atualização, estabeleceremos prazos para que estes exames e as perícias estejam prontos e sejam enviados ao Judiciário”, ressaltou.
Cristina Meneses também entregou ao corregedor, para conhecimento, duas Resoluções da Polícia Civil, sobre conduta dos delegados em relação ao Ministério Público, ambas já avaliadas e aprovadas pelo Conselho Nacional de Justiça e Conselho Nacional do Ministério Público.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*