Filiação negociada – Graça Paz rechaça acusação de César Pires e defende o PSL

Deputada Graça Paz

Deputada Graça Paz

A deputada Graça Paz (PSL) proferiu discurso na tribuna, na manhã de quinta-feira (3), fazendo uma enfática defesa do Partido Social Liberal, legenda à qual se filiou em São Luís, no último final de semana. Ela declarou que o PSL não se enquadra na acusação feita pelo deputado César Pires (DEM).

Na sessão de quarta-feira (2), César Pires denunciou na tribuna um suposto esquema comandado por dirigentes de partidos políticos de pequeno porte, que resultaria na troca de filiações nas legendas por emendas parlamentares.

“É grave a acusação do deputado César Pires, que é líder do Governo nesta Casa. Ele tem muita credibilidade, é um deputado sério, competente, eloquente e aqui não vim contestá-lo de forma nenhuma. Não que eu tenha me sentido atingida e ao mesmo tempo me senti porque eu acabei de entrar num partido pequeno; eu acabei de entrar num partido que está em crescimento, que é o Partido Social Liberal”, afirmou Graça Paz.

Ela destacou que o PSL é um partido que tem três vereadores na Câmara Municipal de São Luís, sendo um deles, Isaías Pereirinha, o presidente da Casa.

“O PSL tem como presidente o grande vereador Chico Carvalho, que já foi presidente da Câmara de São Luís por duas vezes, um vereador de respeito, vereador que tem nome principalmente nesta capital e eu aceitei o convite justamente por conhecer as pessoas que estão no PSL”, acrescentou Graça Paz, lembrando que passou 16 anos no PDT maranhense.

“Eu fiquei lá 16 anos, foram 16 anos de muito compromisso, de muita fidelidade, 16 anos onde eu e o ex-deputado Clodomir Paz participamos da vida do partido, e fizemos também crescer e desenvolver o PDT em todo o Estado do Maranhão. Hoje estamos no PSL e eu não aceito, de forma nenhuma, que esta afirmação chegue ao PSL, porque quando eu tive o convite do vereador Chico Carvalho nada me foi cobrado, talvez pela história de Clodomir Paz, pela história da deputada Graça Paz esse convite veio até nós e nós aceitamos porque sabemos que é um partido de pessoas sérias e de pessoas comprometidas”, ressaltou Graça Paz.

Na defesa que fez do PSL, Graça Paz dirigiu-se ao deputado César Pires, fazendo-lhe um apelo: “Não aceito que o PSL entre nesta acusação que V. Ex.ª faz, talvez com toda a propriedade de que lhe é peculiar, mas gostaria que V. Ex.ª embora não tenha citado nome de nenhum partido, e isso é o que mais me incomodou, porque se tivesse citado o nome dos partidos e tivesse deixado o PSL de fora, eu estaria aqui tranquila nem viria a esta tribuna. Mas foi uma coisa generalizada e eu gostaria de pedir a V. Ex.ª se possível, com toda humildade, que se pensou em colocar o PSL aqui neste bolo, que V. Ex.ª retire porque a sua amiga e aqui falo que não só como parlamentar desta Casa, sua colega, mas como amiga e lhe asseguro que o PSL não merece estar neste bolo”, afirmou Graça Paz.

 

Publicado em Sem categoria por djalmarodrigues. Marque Link Permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>