Falta gás de cozinha em cinco Estados do país

DENISE LUNA
DO RIO
VIVIAM NUNES
DE SÃO PAULO

A Abragás (Associação Brasileira das Revendedoras de Gás LP) informa que há falta de gás de cozinha (GLP) em São Paulo, Paraná, Santa Catatina, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. O abastecimento de gás encanado não será afetado.

“Houve um desencaixe no fornecimento da Petrobras. As distribuidoras estão recebendo, em média, entre 60% e 70% da necessidade”, afirmou José Luis Rocha, presidente da entidade. “Não queremos causar pânico aos consumidores, mas estamos racionando sim o GLP em alguns lugares. Quem estava acostumado a comprar três, quatro botijões está levando só um”, completou. De acordo com a Abragás, cerca de 95% dos lares brasileiros usam GLP.

Segundo sete revendedores ouvidos pela reportagem na capital paulista, os distribuidores do produto estão entregando bem menos do que o esperado desde segunda-feira.

Na zona oeste da capital, por exemplo, o funcionário de uma revendedora afirmou que recebeu apenas metade da quantidade necessária para atender seus clientes. O abastecimento é diário, mas hoje nem houve entrega. “Atendemos de 700 a 800 clientes por dia. Com o estoque que temos, não vamos conseguir atender um terço disso hoje”, relatou o funcionário.

Na zona norte da cidade, o funcionário de uma revenda relata que recebeu 70% do volume solicitado. “Estou vendendo 30% menos por dia devido ao problema no abastecimento”, afirmou.

De acordo com o Sindigás (Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo), as empresas estão trazendo o produto de várias partes do país para contornar a situação.

A entidade representa seis distribuidores de GLP, que detêm cerca de 90% do mercado. “O sindicato espera que, no prazo máximo de dois dias, essas dificuldades já estejam solucionadas graças ao esforço coletivo das distribuidoras”, afirmou em nota.

REFINARIA

O problema, de acordo com a ANP (Agência Nacional do Petróleo), se deve a uma parada programada para manutenção na refinaria Henrique Lage, em São José dos Campos (SP), na qual houve uma redução na oferta de GLP. Mais cedo, a agência havia informado erroneamente que a paralisação havia sido em uma refinaria no Paraná.

A ANP admite que houve uma baixa nos estoques, por isso as distribuidoras restringiram os pedidos das revendas até a regularização da oferta. “A ANP está monitorando a situação, que deverá ser regularizada até semana que vem”, informou o órgão em nota.

O GLP (Gás Liquefeito de Petróleo) é um subproduto do petróleo, fabricado nas refinarias, ao contrário do gás natural, que pode ser encontrado junto ou separado do petróleo nos reservatórios em terra ou no mar.

Segundo a Petrobras, já foi apresentado à ANP um plano para disponibilizar uma quantidade adicional de GLP em São Paulo para contemplar e garantir o suprimento do mercado na área de Paulínia e Indaiatuba.

“A companhia também esclarece que dois navios estão descarregando GLP ainda nesta semana de forma a garantir o ressuprimento regular às distribuidoras que operam localmente, conforme procedimento usual da Petrobras.” De acordo com a ANP, “falhas no suprimento do GLP pela Petrobras de fato têm ocasionado problemas no fornecimento em algumas regiões do Brasil”

Publicado em Sem categoria por djalmarodrigues. Marque Link Permanente.

2 ideias sobre “Falta gás de cozinha em cinco Estados do país

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>