TJ mantém prefeito cassado de Alto Alegre do Pindaré fora do cargo

Atemir Botelho Atemir Botelho[/captio

O prefeito cassado de Alto Alegre do Pindaré, Atenir Ribeiro Marques (PRB), teve frustrada mais uma tentativa de voltar ao cargo. Em julgamento realizado na manhã desta quinta-feira, a desembargadora Raimunda Bezerra rejeitou recurso interposto pelo ex-gestor, afastado em novembro do ano passado por decisão da juíza da comarca de Santa Luzia do Tide, Marcelle Adriane Farias Silva, que determinou a cassação de Atenir por improbidade administrativa e ordenou à Câmara Municipal que desse posse ao vice-prefeito Francisco Gomes da Silva, o Edésio (PDT).
Foi a terceira tentativa feita por Atenir Botelho de derrubar a decisão da juíza da comarca de Santa Luzia no Tribunal de Justiça. As desembargadoras Nelma Sarney e Anildes Cruz já haviam negado liminar por meio da qual ele tentava reaver o mandato.
Sem obter sucesso no TJ, o prefeito cassado recorreu ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) e mais uma vez teve o pedido rejeitado. Inconformado, apelou novamente à Justiça de segundo grau, mas o desembargador Kléber Carvalho, relator do processo, negou provimento ao recurso, decisão confirmada nesta quinta-feira pela colega Raimunda Bezerra.
Atenir Ribeiro foi cassado em novembro pela Justiça, atendendo a uma ação ajuizada pelo Ministério Público, por improbidade administrativa. Ele foi acusado de fraudar, em 2009, um decreto emergencial, com o único propósito de burlar processos licitatórios. Além dessa condenação, Atenir responde a vários processos judiciais por irregularidades praticadas em sua gestão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*