Ex-presidente da Petrobrás envolvido em desvio milionário é cidadão de São Luís

gabrielli

A juíza Roseli Nalin, da 5ª Vara da Fazenda Pública do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, determinou nesta quarta-feira (28) o arresto dos bens e a quebra de sigilo fiscal e bancário dos réus da ação civil pública por improbidade administrativa movida pelo Ministério Público em dezembro de 2014 contra executivos da Petrobras e da Andrade Gutierrez.
Os acusados são José Sérgio Gabrielli, ex-presidente da Petrobras; Renato Duque, ex-diretor de Engenharia e Serviços da Petrobras; Pedro Barusco, ex-gerente-executivo de Serviços e Engenharia; Sérgio Arantes, ex-gerente Setorial de Estimativas de Custos e Prazos; José Carlos Amigo, ex-gerente de Implementação de Empreendimentos para o Cenpes; Alexandre da Silva, ex-gerente Setorial de Construção e Montagem do Cenpes; Antônio Perrota, responsável pela elaboração dos orçamentos dos contratos; e Guilherme Neri, responsável pela elaboração dos orçamentos dos contratos.
CIDADÃO DE SÃO LUIS Sérgio Gabrielli, um dos principais envolvidos no escândalo da Petrbrás, é cidadão de São Luis. Foi condecorado na Câmara Municipal por iniciativa do vereador Ivaldo Rodrigues, que aproveitou a presença do executivo na capital maranhense, quando ele veio participar de uma audiência pública, ocorrida no auditório da FAMA, para discutir a instalação da Refinaria Premium de Bacabeira, que todo mundo sabe agora não yer passado de um engodo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*