Morre em São Luis o poeta, escritor e jornalista Nauro Machado

nauro machado

Morreu, aos 80 anos, na madrugada deste sábado (28), o poeta e escritor maranhense Nauro Machado. Segundo informações da assessoria de comunicação do UDI Hospital, onde ele estava internado.

Nauro lutava contra um câncer de intestino. O velório está marcado para este sábado, na Academia Maranhense de Letras AML).

Nauro Diniz Machado nasceu em (São Luís,  em 2 de agosto de 1935. Poeta, escritor e jornalista, era  filho de Torquato Rodrigues Machado e Maria de Lourdes Diniz Machado.

Poeta autodidata com vasto conhecimento em artes e filosofia. Comparado por alguns críticos a Fernando Pessoa, é original por ser poeta universal entre seus contemporâneos mais imediatos, como Ferreira Gullar, Lago Burnett, José Chagas e Bandeira Tribuzi. Se Gullar questiona a própria forma poética, Nauro Machado questionava a própria essência e destinação do ser humano, sem deixar de cultivar uma linguagem poética e uma técnica de versos exemplares. Sua obra apresenta traços de reflexão existencial angustiada e violenta que encontra poucas comparações na lírica de língua portuguesa.

Exerceu diversos cargos em órgão públicos entre eles DETRAN e EMATER e também na Secretaria de Cultura do Estado do Maranhão. Nauro Machado sempre viveu em São Luís, ausentando-se apenas por breves períodos, sobretudo para o Rio de Janeiro para publicar boa parte de suas obras. No entanto, grande parte de sua vida Nauro dedicou à sua grande paixão, a poesia. Recebeu diversos prêmios, dentre eles Academia brasileira de letras e da União brasileira de Escritores; teve varias de suas obras traduzidas para o alemão, francês e inglês.

Deixa viúva a também escritora Arlete Nogueira da Cruz e o filho, o cineasta Frederico Machado..

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*