Herdeira do Grupo Águia Branca morre carbonizada em incêndio

Uma das herdeiras do Grupo Águia Branca morreu nesta segunda-feira (30) após um incêndio em um prédio residencial no Jardim Paulista, na zona oeste de São Paulo.

Liliane Chieppe, 54, estava em um dos quartos do apartamento, que pegou fogo por volta das 14h. Segundo os bombeiros, ela foi socorrida ainda com vida, mas com queimaduras graves e teve parada cardiorrespiratória devido à fumaça.

Ela foi encaminhada para a Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, no centro, e em seguida para o Hospital das Clínicas. A assessoria de imprensa do hospital informou que Chieppe morreu antes de chegar ao pronto-socorro.

Liliane é filha de Vallecio Chieppe, fundador e ex-presidente do Grupo Águia Branca, empresa de transporte e logística com sede no Espírito Santo.

O Grupo Águia Branca informou que ainda não tem informações sobre o velório, mas que familiares se deslocaram para São Paulo para tomar as providências necessárias.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*