Rodrigo Maia diz em São Luís que não há votos suficientes para aprovar  a reforma da Previdência

 (Foto-Elineusa Rodrigues)

 O presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM/RJ), disse a este blogueiro, na manhã de hoje, na residência do presidente da Câmara Municipal de São Luis, Astro de Ogum, no Olho D,Água, que o governo Temer ainda não dispõe de votos suficientes para aprovar a reforma da Previdência. Mesmo assim, afirma que a reforma é necessária, como forma de se corrigir distorções.

-A reforma da Previdência é extremamente  necessária e ela não irá prejudicar a classe trabalhadora,  como algumas correntes políticas estão apregoando. Ela vai, na realidade, é corrigir as distorções. Veja, por exemplo, que enquanto o trabalhador que recebe um salário mínimo se aposenta após os 60 anos, aqueles que ganham até superior a R$ 30 mil. Se aposentam com salário integral e antes dos 60 anos de idade-, acentuou.

De acordo com Maia, caso a reforma não seja aprovada, o Brasil poderá mergulhar numa crise sem precedentes, talvez igual à do Estado do Rio de Janeiro, que hoje não dispõe de condições para pagar o salário de seus servidores,

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*