Solidariedade:Donos do cachorro Beethoven recebem a visita do advogado Luís Carlos Moura

Advogado Luís Carlos Moura visita cachorro Beethoven, baleado por comerciante em Caxias  

Em ato solidário e contra os maus aos animais, o advogado Luís Carlos Moura, visitou na manhã de quarta –feira (08) o cachorro Beethoven, baleado na pata esquerda por um comerciante enquanto passeava com o dono em uma rua do bairro Volta Redonda na cidade de Caxias do Maranhão, que fica a 362 km da capital São Luís.

Beethoven, ainda continua assustado

Durante a visita Luís Carlos Moura ficou comovido com a situação do animal, disse que é inadmissível o ato de crueldade praticada contra a vida do animal, que estava apenas passeando com o dono, e não representava perigo algum ao comerciante.

“Eu não posso admitir atos de violência e maus tratos contra os animais.  “ Estou muito comido com esta situação. Por isso eu decidir prestar minha solidariedade, dando toda assistência e buscar ajuda para que o Beethoven possa ser tratado e voltar totalmente recuperado”. Disse Luís Carlos Moura

O advogado Luís Carlos Moura, também é defensor de entidades ligadas à proteção animal, mas está em busca de ajuda para tratar do cachorro.

Beethoven foi baleado no mês de julho deste ano, pelo comerciante, Domingos Costas, que disparou contra a vida do animal, após abrir o portão de seu estabelecimento comercial no bairro de Volta Redonda.

Segundo, José Reinaldo que passeava com o cão, o animal não ofereceu perigo, ele ficou apenas assustado quando o atirador abriu o portão da casa.

Revolta

Revoltada com a perversidade praticada pelo comerciante, a dona de Beethoven Lucimar Feitosa, disse que o cachorro é acostumado a passear com o seu cunhado, José Reinaldo e nunca recebeu notícias que seu cão mordeu alguém.

Domingos Costa acusado de atitar em Beethoven

Relatou também que o animal apenas latiu, e não chegou a avançar no agressor

Luis Carlos Moura a dona do cahorro Lucimar Feitosa e o filho Ezequiel

O projetil foi retirado da pata, mais Beethoven ainda luta pela vida, mesmo com o tratamento, ele corre risco de perder uma das patas, e vida já que está com uma infecção grave.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*