Ex-jogador de futebol mata ex-mulher e se suicida

O ex-jogador de futebol Rubens Pereira dos Santos, de 36 anos, é acusado de amarrar e amordaçar a ex-mulher, a auxiliar de enfermagem, Tamires da Silva Bento Santos, de 30 anos, e a matar com um tiro na nuca, no fim da tarde de terça-feira, 11, no distrito de Moreira César, em Pindamonhangaba, interior de São Paulo. Em seguida, o atirador usou a arma para se matar com um tiro na boca, segundo informações da polícia.

O casal estava separado havia quatro meses, após 15 anos de união, e deixou um filho de 12 anos. Conforme a Polícia Civil, o homem não se conformava com a separação e exigia que a mulher o aceitasse de volta.

A tragédia assustou os moradores do distrito de Moreira César, para onde a mulher tinha se mudado após a separação. A casa, na rua Fernão Dias Paes, no bairro Ypê 2, pertence à sua mãe.

Conforme relato de testemunhas, a auxiliar de enfermagem havia feito plantão até a madrugada e dormia quando o ex-marido invadiu a casa. Ela estava sozinha no imóvel. A vítima havia conseguido medida protetiva contra ele, pois já recebera ameaças de morte, segundo a Polícia Civil.

O caso foi registrado como feminicídio, seguido de suicídio do autor. Os corpos do atirador e da vítima passaram por exames no Instituto Médico Legal (IML) de Pindamonhangaba e serão sepultados nesta quarta-feira. Os dois sepultamentos serão realizados, em horários diferentes, no Cemitério Municipal de Pindamonhangaba.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*