E-mail pra dona Bibi

Olá, minha fofa, muito bom-dia! Espero que estas poucas e mal traçadas venham a encontra-la no bem bom por aí. Por aqui, Bibi, na terrinha, o que está agitando o noticiário é a disputa pelo comando da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão- FAMEM.

De um lado, o atual presidente, Cleomar Tema, que montou uma boa  base de apoio e partiu para a reeleição. Do outro, o prefeito de Igarapé Grande, Erlânio Xavier, do PDT. Um bom embate, até agora sem agressões dos dois lados. A eleição acontece no próximo dia 30.

Quanto à eleição para a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, tudo indica que o  presidente Othelino Neto conquistará mais um mandato sem concorrentes. Até o oposicionista Adriano Sarney já lhe garantiu voto. Fruto de uma excelente articulação.

Teu bisneto, o Pedro Miguel, filho do Djalma Segundo, está na terrinha. Veio passar aqui duas semana. Tá uma fofura. Só tu vendo.

Vamos agora às mais importantes por aqui.

*

Olha, a promotora de Paço do Lumiar, a Carla Brandão, tá botando é quente. Tá fazendo uma denúncia a respeito de um rombo de R$ 27 milhões no sistema previdenciário do município. Uma criança sem pai, pelo que está se observando.

*

Isso porque o prefeito Domingos Dutra, em nota emitida à imprensa, afirmou que quando assumiu já teria encontrado o rombo, jogando a peteca para administrações anteriores.

*

Não prestou!  Começou uma guerra de notas. Imediatamente o ex-prefeito Josemar Sobreiro emitiu a sua. Dizendo que havia deixado tudo às mil maravilhas. Nesse caso, morena, acho que a nobre promotora tem o dever de fazer uma acareação entre os dois políticos. 

*

Ah, cidadã, o governo do presidente Bolsonaro começou péssimo, em termos de comunicação. Ninguém se entende por lá. Uma verdadeira Torrede Babel. Um ministro diz uma coisa e logo é desmentido por outros, além do fato dos filhos do presidente meterem o bedelho em tudo.

*

Logo no comecinho, o próprio presidente falou na possibilidade da elevação do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras). Veio o ministro da Economia, o Paulo Guedes e desmentiu na lata.

*

Isso é só um exemplo de como andam as coisas por lá. Se não resolver a coisa pode desandar. Pra teu governo, o Bolsonaro tava pensando em Collor de Melo para a presidência do Senado. Aí é que a vaca iria pro brejo mais cedo do que se pode imaginar.

*

Falando em governo federal, o PSL do Maranhão passa por uma situação interessante. O Chico Carvalho está no comando da sigla a um tempão. Levou o PSL para o Maranhão inteiro, no peito e na raça. Só que, agora, estão aparecendo  outros pais dessa criança que está ficando adolescente.

*

Além da ex-deputada Maura Jorge, tem o médico Jair Garcez e o ex-vereador Fábio Câmara. Todos querendo comer o bandeco do Chico Carvalho. Os três já montaram barraca na capital federal. O Jair conseguiu uma boquinha, mas luta  agora é pelo comando da sigla.

*

Muita expectativa aqui, cidadã, é com relação aos parlamentares estaduais e federais, da base aliada do governo Flávio Dino, que não se reelegeram e agora estão batalhando por um espaçozinho na administração estadual.

*

Os que estão na primeira

suplência, por exemplo, sonham com o chamamento dos titulares para galgarem uma cadeira. A fila de espera é muito grande, mas, pelas medidas de contenção de gastos adotadas pelo governador, são poucos os espaços.

*

Os chamados cientistas políticos, que só fazem análise com viés positivos para os amigos, ainda não perceberam que o grupo Sarney foi reduzido politicamente a pó.

*

Do  sangue sarneysista, apenas  o deputado Adriano Sarney. Outros aliados conquistaram pouquíssimas cadeiras. O Ricardo Murad, que rosnava grosso dentro do grupo, perdeu a eleição para deputado federal e a filha, Andrea, não conseguiu a reeleição para a Assembleia Legislativa.

*

Veja como são os nossos analistas e isso quem observou foi o jornalista Aquiles Emir. Terminada a eleição, disseram que o ex-senador José Sarneyestava morto, e sepultado, com tampa de concreto no caixão.

*

Aí, na diplomação eposse de Bolsonaro, dois momentos em que Sarney brilhou. Na diplomação foi cortejado por Bolsonaro e na posse, abraçou o velho morubixaba. Pronto, foi a deixa para os mesmos analistas afirmarem que Sarney estava puxando saco, mas que ainda tinha força. Vá entender isso na PQP…

*

Diversos grupos da cultura popular estarão se reunindo hoje para homen agear  o radialista Oswaldo Sousa, o Mandou Legal. Uma festa solidária, visando arrecadar fundos para que seja submetido a uma exame não disponibilizado na rede pública de saúde.

*

O movimento terá início a partir das 10h, em frente à residência do comunicador, nas proximidades da feirado bairro da Vila Palmeira. A iniciativa é de um grupo da Maioba.

*

O presidente da Câmara Municipal de São Luis, Osmar Filho, vem cortando um dobrado danado nesses primeiros dias de trabalho. Está dandoplantão diário e só deixa o batente altas horas da noite.

*

Vem um siribolo aí, por conta do último concurso público no município de Raposa. Tão dizendo que teve apadrinhamento e que até copeira teria sido aprovada para vaga de professor. Vem bomba dealto teor explosivo por aí.

*

Faz lembrar São Luis em tempos idos, quando os apadrinhados de políticos levavam cópias das provas para casa, para treinarem as respostas. O saudoso vereador Hilton Rodrigues afirmou isso uma vez da tribuna da CâmaraMunicipal.

*

Ele chegou até a citar nomes de figurões que se transformaram em auditores fiscais do município, aprovados em manobras como essa. No dia em que ele fez tais declarações, a sessão foi encerrada logo a seguir.

*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*