Delegado acusado de envolvimento na morte de Stênio Mendonça é absolvido pelo júri

Acusado de envolvimento no assassinato do delegado Stênio Mendonça, o delegado Ribamar Pinheiro foi absolvido pelo Tribunal do Júri, nesta quarta-feira, no Fórum do Calhau, por 7×0.

Até os promotores que atuaram no caso pediram a absolvição do delegado, por falta de provas. Pinheiro havia sido excluído da Polícia Civil, por conta dessa acusação. Recorreu e conseguiu a reintegração.

Stênio Mendonça foi executado a tiros na manhã de 25 de maio de 1997, na Avenida Litorânea. O crime provocou tanta repercussão que resultou a CPI do Crime Organizado, que teve apoio da CPI Mista do Congresso Nacional, que investigava o narcotráfico no País.

Pinheiro foi acusado de ser aliado do empresário Joaquim Lauristo, apontado na época como o homem que contratou o pistoleiro que executou Stênio. Durante o júri, faltou provas que pudessem ligar o delegado Pinheiro ao assassinato do colega Stênio Mendonça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*