Embate final entre Castelo e Edivaldo Jr.acontece sob forte esquema de segurança

Um contingente de 1.600 Policiais Militares será empregado para reforçar a segurança durante o segundo turno da eleição em São Luís, que acontece hoje em São Luís, entre o tucano João Castelo e o petecista Edivaldo Holanda Júnior. O trabalho dos militares no pleito foi iniciado ontem, com o reforço na segurança dos locais de votação, e se estenderá até o fim da apuração dos votos dos eleitores.
Esta quantidade de 1.600 policiais representa um acréscimo de aproximadamente 50% no número de policiais que atuaram na segurança na capital maranhense durante o primeiro turno das eleições municipais. De acordo com o tenente-coronel Jeferson Teles, comandante do Policiamento Metropolitano de São Luís (CPM), os militares serão empregados para atuarem em ações de patrulhamento e fiscalização de ruas e avenidas próximas às seções eleitorais e, principalmente, no local de apuração dos votos.
Ele destacou ainda que policiais da cavalaria e da tropa de choque também serão empregados, caso necessário, para reforçar a segurança durante a votação. “Eles serão empregados para atuarem em caso de princípio de tumulto e de perturbação da ordem pública”, frisou o tenente-coronel Jeferson Teles.
Federal
A Superintendência Regional da Polícia Federal no Maranhão também está empenhada em reforçar a segurança durante a eleição de amanhã. De acordo com o delegado Rodrigo Santos Corrêa, responsável pelas operações da PF durante as eleições, seis equipes, com oito policiais e 12 viaturas, serão empregadas durante o segundo turno. “O nosso trabalho neste segundo turno, além de incluir o trabalho de Polícia Judiciária, será o preventivo. Nós vamos colocar equipes nas ruas para visitar os locais de votação e verificar denúncias de crimes eleitorais que estiverem acontecendo, como compra de votos, boca de urna e transporte ilegal de eleitores”, afirmou o delegado. Ele disse ainda que a superintendência funcionará normalmente amanhã para atender as ocorrências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*