Vice com espaço – Roberto Rocha irá comandar a equipe de transição da prefeitura

O prefeito eleito Edivaldo Holanda Júnior divulgou na manhã desta quarta (31) a sua equipe de transição, que deverá acompanhar os dois últimos meses da atual gestão e tomar conhecimento da estrutura do governo municipal até a posse de Edivaldo no Palácio La Ravardière, que acontecerá em 1º de janeiro de 2013.
Entre os nomes que constam na lista estão o do vice-prefeito eleito Roberto Rocha (PSB), que comandará os trabalhos. Acompanhado por mais sete componentes, o grupo vai passar um relatório detalhado de todos os setores da prefeitura de São Luís.
Para o vice-prefeito Roberto Rocha, a equipe deverá iniciar o processo de inovação e transparência das contas públicas que deverão marcar os quatro anos de gestão de Edivaldo Holanda Júnior.
“Vamos fazer um trabalho acurado para saber em que condições receberemos a prefeitura. Todos os nomes que estão na lista são nomes que conhecem administração, gestão e transparência. É uma equipe com perfil técnico e que vai fazer um trabalho consensual com a prefeitura de São Luís,” disse.
Instalada a equipe de transição, Roberto Rocha também requereu junto ao vereador e líder do governo na Câmara, José Joaquim (PSDB), uma audiência com o prefeito João Castelo para receber dele o relatório sobre a gestão e as contas públicas. A constituição Estadual define que este relatório deve ser emitido até 10 dias após a proclamação do resultado pela Justiça Eleitoral.
“Fomos colegas de partido e ele (José Joaquim) fez parte da minha chapa para o senado nas últimas eleições, onde era suplente da minha vaga,” lembrou.
Além de Roberto Rocha, integram a comissão os seguintes técnicos:
Delcio Rodrigues da Silva Neto– Formado em Ciências Contábeis, auditor fiscal concursado do município e especialista em auditoria governamental.
Pedro James de Souza Guedelha – Bacharel em Direito, com pós – graduação em direito público. Foi chefe do escritório do IBGE no Maranhão assessor da Prefeitura de São Luís.
Linaldo Albino da Silva– Advogado militante, com experiência em administração pública.
Rodrigo dos Santos Marques– Professor, formado em relações internacionais pela London School of Rconomics, em Londres, MBA Gestão Empresarial pela FDC (Fundação Dom Cabral) em Belo Horizonte, mestrando em administração internacional pela Fundação Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro.
Welinton Resende Silva- Administrador de empresas, ex-auditor do Tribunal de Contas do Estado (TCE), auditor da Controladoria Geral da União (CGU) e instrutor do Programa de Fortalecimento de Gestão Pública.
Felipe Costa Camarão– Procurador Federal, ex-dirigente do Procon/MA, professor universitário e mestrando em direito.
Bernardo Felipe Pires Leal- Economista, ex-funcionário do Banco do Brasil e auditor estadual de Controle Externo do Tribunal de Contas do Estado (TCE).
Obs.
Bernardo Pires Leal renunciou à indicação, já que o Regimento do Tribunal de Contas impede que exerça tal função.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.