E-mail pra donas Bibi

Olá, fofa querida, muito bom dia!  Espero que teu Natal tenha sido dos
melhores e que esteja tudo bem por aí. Por estas bandas, gatinha, o que
mudou foi apenas o aumento do índice de violência. Até a hora em que
redigia  para ti, já haviam sido registrados 59 assassinatos no
complexo penitenciário de Pedrinhas.
Transformaram a área num verdadeiro açougue humano. Agora, os chefões do presídio exigem sexo com mulheres e irmãs de presos menos violentos. Uma barafunda sem tamanho. O caso já ganhou repercussão internacional, com a OEA e outras organizações exigindo uma resposta da governadora Roseana Sarney.
O CNJ, por exemplo, determinou três  dias para que a governadora desse uma explicação, sob o risco de uma intervenção federal no sistema presidiário do Maranhão. A chefe do Executivo apelou e pediu que o prazo fosse ampliado para duas semanas. Pedido aceito. Resta esperar qual será o argumento do governo.
Mas a situação  lá em Pedrinhas é  das piores.  Os presos é quem dão
as cartas. Fumam maconha abertamente pelos corredores, insultam os
agentes prisionais e os monitores. Ah, os monitores… Sabem que são
eles, minha morena?

São pessoas  terceirizadas, sem traquejo no setor, que ganham uma
ninharia. Essa situação acontece porque  o contingente é pequeno. E o
governo tem que encontrar uma forma de contemplar empresas que lhe
auxiliaram na campanha.
O assunto é chato e prefiro falar sobre a família. A Lívia está toda
serelepe, porque vai estudar no Dom Bosco. Já teu bisneto, o Filipe,
está parecendo uma foquinha, de tão rechonchudo. Com apenas dois
meses, está tronchudo e muito observador.

A Elineusa agora tem três xodós, além da Lívia. O Filipe, o Miguel, da Elisene e a Laura, da Rafaela. A família está cada vez maior. Bem, agora, vamos às mais importantes da semana.
*
Vixe Bibi! O forrobodó está é grande, entre as Polícias Civil e
Militar. Há risco de uma crise entre as duas forças, que continuam
fracas no combate à criminalidade.
*
Negócio é o seguinte: Na última quinta-feira, o sargento PM Leite
flagrou dois menores em atos criminosos. Dominou a ambos e os levou
para o plantão da Refesa. Sabe o que aconteceu? O sargento é que
acabou sendo preso!
*
O delegado Danilo, que autuou o militar, disse que ele estava portando
uma arma que não era da corporação e o enquadrou   por porte ilegal de
arma. Formou-se a confusão.
*
O atual comandante da PM, coronel Zanoni Costa não gostou da história
e disse que está tomando as medidas adequadas. A delegada-geral,
Cristina Menezes, já se pronunciou e disse que o delegado agiu
corretamente em nome da lei.
*
O quiprocuó é grande e pelo que soube, tem gentes grandes do governo
já entrando na história, para evitar um choque entre as duas polícias,
que, no combate à criminalidade, estão patinando.
*
Isso me faz lembrar, fofura, um confronto entre as duas polícias,
ocorrido em 1983, lá no povoado Mata, em São José de Ribamar,  onde ia começar uma festa da morte do bumba-meu-boi do lugar. Quem acabou morrendo foram um soldado da PM , um agente da Polícia Civil e um morador.
*
Eu era repórter policial do Jornal de Hoje e me  lembro como se fosse
hoje. O domingo estava com o sol brilhante naquele mês de agosto e o
povo da Mata reunido no arraial para a festança da morte do bumba-boi.
*
Uma equipe de policiais da Delegacia do Maiobão foi dar uma batida. Os
policiais olharam um homem  portando uma faca e foram abordá-lo. O
cidadão era soldado da PM, lotado no Palácio dos Leões. Se sentiu
ofendido, reagiu a acabou sendo abatido com um tiro no estômago.
*
A população, indignada,  se vingou, matando por linchamento o agente
José de Arimatéia, a pauladas, pedradas e golpes de cadeiras de ferro.
Ele ficou com o rosto desfigurado. Outro policial escapou fedendo, se
embrenhando no matagal enquanto parte da equipe conseguiu  fugir na
viatura.
*
A crise estava formada e à noite, em várias viaturas, seguiram para o
local os delegados Luis Moura, Sebastião Justino, Sebastião Cabral e
Francisco Carlos. Na chegada dos policiais, um morador tombou morto.
*
A PM tomou conhecimento de que a Polícia Civil estava na área. O
comando dos milicos montou uma verdadeira operação de guerra. Chegaram na Mata e enquadraram os  delegados. Botaram todos eles num comboio.
No Outeiro da Cruz, Luis Moura, Francisco Carlos e Sebastião Cabral
conseguiram fugir.
*
Sebastião Justino foi levado para o quartel do comando da PM e dizem
que acabou levando uns catiripapos. O então coordenador da Polícia
Civil, delegado Florismar Almeida, assumiu a responsabilidade pelos
atos de seus comandados e acabou sendo demitido. Essa é uma história
que ainda irei reprisar em detalhes, minha fofa.
*
Falando em policiais, um sargento e um agente da Polícia Civil foram
presos esta semana numa boca de fumo. Estavam a extorquir um
traficante que foi flagrado com R$ 60 mil, e muitas drogas.
*
Um grupo de quatro empresários do ramo de peças e um graduado servidor do Tribunal de Justiça do Maranhão passaram maus bocados dias atrás, quando faziam um cruzeiro que saiu de Recife, com destino ao Rio de Janeiro e escala em Salvador.
*
Após zarpar de Salvador, o comandante do navio fez uma manobra
arriscada e a embarcação quase vai a pique. A turbulência foi tão
grande que os nossos conterrâneos perderam celulares, computadores e
outros pertences que voaram e caíram no mar.
*
Ressabiados, não terminaram o cruzeiro e não quiseram detalhar a
história do incidente marítimo. Um deles, pelo que contaram aqui pro
teu pretinho, foi acometido de uma crise de desarranjo intestinal após
chegar em terra firme.
*
Olha, morena, não sou o Pai Dinah, mas não custa fazer aqui algumas
previsões para o ano de 2014. Lá vão elas:

-Alguns artistas famosos vão se meter em confusão no próximo ano. Da
TV Globo, uns vão se separar dos companheiros e outros aparecerão em poses comprometedores.

-Estão previstas as mortes de famosos atores, cantores e atletas, do
Brasil e do Exterior.

-O ex-presidente Lula vai continuar como sombra da presidente Dilma,
dizendo que o PT fez isso, fez aquilo e  negando o mensalão.

-Os quadrilheiros do mensalão, vão continuar jurando inocência e
dizendo que são presos políticos.

-Muitas enchentes, secas, tufões e terremotos provocarão mortes e
desabrigados no Brasil e no exterior.

-No Brasil, especificamente, a rapaziada vai repetir junho deste ano,
indo para as ruas, exigindo moralidade da classe política. Isso deve
acontecer também em junho, no mês da Copa.

-Se o Brasil não ganhar a Copa, as manifestações de rua aumentarão de
volume e pode complicar a tentativa de reeleição da presidente Dilma.

– No Maranhão, o grupo Sarney vai tentar mais uma vitória, com o Luis
Fernando. Na campanha, até empreendimentos privados vão aparecer como realizações do governo durante a propaganda eleitoral.

*
Bem, minha fofa, com essa, teu pretinho vai ficando por aqui,
garantindo retorno na próxima semana, se Deus quiser. E ele quer,
porque é bacana com teu pimpolho.
*
Beijão do filhote amado

2 pensou em “E-mail pra donas Bibi

  1. Djalma, na próxima, pede pra fofa da Dona Bibi, dar uma passadinha em Chapadinha e conhecer a novidade de lá: a escada rolante, que alguns blogueiros chamaram de “volante”. Pede pra ele não rir, quando observar as cenas. Pergunta pra ela, se ela vai votar no “poste” Luís Fernando.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.