Casal de músicos maranhenses está desaparecido há duas semanas

O casal de músicos está desaparecido

O casal de músicos está desaparecido

Netto Correa, amigo do casal, também está sumido

Netto Correa, amigo do casal, também está sumido

(Imirante)

A família do músico maranhense Paulo Gustavo Moreira Juarez, conhecido como Totti Moreira, de 29 anos, está em busca de informações que levem à localização dele. Totti e a esposa e companheira de música, Juliane Verceli, de 20 anos, estão desaparecidos há 15 dias, depois de saírem de Balsas, no sul do Maranhão, rumo ao Festival Internacional de Comunidades Alternativas (Fica), na cidade de Alto Paraíso, Estado de Goiás. O casal estava na cidade desde 27 de junho, quando partiram de São Luís para fazer algumas apresentações. Totti e Juliane estavam acompanhados, ainda, de um amigo, Neto Correa – também desaparecido.

Ao perceberem que o casal não havia chegado ao destino, na última quinta-feira (24), família e amigos desesperaram-se. Um amigo que estava à espera do casal, em Goiás, contatou a mãe do músico, perguntando se ela tinha notícias do casal, que ainda não havia chegado no tempo combinado. A irmã de Totti, Gilliam Moreira, conta, por meio de uma rede social, que ambos faziam o percurso pedindo carona nas rodovias. “Essa angústia está nos matando”, publicou. A família tentou, por várias vezes, ligar para o celular do músico, que está fora de área.

Gilliam conta que ele estava no sul do Estado em um trabalho de expansão da carreira. “Totti é bem conhecido aqui na Ilha. Ele foi estudante da UFMA pelo curso de engenharia elétrica e química industrial e, agora, estava cursando artes visuais. Há dois anos, mais ou menos, ele estava em expansão, com seu trabalho aqui e na região de Balsas e Riachão, onde conseguiu fazer um público”, disse.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*