Tiroteio entre presidiário e policial no Forum do Calhau deixa os dois baleados

Erinaldo, antes de ser lavado para o hospital

Erinaldo, antes de ser lavado para o hospital

 

 O presidiários Erinaldo Almeida Soeiro, de 22 anos, e o policial Edenias Chagas Neto, estão internados no Socorrão I, após uma troca de tiros ocorrida na porta da 2ª  Vara de Entorpecentes, no Calhau, no fim da manhã de hoje.

O bandido foi levado para o Fórum para uma audiência, por agentes penitenciários. O policial e o delegado Cláudio Mendes ima atuar como testemunhas. Quando os agentes libertaram o presidiários das algemas, ela surpreendeu, tomando um revólver e uma pistola de dois agentes e alvejou Edenias no pescoço.

Mesmo baleado, o policial revidou e atingiu o detento com três tiros,. Deixando-o em estado grave. Os dois foram levados para p Socorrão.

Erinaldo é autor da morte dos irmãos  empresários José Mauro Alves de Queiroz, 57 anos, e José Queiroz Filho, 68 anos.Eles foram executados com tiros na cabeça. O crime ocorreu no final da tarde  do dia 11 de janeiro de 2012 na empresa recicladora de óleo Replub Comércio e Indústria de Derivados de Petróleo, da qual eram proprietários, localizada na BR-135, bairro Maracanã, em São Luís.

Já no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, Erinaldo assassinou o também presidiário conhecido como Jacoziinho.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*