CBF discute extinção da seleção permanente de futebol feminino

selação feminina

Acreditem, depois das Olimpíadas, depois de muitas pessoas terem acreditado que a seleção feminina de futebol era a única esperança de medalha na modalidade, a CBF agora discute a ideia de extinção permanente da seleção brasileira feminina de futebol. O desempenho da seleção pode ter tido um impacto ainda maior para o esporte, pois existem pessoas influentes pensando se realmente vale a pena manter a seleção feminina pelo fato do custo ser muito alto. Já leu nossa matéria com as 8 provas que a Seleção Brasileira feminina de futebol dá uma goleada na masculina?

Não existem vantagens para a confederação em manter a seleção e os superiores da CBF fizeram a seguinte leitura: o resultado não veio, elogios pela iniciativa também não, e sobrou apenas a conta para pagar. O desempenho do coordenador Marco Aurélio Cunha, no entanto, é bem avaliado internamente.

A tendência é que o trabalho de monitoramento e desenvolvimento do esporte continue. Nos últimos dois anos, centenas de atletas no Brasil e no exterior foram observadas, mas o conceito de seleção permanente pode ser extinta. O dirigente afirma que apesar dos esforços, o futebol feminino não “pega” o Brasil, embora milhares de brasileiros tenham se empolgado com o desempenho inicial das meninas da seleção, especialmente enquanto a seleção masculina sofria na primeira fase das Olimpíadas. Leia também a nossa matéria que mostra qual o time do coração dos jornalistas esportivos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.