É grave o quadro clinico do jogador Alan Ruschel

 

1c8bff69d3fde83aad85ae54cfec560f1f130027-1-768x432O médico do Hospital San Juan de Dios, Guillermo Molina, esclareceu a situação dos sobreviventes do acidente que vitimou a maior parte da delegação da Chapecoense. O goleiro Jackson Follman, o zagueiro Neto e o lateral Alan Ruschel estão em estado grave, mas sobreviveram, enquanto o goleiro Danilo morreu após chegar ao hospital.

“Chegaram vivos aqui o Rafael Henzel, jornalista de Chapecó, e um jogador da Chapecoense, o Alan Ruschel. Os dois não estavam com consciência total, mas em um estado complicado geral”, disse Guillermo Molina, diretor da clínica San Juan de Dios, em entrevista ao SporTV.

“O Neto chegou em estado muito severo, comprometimento encéfalo-craniano, de tórax, fraturas expostas de membros inferiores, foi entubado, passou por exames, está em cirurgia”, continuou. “O Alan Ruschel chegou entre 2h30 e 3h da manhã (horário local), estava com uma fratura no membro inferior, comprometimento abdominal e uma fratura de vértebra. Foi transferido para outra clínica para seguir exames e o procedimento porque necessitou de imobilização na coluna.”

Conforme a Aeronáutica da Colômbia, o goleiro Danilo chegou com vida ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Além disso, o médico confirmou que o goleiro reserva, Jackson Follmann, teve a perna amputada.

“Conversei com o médico do hospital San Vicente Fundación, que me disse que o Danilo morreu. Jackson teve de amputar um membro inferior.”

(Com Gazeta Press)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*