Justiça determina busca e apreensão na prefeitura de Arame

Por Mauro Garcia

marcelo-limaEm cumprimento ao mandato de busca e apreensão, policiais e oficiais de justiça da comarca de Arame-MA, realizaram uma ação  onde apreenderam vários documentos e computadores  em todos os órgãos da prefeitura municipal da cidade.

A ação trata-se uma denuncia formulada pela prefeita eleita, Jully Hally Alves de Menezes (PDT), referente a vários pedidos negado pela atual administração no período de transição.

A prefeita eleita, alega que já emitiu inúmeros ofícios e requerimentos, por meio de sua  equipe de transição, nos quais solicita documentos necessários para que possa  preparar os trabalhos  administrativos, a partir do ano que vem, mas  a prefeita a eleita, esta sendo ignorada pelo  atual gestor,  Marcelo Farias (PMDB), que se nega a prestar esclarecimento a equipe de transição,  no entanto, Jully Hally foi obrigada a apelar para a justiça, que determinou a busca e apreensão de todos os matarias usados pela atual administração  da cidade. A operação está sendo acompanhada pela equipe de transição de governo indicada pela prefeita eleita. De acordo com a equipe de transição, que ao chegar em  alguns prédios locados para funcionamento de secretarias, encontraram uma situação de abandono, e ainda  sem energia elétrica. Ainda de  acordo com o documento emitido pelo judiciário, todo o material recolhido ficará na Biblioteca Municipal, onde estará disponível por 05 (cinco) dias úteis para que a equipe de transição faça copias e logo no termino do prazo os documentos retornem para os devidos locais de onde foram retirados.

b25670a9-dc60-48bc-b0f5-f8d0ccc6bdb5 d7973-1467363_178671675660140_1166690280_n

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*