Pesquisa da Econométrica mostra liderança absoluta de Flávio Dino

Pesquisa realizada pelo Instituto Econométrica, contratada pela TV Guará e, cujo resultado, foi divulgado neste sábado (01), ratifica cenário de liderança protagonizado pelo governador Flávio Dino (PC do B) que, segundo o levantamento, pode vencer o pleito ainda no primeiro turno.

No questionamento estimulado – aquele no qual são apresentados ao eleitor os nomes dos candidatos – Dino aparece com 53,1% das intenções de voto, oito pontos percentuais a menos se comparado com os números do Instituto Exata, publicizados no mês passado.

Em segundo lugar está a ex-governadora Roseana Sarney (MDB) com 28,8%. Ela é seguida pelo senador Roberto Rocha (PSDB) com 3,7%; e Maura Jorge (PSL) com 2,1%. Os candidatos Ramon Zapata (PSTU) e Odívio Neto (PSOL) foram lembrados por menos de um por cento dos entrevistados.

Brancos e nulos somaram 6,6% enquanto que os entrevistados que não sabem ou não responderam chegou a 4,9%.

Quando são analisados somente os votos válidos, Flávio Dino chega a 60% das intenções de voto contra 32,5% de Roseana. Roberto Rocha atinge 4,2% e Maura Jorge pontuou com 2,4%. Ramón Zapata e Odívio Neto não chegaram a 1%.

No cenário espontâneo – aquele no qual não são apresentados os nomes dos postulantes – o comunista pontuou com 37%, seguido por Roseana (16,1%) e Roberto Rocha (1%). Maura Jorge e Ramón Zapata aparecem com menos de 1%; e Odívio Neto não foi citado por nenhum dos entrevistados.

Brancos e nulos somaram 4% e 40% não souberam ou não responderam.

Entre os candidatos com maior rejeição para os entrevistados, a ex-governadora Roseana Sarney está na liderança com 47,1% das respostas, seguida por Roberto Rocha com 26,3% e Flávio Dino com 23,4%.

Maura Jorge foi citada por 19,5%, Ramón Zapata por 17,3% e Odívio Neto por 12,7%.

Os entrevistados que não sabem ou não responderam chegam a 12,1%.

Foram entrevistados 1.407 eleitores, de todas as seis regiões do Maranhão, no período compreendido entre 21 a 25 de agosto.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número MA-08877/2018. O intervalo de confiança é de 95% com uma margem de erro de 2,61% para mais ou para menos.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.