Beka Rodrigues reivindica à cúpula do TRE posto de atendimento eleitoral para Raposa

Beka Rodrigues com o desembargador Cleones Cunha

 

Acompanhado do vereador Jorge Pontes da Arlete, o presidente da Câmara Municipal de Raposa, Beka Rodrigues, foi recebido em audiência no final da tarde desta terça-feira (19), pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, desembargador Cleones Cunha e pelo vice-presidente e corregedor daquela Corte, desembargador Tyrone José Silva.

Aos dirigentes da Justiça Eleitoral maranhense, Beka Rodrigues solicitou que viabilizassem estudos que viessem a possibilitar a instalação de uma zona eleitoral na cidade, sob o argumento de que os eleitores de Raposa enfrentam diversos problemas com deslocamentos e também com intermináveis filas quando vão resolver suas pendências eleitorais na 93ª Zona, em Paço do Lumiar.

Beka Rodrigues, Jorge da Arlete e o desembargador Tyrone Silva

Beka Rodrigues fez uma detalhada explanação aos dois desembargadores, principalmente em ralação  aos jovens que estão buscando a primeira expedição do título eleitoral. O presidente Cleones Cunhas explicou  que, por força  de uma resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a criação e instalação de novas zonas e comarcas eleitorais estão suspensas pelo prazo de pelo menos 5 anos.

Em reunião com o corregedor Tyrone Silva, este corroborou a informação do presidente Cleones Cunha quanto à suspensão da criação de novas comarcas, mas disse a Beka Rodrigues que sua reivindicação quanto à instalação de um posto de atendimento pode ser viável, dependendo das análises técnicas que irá determinar a partir da oficialização de um pedido, o que  já foi encaminhado pelo dirigente do Legislativo Raposense.

“Entendo perfeitamente a solicitação de vocês, porque é uma reivindicação que visa facilitar a vida do eleitor. Vamos fazer uma análise, logo após receber o pedido que vocês oficiaram e garanto que haverá alguma solução”, disse o desembargador Tyrone Silva.

Por sua vez, Beka Rodrigues afirmou  que o encontro foi altamente satisfatório. “Foi produtivo sob todos os aspectos. Estamos observando o drama do eleitor da Raposa, quanto ao deslocamento para a resolução de suas demandas eleitorais e  a cúpula da Justiça Eleitoral nos abriu uma porta, nos deu esperança e tenho convicção de que esse posto de atendimento será concretizado”, afirmou Beka Rodrigues.

Jorge Ponte, Cleones Cunha e Beka Rodrigues

Jorge da Arlete revelou que o encontro com os dirigentes da Justiça Eleitoral foi uma demonstração de que a Câmara de Raposa, sob  a direção de Beka Rodrigues está no caminho certo. “Estamos sempre procurando soluções para os problemas da sociedade de Raposa e essa questão  dos eleitores é um assunto de prioridade. Conseguimos  um aceno positivo por parte de seus dirigentes. Isso é positivo e marca o posicionamento do nosso Legislativo”, frisou Jorge Pontes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*