Tenente bombeiro militar  manda prender sargento em Bacabal por causa do cardápio

O sargento bombeiro Márcio Alves Durans foi preso e autuado em flagrante ontem, em Bacabal, por determinação do tenente Jorge Luis, pelo simples fato do oficial não concordar com o cardápio do dia à base de  peixes,  que seria servido aos demais membros da corporação, após uma decisão de comum acordo entre os plantonistas da corporação. O sargento era o responsável pelo rancho.

O episódio aconteceu no destacamento do CB naquela cidade. O sargento Alves consultou os colegas sobre o que seria servido e todos concordaram que almoçariam fruto do mar. O tenente Jorge Luis chegou instantes depois e disse que não queria peixes e sim uma carne de porco guisada.

A confusão se formou e ninguém conseguiu debelar o incêndio no quartel. No final, o tenente deu ordem de prisão ao subordinado, por desobediência. O caso vem provocando até a revolta da população. Hoje, o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Célio Roberto entrou em contato com o capitão Warley, comandante da unidade em Bacabal, para se inteirar do assunto e tomar providências.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*