Recados para ela

E-mail pra Dona  Bibi

Olá, minha gata muito bom dia! Espero que estas poucas e mal traçadas linhas venham a encontrá-la na santa paz do Criador. Por aqui, cidadã, o clima é de política, mas de uma forma nada tradicional. A maioria das coisas acontece pelas redes sociais, muito embora diversos candidatos venham desrespeitando as regras sanitárias adotadas por conta do Coronavíru e estejam realizando até comícios. Isso em São Luís e no interior.

Continuo de quarentena. Medo danado desse vírus, que já levou muitos dos meus amigos e que ainda vem provocando baixas em todos os segmentos da sociedade. Somente esta semana, dois políticos sucumbiram ao temível mal. O ex-prefeito de Codó e ex-presidente da FAMEM, Ricardo Archer e o prefeito de Governador Nunes Freire, o Idalécio.

Em família, vai tudo bem. Aqui no AP, somente eu a Elineusa e a Lívia. Esta última, por exemplo, só a vejo três vezes ao dia. Na hora do Café, porque depois ela se enfurna no quarto para a aula virtual, na hora do almoço, e aí ela retorna para os deveres e depois disso só na hora do jantar.

Bem fofa, vou te informar agora as mais importantes da semana.

*

A política tá pegando fogo é em Tuntum, cidade localizada a 18 quilômetros de Presidente Dutra, na região central do Estado. Disputam a prefeitura o empresário Dida do Tio Luís, com apoio do prefeito Cleomar Tema e o deputado estadual Fernando Pessoa (SD), que é do grupo do senador Weverton Rocha.

*

Está acontecendo de tudo na cidade. A briga dos dois grupos, denominados “Labigó”, do Tema e “Cobra”, do Fernando Pessoa, estão se engalfinhando numa luta sem tréguas. Mas aí entram componentes nada nobres, como vou te relatar a seguir.

*

Vou te dar aqui um exemplo: Na semana passada, o Fernando Pessoa fez comício, passeata, carreata e ocorreu tudo normalmente. Mas quando o Tema e o Dida fizeram uma manifestação pública, a Polícia Militar chegou lá e descatitou. À guisa de manutenção da ordem, chegou ao cúmulo de jogar spray de pimenta em idosos, crianças e mulheres grávidas.

*

Interessante nisso tudo Bibi, é que  os policiais não eram do destacamento de Tuntum, mas sim do batalhão de Presidente Dutra. Coisa estranha… O Tema reagiu, foi ao secretário de Segurança, denunciou a brutalidade e o Jerferson Portela mandou trocar o comando da PM de Presidente Dutra.

*

Outro golpe contra o Tema e seu grupo viria a seguir. Pelas redes sociais. Dois assaltantes de banco que estavam organizando um ataque a uma agência bancária em Formosa da Serra Negra, tombaram em confronto com policiais.

*

Imediatamente disseram que ambos seriam segurança do prefeito Cleomar Tema. Fato que foi prontamente desmentido. Isso é pra ti ver como está o nível da campanha lá em Tuntum. Parece disputa política dos anos de 1950 no interior do Maranhão, quando jagunços entravam em ação a torto e a direito. Hoje a jagunçada está nas redes sociais, embora se registre ainda a violência física e a pressão psicológica.

*

O prefeito eleito e afastado de Paço do Lumiar, o ex-deputado federal Domingos Dutra tem seu ghost writer . Te digo isso, morena, porque esta semana circulou pelas redes sociais uma carta a ele atribuída, manifestando à direção do PC do B, o desejo de concorrer à reeleição.

*

Mamma mia, ele está afastado do cargo há mais de um ano, quando sofreu um AVC e nunca teve recuperação plena. Chegou a ser sequestrado do hospital aqui em São Luís pela própria esposa e levado para São Paulo. Quando retornou, ela tentou fazer com reassumisse o cargo. A Justiça determinou um exame e ele não conseguiu condições plenas.

*

Numa aparição pública, foi exposto mais esquálido do que é normalmente e balbuciando palavras desconexas. Um teatro do absurdo, protagonizado pela esposa, a Lúcia Dutra.

*

Te afirmo uma coisa. Dá pena olhar a atual situação do Dutra, um homem de luta e de ideais e de convicções. A última vez que estive com ele, foi em Brasília, na casa do então deputado federal Waldir Maranhão, quando ainda estava em pleno vigor.

*

Vou te relatar aqui em primeira mão. O PTB dos Fernandes pode fechar com a candidatura do deputado federal Rubens Júnior (PC do B), para a prefeitura de São Luís. Recebi esta informação na última sexta-feira.

*

A articulação é simples e faz sentido. O Pedro Fernandes pai é primeiro suplente da senadora Eliziane Gama (Cidadania). Ela está engajada na campanha do Rubem Jr. O que está sendo gestada é a possibilidade dela se licenciar abrindo a vaga para o Pedro Fernandes e, em troca, o partido oficializa a coligação com o PC do B.

*

Uma coisa me intriga nessa questão de pesquisa eleitoral. É que em todas elas, quando o item é a aprovação do governo Bolsonaro, o capitão pontua lá embaixo. Porém, quando o levantamento trata da eleição para 2022, o homem aparece vencendo todo mundo. Me parece estranho…

*

O PT de São Luís continua com a sua velha lenga lenga de são saber para onde e com quem vai. Passaram a semana inteira anunciando que  o partido se reuniria neste sábado para definir apoio à candidatura de Rubem Jr., indicando o vice, é claro.

*

Aí, quando foi na sexta, uma ordem da direção nacional pôr por terra toda essa articulação. O partido que mandou no País por uma década e meia nunca ganhou musculatura no Maranhão. A única vez que teve dois vereadores na Câmara de São Luís esteve representado por Helena Barros Helluy e pelo professor Joan Botelho.

*

Sem a militância aguerrida do PDT e com pouca representatividade no parlamento, é disputado por todo mundo, por causa do seu precioso tempo de televisão.

*

Bem minha fofa, com essa, teu pretinho se despede neste domingo, prometendo retorno na próxima semana, se Deus quiser. E ele quer, porque sempre foi bacana com o teu pimpolho.

*

Beijão desse teu filho que jamais deixará de te amar

Djalma

N.E- Bibi é Benedita Rodrigues, mãe do editor. Ela faleceu aos 28 anos de idade, em São Luís, no dia 8 de dezembro de 1965

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*