Recados para ela

Ei, fofinha, muito bom dia! Vamos acordar cedo, mulher que hoje a maré não tá pra peixe. Muita confusão aqui nas seara política. O maior vuco-vuco , no entanto, é no PSDB, que anunciou, na sexta-feira, que o deputado Wellington do Curso não será candidato do partido a prefeito de São Luís. A sigla não terá candidato porque vai apoiar o deputado federal Eduardo Braide.

Pense num parangolé! O Wellington do Curso que já estava se preparando para os debates, ainda não engoliu essa história. Vinha tocando o cacete na direção do PSDB, (leia-se senador Roberto Rocha) e agora é que vai arrochar mais ainda nas críticas. Quem quiser comprovar que assista à TV Assembleia na terça e na quarta-feiras vindouras.

Faz lembrar do tempo em que era pré-candidato a vereador pelo PSL e o partido não lhe deu legenda. Virou locutor da extinta Rádio Capital. O homem passou uma semana inteirinha indo para o estúdio da emissora. Das 8 ao meio-dia, era cacete na direção da agremiação partidária. Agora, com as redes sociais e a tribuna da Assembleia é que o pau vai cantar.

Vamos agora às mais importantes por aqui.

Ninguém da família me falou até agora, que a minha tia-avó, Bibi, foi quem inspirou vovó Chiquita com teu nome. Tu fizestes a viagem celestial com 28 anos de idade, mas a tia Bibi continua lépida e fagueira, aos 90 anos. É incrível!

*

Quando ela tinha 84 anos, passou um dia comigo lá no João Paulo. Eu ela e a Elineusa, num domingo. Fomos à feira e ela escolheu o almoço. Fez questão de preparar. Fiquei intrigado com tanta jovialidade da cidadã.

*

Mas surpreso fiquei agora. Tia Gracinha me enviou um vídeo em que Bibi, a tia, está lá no Santa Rita, tomando banho de riacho como se fosse uma criança e jogando beijinhos para os parentes que a acompanhavam. Falei com ela por vídeo e ela não mudou quase nada nesses 16 anos, desde a última vez em que estivemos juntos. Benza a Deus!

*

Tomei conhecimento, através do amigo Paulo Helder, advogado, irmão do Chico Pilino, que é pré-candidato a vereador pelo PT, que o vereador Honorato Fernandes será o companheiro de chapa do deputado federal Rubens Jr., na corrida sucessória em São Luís.

*

Chico Pilino é administrador e também advogado. Filho de Pilino, que foi prefeito de Lago Verde e um dos fundadores daquela cidade. Revela que tem grande experiência para atuar na Câmara Municipal.

*

Olha Bibi, a Justiça Federal transformou em réus 23 envolvidos naquela história de desvio de R$ 18 milhões na Secretaria de Saúde do Estado. Uma das principais envolvidas na história é a Rosângela Curado. Lembra dela?

*

Foi subsecretária de Saúde e candidata a prefeita de Imperatriz. Quase leva o caneco. O problema é que um vídeo em que ela aparecia mais bêbada do que marinheiro de folga em bares de beira do cais, sepultou o sonho de dirigir a cidade de Frei Epifânio D’Abadia.

*

Mesmo com proibição de aglomerações, a campanha política começa a esquentar por estas bandas, morena. Candidatos começam a jogar podres de adversários na rua e o angu deve ganhar mais caroço tão logo seja liberada a campanha, depois das convenções, no mês de setembro, quando as candidaturas estiverem definidas.

*

Mas lá em Tuntum, a refrega já tá é grande. O deputado Fernando Pessoa, adversário do prefeito Tema, alega uma ameaça de morte que ninguém sabe de onde partiu. O siribolo lá é  gigantesco e promete ganhar proporções mais avantajadas ainda no decorrer da disputa.

*

O PT, ah, o PT…O partido anunciou publicamente, soltando rojões e com discursos inflamados, apoio à reeleição do prefeito Fábio Gentil, em Caxias. A adesão não durou uma semana. Logo logo, uma minuta da Executiva Nacional decidiu por acabar com esse adjunto.

*

Falando em PT, leio aqui na Istoé, que o ex-presidente Lula da Silva está a cada dia mais isolado no centro-esquerda no seu projeto de o PT encabeçar chapa presidencial em 2022, ou no seu sonho de disputar novamente o Palácio do Planalto, caso o Supremo Tribunal Federal  (STF) anule suas condenações por suspeição do ex-juiz Sergio Moro, como deseja sua defesa. Líderes do PSB, PDT, PCdoB – aliados tradicionais – já não o atendem de imediato, e já falam em coalização sem o PT.

*

Uma pancada e tanto para o Messias petista. Entendo que ele era mais forte quando estava preso. Isso porque naquele período, em Curitiba, qualquer decisão sobre o partido, neguinho corria para a cela-suíte do homem para despachar e tomar aconselhamentos. Lembra disso, não?

*

 

Olha, cidadã, a Justiça de São Paulo penhorou R$ 246,6 mil das contas bancárias do pastor Valdemiro Santiago e da Igreja Mundial do Poder de Deus. A decisão foi tomada em razão de uma dívida no pagamento do aluguel de um dos seus templos, em São Paulo.

*

Esse líder religioso é proprietário de fazendas, aeronaves e outros bens. Assim que começou a pandemia do Coronavírus, anunciou pelo seu programa de televisão, e venda da caroço de feijão a R$ 1 mil cada,  à guisa da cura da doença. Responde processo por charlatanismo por essa presepada.

*

Com satisfação, recebo mensagem do amigo e ex-mestre José Salim Rosas, grande jornalista e radialista, destacando que gosta muito dessa leitura dominical. Satisfação porque o Salim é um dos mais inteligentes e talentosos comunicadores do Maranhão. Quando adentrei pela primeira vez à redação do O Jornal, o Salim era o  chefe da redação.

*

Na época, também um bom boêmio. Sua voz de barítono, aliada à sua fleumática educação e o carisma, o fazem ser querido por qualquer interlocutor. Tem uma história dele que jamais esqueço. Coisa de boemia.

*

Tão logo deixou o cargo de editor, numa sexta-feira, passou três dias desaparecido. Na época, telefone convencional era coisa de repartição e de rico se particular. Foi “localizado” três dias depois na casa de Dona Madá, lá pras bandas do Turu. Kkkkk

*

Bem, fofura, com essa, vou ficando por aqui, prometendo retorno no próximo domingo, se Deus quiser. E ele quer, porque sempre foi bacana com esse teu pretinho aqui.

*

Beijão desse filhote que jamais deixará de te amar

Djalma

N.E – Bibi é Benedita Rodrigues, mãe do editor. Ela faleceu aos 28 anos de idade, na Santa Casa de Misericórdia, no dia 8 de dezembro de 1965.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.