Rússia diz que EUA e Europa querem fabricar sua vacina

Após semanas sob ataque no Ocidente devido ao cronograma acelerado de lançamento de sua vacina contra a Covid-19, a Rússia vai anunciar parcerias para a produção da Sputnik V com empresas e fundos de investimento de EUA e Europa. O país afirma estar em contato com o governo brasileiro, que tem acordo para fabricar o imunizante feito por AstraZeneca e Oxford. Em entrevista a Igor Gielow, o presidente do Fundo Russo de Investimentos Diretos, Kirill Dmitriev, financiador do desenvolvimento de R$ 300 milhões do produto pelo Instituto Gamaleya, diz que os anúncios ocorrerão em até duas semanas. Concretizados, serão uma vitória política dos russos, criticados por terem registrado a vacina para uso civil antes de todos os testes.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*