Weverton Rocha reconhece derrota mas não mostra inclinação por apoio a Duarte Júnior

Em nota divulgada nesta segunda-feira (16), o senador Weverton Rocha (PDT), não destaca inclinação por nenhum dos candidatos que irão disputar o segundo turno da eleição em São Luís. Segundo ele, “a cidade fez uma opção, que respeitamos. O tempo se encarregará de mostrar o que isso representará”.

Weverton faz elogios ao deputado Neto Evangelista (DEM), que concorreu pela coligação que ele endossava, e diz que o candidato fez uma campanha “limpa, verdadeira, pé no chão e com respeito pela cidade e pelos cidadãos”.

Ao contrário do que governador Flávio Dino, que após reconhecer a derrota do seu candidato Rubens Júnior (PCdoB), que, assim como Neto, integrava o “consórcio” do Palácio dos Leões, declarou apoio ao outro “consorciado” Duarte Júnior, o senador pedetista não diz para onde seu partido vai.

Além do PDT, apoiavam Neto Evangelista, o PTB, o PDT, o PSL e MDB. A dúvida é saber para onde penderão essas legendas, principalmente as que apoiaram Flávio Dino em 2018 e continuam sendo apostas para 2022, o que pressionou o governador a se manter neutro no primeiro turno.

“O PDT continuará participando da vida cívica de São Luís, por meio de nossos vereadores, das atividades parlamentares, das nossas lideranças comunitárias, sempre buscando cooperar para que nossa cidade se desenvolva cada vez mais”.

Eis a nota do PDT, assinada pelo senador Weverton Rocha:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.