Desembargador Bernardo Rodrigues faz discurso emocionado de despedida no Tribunal de Justiça  

  O desembargador José Bernardo Silva Rodrigues, vice-presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, que se aposentará no dia 21 de janeiro de 2021, fez, nesta quarta-feira (16),  um emocionado discurso de despedida, em que agradeceu aos pais, filhos, netos, num pronunciamento que definiu como um simples agradecimento de vitória. Ele será substituído pelo colega Jayme Ferreira de Araújo, que foi eleito para ocupar a Vice-Presidência da Corte a partir de janeiro do próximo ano.

“Eu venci, não porque fui aprovado no vestibular para a Faculdade de Direito do Maranhão, oriundo de família pobre, negro e da escola pública. Eu venci, não por ter sido advogado por dez anos ou por ter sido aprovado no concurso para a magistratura maranhense”, iniciou ele.

Em seguida, resumiu sua história, enfatizando não ter vencido por ter integrado e exercido a Justiça eleitoral em todos os cargos que um magistrado poderia exercer; nem por ter sido promovido, por merecimento, ao cargo de desembargador do Tribunal de Justiça, nem por ter sido o seu primeiro ouvidor geral e vice-presidente; nem por ter integrado novamente o TRE do Maranhão, na categoria de desembargador, e ter exercido os cargos de vice-presidente, corregedor e presidente; ou nem mesmo por ter sido honrosamente escolhido membro da Academia Barracordense de Letras.

“Eu venci, senhoras e senhores, no dia em que tive consciência de que tudo, simplesmente, é vaidade, como posto em Eclesiastes. Eu venci quando passei a ter a consciência de minha fragilidade como pessoa humana, diante do Universo, e entendi que a felicidade está em comer, beber, fazer o bem e conviver em paz com o próximo. Eu venci, meus prezados colegas, quando descobri que a mesa da vida está posta para todos e que nada me faltou, por estar sob a proteção do Senhor, como dito no Salmo 22”, prosseguiu Bernardo Rodrigues.

Em meio a outros agradecimentos a Deus, ao apoio de todos em sua trajetória, à consciência de existência de dias bons e maus, e em reconhecimento à bravura dos pais, para o sustento e a orientação da família, e da alegria de ver filhos e netos crescendo sadios, o desembargador também agradeceu aos colegas.

“Obrigado, meus prezados colegas e amigos, por permitir que eu desempenhasse com sucesso o meu mister como magistrado. Obrigado senhor, pela proteção durante o caminho percorrido, pelas oportunidades que me ofertastes, mas principalmente, por tua bondade, tua misericórdia e tua piedade. Por tudo isso, senhor, ouso pedir mais um pouco. Apenas, da tua bondade, que seria um pouco de sabedoria, enquanto me permitir a vida, a saúde e a liberdade. Eu venci, meus prezados colegas. Obrigado”, concluiu, aplaudido por todos.

QUEM É BERNARDO RODRIGUES

Nasceu no ano de 1946, na cidade de São Luís – MA, onde estudou no Liceu.  Em 1970 concluiu o curso de Direito da Universidade Federal do Maranhão, fazendo da Ciência Jurídica seu sacerdócio.

Em 1981, foi aprovado para cargo de Juiz, exercendo suas atividades judicantes nas Comarcas de Porto Franco, Araióses, Timon e São Luís. Na Capital, foi diretor do Fórum “Des. Sarney Costa”, juiz auxiliar da Corregedoria, juiz eleitoral da 88ª Zona, diretor do Fórum Eleitoral Des. Arthur Quadros Collares Moreira e membro efetivo da Corte Eleitoral por dois biênios consecutivos, no período de 25.09.2001 a 30.10.2005.

Como resultado de anos de serviço e dedicação à magistratura, foi alçado, por merecimento, ao cargo de Desembargador, em 31 de julho de 2008. Na Egrégia Corte, desempenhou diversas funções, sendo membro da Assessoria da Presidência para Assuntos Penitenciários e de Execução Penal e membro da Comissão do Concurso para Juiz de Direito Substituto, realizado em 2008. Hoje, integra a 2ª Câmara Criminal e, com a criação da Ouvidoria, em maio de 2010, tornou-se o primeiro Ouvidor Geral do Poder Judiciário, escolhido pelo presidente do TJMA e aprovado pelo Pleno.

Especializou-se no ramo de Direito Constitucional pelo Centro de Ensino Unificado do Maranhão (UNICEUMA). Teve atuação destacada como docente. Foi diretor da Escola Judiciária Eleitoral e lecionou na Escola Superior da Magistratura do Maranhão (ESMAM).

Exerceu os cargos de Vice-Presidente, Corregedor e Ouvidor do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, no período de 19 de dezembro de 2011 a 25 de fevereiro de 2013. Atualmente, ocupa o cargo de Presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão.

Em reconhecimento aos bons serviços prestados à Justiça, colecionou homenagens, com destaque para a Medalha do Mérito Judiciário Antonio Rodrigues Vellozo; Medalha Desembargador Bento Moreira Lima; Medalha do Mérito Eleitoral do Maranhão, Ministro Arthur Quadros Collares Moreira; Medalha do Mérito de Timbira, conferida pelo Governo do Estado do Maranhão e Medalha Simão Estácio da Silveira, outorgada pela Câmara Municipal de São Luís; Diploma da Legião Barão de Caxias, concedido pelo 24º Batalhão de Caçadores – Batalhão Barão de Caxias; títulos de cidadão Portofranquino (Porto Franco-MA), Barracordense (Barra do Corda-MA) e Timonense (Timon-MA).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.