Identificada a proprietária do veículo usado no assassinato do tenente-coronel Ronilson 

O sistema de segurança  identificou, ontem mesmo, a proprietária do Peugeout de paca NNI-9840, em que estavam os bandidos que assassinaram, na tarde de quinta-feira (28), o tenente coronel Ronilson Gomes Pinto, de 46 anos, que foi executado a tiros, na porta de sua  casa, no conjunto Residencial Pinheiros, ao reagir a um suposto assalto.

O veículo pertence a uma mulher identificada como  Paula Bianca Silva Ribeiro. Ela foi levada no mesmo dia do crime para a Delegacia de Homicídios, mas a Polícia não quis revelar pontos do depoimento dela. Nesta sexta-feira (30), o coronel Pedro Ribeiro, comandante geral da PM e o secretário de Segurança, Jefferson Portela, afirmaram durante entrevista a uma emissora local, que o crime será elucidado dentro de pouco tempo.

Pedro Ribeiro destacou ainda que o oficial assassinado estava na porta de sua residência, quando os três bandidos desceram  do veículo e o abordaram. Ele reagiu e foi baleado. Um dos assassinos retornou e desferiu mais dois tiros. Um na testa e outro no queixo. As investigações estão em pleno andamento.

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.