Defensoria pede novo lockdown em todo Maranhão

A Defensoria Pública no Maranhão através dos defensores públicos Clarice Viana Binda, Cosmo Sobral da Silva e Diego Carvalho Bugs realizaram pedido de novo lockdown no estado por um período de 14 dias.

Os defensores consideraram de extrema importância adotar medidas de distanciamento social com o objetivo de refrear o contágio da Covid-19 em todo Maranhão. Eles ainda ressaltaram que enquanto não houver vacinação em massa para toda população, a única medida viável é promover o distanciamento social.

Ainda no documento, os defensores alegam que “a imposição de medidas de distanciamento social para a contenção da pandemia está umbilicalmente ligada à eficácia da vacinação, isso porque, quanto maior a circulação do vírus, maiores as chances da existência de mutações, como ocorrera na África do Sul, no Reino Unido e no Brasil (no estado do Amazonas)”, destacaram.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.