Polícia prende acusado de assassinar italiano a tiros em Paço do Lumiar

Italiano Alfredo Catalani foi morto a tiros em um sítio na Estrada da Maioba

 Policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) prenderam na manhã desta sexta-feira (26), um homem suspeito de assassinar o italiano Alfredo Catalani, morto a tiros no sítio onde morava Estrada da Maioba, em Paço do Lumiar, na Região Metropolitana de São Luís. O caso aconteceu em fevereiro do ano passado.

A polícia chegou até o após uma denúncia anônima. Após dias de buscas na região, ele conseguiu ser localizado em uma área de difícil acesso no povoado Encruza Nova, na cidade de Pedro do Rosário, localizada a 341 km de São Luís. (Veja o vídeo acima)

Durante a prisão, o suspeito tentou fugir mas foi alvejado com um tiro na perna efetuado por policiais. Ele foi socorrido por uma equipe médica no local.

Em seguida, ele foi levado por um helicóptero do Centro Tático Aéreo (CTA) para São Luís, onde foi apresentado na sede da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP).

 Relembre o caso

 O italiano Alfredo Catalani, de 69 anos, foi assassinado em fevereiro de 2020 com dois tiros dentro do sítio onde morava na Estrada da Maioba, em Paço do Lumiar, na Região Metropolitana de São Luís. Ele morava há dois anos no Maranhão e há mais de 20 no Brasil.

O corpo da vítima foi encontrado com tiros na perna esquerda e no peito esquerdo. À polícia, vizinhos alegaram que ouviram disparos vindos da casa da vítima. Na época, a Polícia Civil investigava se houve homicídio ou latrocínio, já que a vítima já tinha sofrido uma tentativa de assalto em 2019.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.