Covid provoca mortes de delegado e de inspetor da Polícia Civil do Maranhão

O delegado da Polícia Civil do Maranhão (PC-MA), Diogo Antônio Cabral Melo, de 40 anos, morreu nesta terça-feira (30) em decorrência de complicações da Covid-19.

Ele era lotado na delegacia de Cantanhede, município localizado a 154 km de São Luís. Diogo Cabral era natural de Belo Horizonte (MG) mas atuava como delegado de polícia desde 2014.

Por meio de nota, o delegado-geral, André Gossain, se solidarizou com seus familiares e colegas neste momento de dor e consternação.

INSPETOR

O Covid também provocou a morte do inspetor Wladimir, que era lotado na delegacia de polícia da cidade de São Francisco do Maranhão, que integra a 12ª Regional de São João dos Patos. A ADEPOL e o SINDPOL, Associação e Sindicato dos Delegados e dos Policiais Civis, respectivamente, emitiram notas de pesar pelas duas perdas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.