Flávio Dino e Zé Reinaldo se reaproximam com vistas às eleições de 2022

A reaproximação entre o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), e o ex-governador José Reinaldo Tavares (PSDB) é mais um capítulo na disputa interna entre Carlos Brandão (PSDB) e Weverton Rocha (PDT) pelo apoio do Palácio dos Leões nas eleições de 2022.

Dino e Zé Reinaldo não mantinham boa relação desde 2018, quando este foi candidato a senador e pretendia contar com o

apoio do comunista – que foi para Eliziane Gama (Cidadania) e Weverton.

Nas últimas semanas, contudo, os dois mantiveram conversas e chegaram mesmo a tratar de uma possível nomeação do ex-governador como auxiliar do atual.

O Estado tentou ouvir o próprio Zé Reinaldo sobre o assunto. Ele não negou as conversas, mas disse que “ainda não é a hora

de falar”.

O ex-governador é aliado de longa data do atual vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão – este foi seu secretário-chefe

da Casa Civil. Por isso, no governo Flávio Dino, a avaliação é de que o movimento seria mais uma demonstração de que o

apoio do governo deve pender mesmo para o vice, na disputa eleitoral do ano que vem.

Apesar dos intensos movimentos de bastidores, Dino tem evitado debate público sobre sua sucessão. Na semana passada, por xemplo, promoveu uma reunião no Palácio dos Leões com os dois pré-candidatos do seu grupo.

Cobrou de Brandão e Weverton maior comedimento nas articulações políticas, sobretudo devido ao fato de que o Maranhão e o Brasil ainda passam por momentos difíceis relacionados à pandemia da Covid-19.

Sem antecipação

Segundo interlocutores do governo ouvidos por O Estado, após o encontro, o chefe do Executivo disse não concordar com a

antecipação do debate eleitoral.

Publicamente, Dino tratou a reunião como uma agenda normal entre correligionários. “Somos aliados de longa data e temos

compromisso quanto à continuidade das mudanças positivas no Maranhão. No tempo certo irei coordenar os diálogos

necessários com o nosso grupo”, disse o comunista, dando a entender que, por ora, espera que os dois pré-candidatos

encontrem um caminho.

Nas redes sociais, tanto Brandão, quanto Weverton mencionaram o encontro, mas sem maiores detalhes.

“A reunião que tivemos hoje, sob o seu comando, mostra que temos um líder. Encontro proveitoso, sim, porque entendemos

que construímos forte alicerce, ao longo destes anos de caminhada”, declarou o vice-governador, ao comentar postagem do próprio Dino.

Weverton afirmou que foi uma “boa conversa com o governador Flávio Dino e o vice-governador Carlos Brandão”.

(O Estado)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.