E-mail pra Dona Bibi

 

Olá, minha fofura, muito bom dia! Espero que estas poucas e mal traçadas linhas venham a encontra-la no bem bom por aí, ao lado do Criador. Por estas bandas, morena, ainda o terror do Covid-19, as querelas políticas já anunciando as eleições do próximo ano e uma terrificante notícia, sobre um navio de bandeira chinesa, tripulado por indianos, que ainda se encontra ancorado na baía de São Marcos, com 16 marujos infectados pelo Covid, mas com uma tal de cepa indiana, que é ainda mais letal do que essa aí que já deixou centenas de milhares de mortos pelo mundo afora.

Foi no dia 17, com a internação de dois marinheiros, infectados com a cepa indiana do Covid-19,  que a notícia sobre esse navio, contratado pela Vale, para transporte de minério de ferro , correu o mundo e está preocupando as autoridades brasileiras.

Há, ainda, cidadã, um problema adicional, sobre essa questão. Agenciadores de mulheres de programas são contumazes em levar prostitutas para encontros sexuais em navios nacionais e estrangeiros que ficam fundeados na costa marítima maranhense. Na última sexta-feira, a blogosfera anunciou que a embarcação chinesa teria recebido um grupo de mulheres. O pânico está gerado.

*

Ah, Bibi, o presidente Jair Bolsonaro esteve em terras maranhenses na última quinta-feira. Inaugurou, no Alto Parnaíba, uma ponte que liga o Maranhão ao Piauí. Foi aquela fanfarra de sempre. Chegou ao evento de moto e sem máscara.

*

No discurso, não deixou por menos e sentou a pua no governador Flávio Dino. O comparou aos ditadores da Coreia do Norte e ao presidente da Venezuela. Bom para o governante maranhense que ganha mais combustível para criticá-lo.

*

Rapidamente, Flávio Dino estava nas redes sociais: “Não tenho tempo para molecagens”, disse o governante maranhense. Também, Bibi, isso não é postura de um chefe de Estado.

*

Falando em Bolsonaro, ele escolheu o adversário errado para concorrer em 2022. Tanto criticou Lula, que o barbudo do PT ganhou elegibilidade graças ao VAR de 5 anos do STF e agora está na frente dele em todas as rodadas de pesquisas.

*

A CPI do Covid, Bibi, lá no Senado, na realidade se transformou em CPI da Cloroquina. Acho que se um depoente disser que usou a dita cuja em depoimento, corre risco de sair de lá algemado. Uma paranoia do Renan Calheiros.

*

O Renan Calheiros pode até ser um bom político. E isso ele é. Basta ver que continua solto, apesar dos 17 inquéritos contra ele no STF. Mas como inquiridor é uma lástima. Tenta apertar os depoentes, mas não mostra conhecimento de causa. O ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazzuelo, deitou e rolou com ele.

*

O blogueiro Yuri Almeida está anunciando a deserção de pelo menos dois líderes partidários do exército do senador Weverton Rocha, rumo à tropa do vice-governador Carlos Brandão. Destaca que as duas lideranças farão o anúncio no dia da tão esperada reunião de Flávio Dino com seu grupo.

*

Siribolo danado esta semana aqui, Bibi, com a cassação, por parte da Câmara Municipal do prefeito de Rosário, Calvet Filho. Os 13 vereadores que votaram pela extinção do mandato do prefeito saíram da Câmara escoltados pela polícia.

*

É que a população se revoltou e não aceita tal decisão. Até mesmo a rapidez com que esse processo tramitou. O povo tá ameaçando até mesmo tomar a prefeitura de assalto. A situação é delicada e promete se arrastar pelos tribunais da Justiça Eleitoral.

*

Essa história de cassar prefeito em começo de mandato é muito preocupante por aqui, Bibi. Anos atrás, num mandato só, a cidade de Serrano, vizinha a nossa Cururupu, foi administrada por seis pessoas.

*

Vou explicar: O prefeito eleito foi cassado. Assumiu o vice que logo depois de tomar posse, também perdeu o cargo. Aí colocaram o presidente da Câmara Municipal, que a exemplo do antecessor, não esquentou muito a cadeira de prefeito. Vieram então o 1° e 2° secretários da Mesa da Câmara. Ambos afastados rapidamente. Quem terminou o mandato foi a terceira secretária.

*

A cidade não avançou um milímetro, uma vez que todos que assumiam logo estavam a responder processos por desvio de recursos públicos. A Justiça, no meu entendimento, errou feio, porque deveria nomear um interventor até decidir a parada.

*

O prefeito de Barra do Corda, Bibi, ex-deputado Rigo Teles segue intubado em hospital de São Paulo, vítima do Covid-19. Antes de se eleger prefeito, era o decano da Assembleia Legislativa, com seis mandatos consecutivos.

*

A nossa cantora popular Patativa, lá da Madre de Deus, está passando por sérios problemas de saúde  e financeiros, necessitando de auxílio de amigos. Parceiros da artistas estão em plena campanha para ajuda-la.

*

Nossos artistas populares geralmente chegam ao fim da vida sem eira nem beira. Por conta disso, o cantor, músico e compositor Oberdan Oliveira, está pensando numa forma de fazer chegar às autoridades, uma sugestão de projeto para auxiliar a categoria.

*

A bruxa voltou a rondar a Câmara Municipal de São Luís. O vereador Paulo Victor anunciou pelas redes sociais haver testado positivo para o Covid-19, enquanto seu colega, Zeca Medeiros, que assumiu com o falecimento de Batista Matos, pela mesma doença, também apresentou teste positivo.

*

O deputado federal Pedro Lucas (PSL), foi bem enfático durante entrevista concedido esta semana na Rádio Educadora, aos jornalistas Clodoaldo Correia, Gláucio Ericeira e Rogério Silva. Vai apoiar Flávio Dino para o Senado  e o senador Weverton Rocha para o governo do Estado. E fim de papo.

*

Bem, minha fofa, com essa o teu pretinho vai ficando por aqui, garantindo retorno na próxima semana, se Deus quiser. E ele quer, porque sempre foi bacana com esse teu pimpolho.

Beijão de quem continuará te amando para sempre.

 Djalma

 N.E. Bibi é Benedita Rodrigues, mãe desse editor. Ela faleceu no dia 8 de dezembro de 1965, aos 28 anos de idade, na Santa Casa de Misericórdia.

 

1 pensou em “E-mail pra Dona Bibi

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.