Ex-deputado Soliney Silva chora, diz que querem matá-lo  e critica pesado administração do próprio filho em Coelho Neto

Internado em um hospital de Teresina na manhã desta terça-feira (31) após passar mal ,o ex-prefeito de Coelho Neto,  e ex-deputado estadual Soliney Silva gravou áudios para um grupo de WhatsApp muito popular na cidade no final da tarde onde chora, diz que querem matá-lo e ataca a administração do filho, o atual prefeito Bruno Silva.

Ele diz que vai denunciar a gestão que nos últimos dias tem sido envolvida em vários escândalos relacionados a denúncia de servidores que são funcionários de outras empresas e recebem da prefeitura bons salários sem trabalhar.

O distanciamento do prefeito Bruno Silva do pai aconteceu tão logo terminaram as eleições do ano passado em Coelho Neto. Para se ter uma ideia, no último Dia dos Pais, Bruno não fez qualquer homenagem ao pai na passagem da data.

(Elias Lacerda)

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.