Recados para ela

Olá, minha fofa, muito bom dia! Espero que estas poucas e mal traçadas venham a encontrá-la na santa paz do Senhor por aí. Aqui no andar de baixo, Bibi, só a política. A campanha está em pleno andamento, sob o codinome de pré-campanha, para despistar a Justiça Eleitoral. No âmbito nacional, o Lula, que nos últimos meses andou debaixo da vara verbal desrespeitosa do Ciro Gomes, agora vai se encontrar com o dito cujo. Coisas de velhacaria da política, a autêntica politicagem.

Vou te relatar tintim por tintim. Assim que começaram os movimentos eleitorais, o Ciro Gomes dia e noite estava numa rede de TV, de Rádio e em lives, baixando o sarrafo no Lula. De ladrão, corrupto pra cima. Recentemente, o Ciro, que mais se parece a palmatória do mundo, assim como o seu irmão, o senador Cid Gomes, foram alvos de um baculejo da Polícia Federal, acusados de desvio de recursos públicos.

Para atingir o Bolsonaro, a esquerda toda entrou em defesa do presidenciável do PDT. Com Isso, o Ciro chegou a dizer que jamais havia esculhambado o ex-presidente petista. As gravações não negam e agora, as apimentadas entrevistas do pedetistas estão circulando nas redes sociais. É tudo farinha do mesmo saco.

Bem, cidadã, mas vamos às nossas informações paroquiais. São as que mais interessam.

*

Falando em campanha, aqui no Maranhão não é segredo pra ninguém que a disputa está polarizada entre o vice-governador Carlos Brandão e o senador Weverton Rocha. Sempre que um faz alguma movimentação, a resposta do outro lado é imediata.

*

Nesta semana, por exemplo, Weverton reuniu aliados à guisa de confraternização natalina e dois dias depois foi a vez do Brandão. Este último está levando vantagem, porque a cada dia ele desfalca o grupo adversário. Brandão reuniu 98 prefeitos e divulgou a lista.

*

São prefeitos, deputados, vereadores e outras lideranças. Tô sabendo inclusive que o ex-deputado J. Pinto, presidente do PDT de São José de Ribamar já vai se  desfiliar do partido para ingressar nas fileiras do exército do Brandão, assim como sua esposa, a vereadora Concita Pinto, da capital.

*

Pelo menos 22 deputados estaduais assinaram manifesto de apoio a Brandão esta semana. São 42 parlamentares. Aí, se tira os três que compõem a bancada alinhada ao deputado federal Josimar de Maranhãozinho, sobram 17 do grupo de Weverton Rocha.

*

E pelo visto, não haverá acordo nenhum entre o Weverton e o grupo do governador Flávio Dino. O senador sempre joga umas piadas quando concede entrevistas, para atingir o grupo de Flávio. Esta semana, o Brandão bateu mais forte. Afirmou que é ficha limpa, tem o CPF zero e jamais foi acusado de desvio de recursos públicos.

*

Até as pedras de cantaria de São Luís sabem a quem isso foi enderaçado. Basta lembrar que o Weverton Rocha andou se atrapalhando aí com pagamentos suspeitos das obras de recuperação do Ginásio Costa Rodrigues e outros assuntos que foram parar no STF. Mesmo assim, continua  a dizer que foguete não dá ré.

*

Uma denúncia interessante contra o prefeito Aldo de Cururupu chegou à Rádio Mirante, na sexta-feira. Diz respeito a um festival de diárias distribuidas a dezenas de seus auxiliares. O denunciante entregou tudo detalhado ao radialista Geraldo Castro.

*

Ah, Bibi, também na sexta-feira, o Nelsinho Piquet, filho do tricampeão mundial de Fórmula 1, o Nelson Piquet, recebeu o título de “Cidadão Maranhense” na Assembleia Legislativa, por iniciativa do deputado Duarte Júnior.

*

Ai fui saber que ele reside no Maranhão, na cidade de Santo Amaro. Afirmou que se apaixonou pela cidade e pelas exuberantes belezas naturais dos Lençóis Maranhenses. Figura muito simpática. Conversei com ele durante alguns minutos.

*

Pelo que o Nelsinho Piquet falou, cidadã, dá a entender que nossos governantes não dão a menor pelota para o desenvolvimento do turismo. Se uma figura pública do porte dele disse ter se encantado pelos Lençóis do Maranhão, é porque a coisa é boa. Falta maior divulgação.

*

Nelsinho Piquet nasceu na Alemanha e se apaixou no Maranhão, pelo que tem de bom, de natural. Aí neguinho que nasce aqui, quer bancar o riquinho e curtir praias poluídas no Rio de Janeiro e outros estados, para ostentar nas redes sociais.

*

Olha cidadã, perdemos  na semana passada o João da Mata, irmão que morava havia décadas no Rio de Janeiro. Era o segundo da família, depois do Zé Bernardo. Figura serena e muito educada. Saiu de São Luís garoto, juntamente com o Henrique, que depois voltou e se estabeleceu em Barra do Corda.

*

João da Mata estava com problemas de saúde há alguns meses. Trabalhou na extinta Casa das Banhas e se destacou com uma figura carismática, muito bem humorada e extremamente cordial. Deixa muitas saudades.

*

Quem também fez a viagem celestial esta semana foi o administrador e professor Antonio Fernando Carvalho Silva, que foi secretário de Administração no governo de João Castelo e de Fazenda do município, com Gardênia Ribeiro Gonçalves

*

A violência, como resquício do tráfico de drogas está fazendo miséria no Maranhão, Bibi. Essa tráfico demoníaco está deixando muitas famílias enlutadas e provocando terror em todas as regiões do Maranhão.

*

Para que se tenha uma ideia, foi apreendida, esta semana, no Ceará, quase meia tonelada de cocaína, toda ela processada no nosso Estado. Uma verdadeira calamidade pública.

*

Tô tomando conhecimento de que a diretora do Diário Oficial do Estado resolveu tocar o terror no órgão, demitindo servidores a torto e a direito e promovendo assédio  moral com a rapaziada. Deve tomar cuidado, porque tem neguinho se preparando para a denúncia pública.

Bem, minha fofa, com essa o teu pretinho vai ficando por aqui, garantindo retorno na próxima semana, se Deus quiser. E ele quer, porque sempre foi bacana com esse teu pimpolho.

Beijão de quem continuará te amando para sempre.

Djalma

N.E. Bibi é Benedita Rodrigues, mãe desse editor. Ela faleceu no dia 8 de dezembro de 1965, aos 28 anos de idade, na Santa Casa de Misericórdia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.