PROS de cara nova no Maranhão

Tatiana e Chico Carvalho

O Partido  Republicano da Ordem Social (PROS)  se notabiliza nacionalmente por conta de uma diferença administrativa que prioriza as estruturas de funcionamento nos estados e municípios, permitindo a permanente valorização dos seus quadros e a renovação dos filiados com a nova leitura da importância de uma sigla na construção de políticas públicas atendendo as particularidades de cada região e, principalmente, ouvindo a população, os segmentos de classes e os legítimos movimentos sociais. No Maranhão, a sigla é presidida atualmente pela empresária Tatiana Carvalho, esposa do vereador Francisco Carvalho.

 

O  PROS traz estas propostas de comportamento na construção da base política e eleitoral nos 217 municípios do Maranhão. A direção estadual, tendo no comando a experiente Tatiana Carvalho, começou a preparar o mapa partidário reconhecendo o relevante papel dos permanentes filiados municipais e convocando pessoas com pensamentos atualizados sobre as formas que o Maranhão precisa nas gestões de qualidade no executivo e legislativo.

Qualidade nos seus quadros, assim o PROS tem organizado a preparação dos futuros pré-candidatos a deputado estadual e federal, todos sem mandatos, mesmo com amplo lastro de votos.

“Nossa meta está em organizar o PROS em cada município do Maranhão e eleger a maioria dos deputados que permitam uma ampla participação na implantação e administração de novas propostas transformando a vida da população. As políticas públicas com êxitos devem ser mantidas e fortalecidas, mas é fundamental um novo olhar diante do crítico quadro social e econômico em que estamos obrigados a conviver. Elegendo novos e os experientes parlamentares podemos dar novo sentido ao Maranhão e o Brasil, “ declarou  a presidente Tatiana Carvalho.

Com o lançamento da campanha estadual “PROS de Cara Nova” o partido deve estar com representações prontas em todos os municípios maranhenses quando chegar o período da eleição estadual e nacional. Metas e prazos da direção nacional do PROS nacional quer alcançar 10% dos votos válidos no Maranhão, com participação qualificada nos legislativos. No Maranhão os apoios aos candidatos majoritários ficam na avaliação do diretório estadual.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.