E-mail pra Dona Bibi

Olá, minha fofa, muito bom dia! Espero que estas poucas e mal traçadas linhas venham a encontra-la na santa paz do Nosso Senhor. Olha, Bibi, fico ferrado a cada vez que não te encaminho as últimas informações daqui. São muitas as cobranças. Ouvintes que me acompanham na Rádio Capital, amigos do face e até pessoas que me encontram na rua ou em outros locais me fazem cobrança.

Como não me comuniquei contigo na semana passada, recebi vários telefonemas e, na quarta-feira, estava num restaurante no Renascença, quando um senhor de ar sereno e amigável, me cumprimentou chamando meu nome e cobrando o “E-mail pra Dona Bibi”. Isso mostra que é a grande a repercussão das informações que te mando.

Pra te alegrar, informo que tua neta, a Lívia, que cursa a 8ª série no Dom Bosco, foi considerada a “fera” de sua turma nesse primeiro semestre, em função das altas notas em todas as matérias. A mãe dela, ao ser informada do resultado, se debulhou em lágrimas. Será que existiria melhor presente para o Dia dos Pais?

Não vou me ater muito às questões familiares e partirei logo para as que mais repercutiram durante a semana.

Aprovaram, na Câmara Federal, no meio da semana, o relatório da tão falada e jamais amada reforma política. Como sempre, o povo foi chamado na chincha para pagar o pato que não comeu.

*

Um dos itens da reforma, estabelece a criação de um certo “Fundo Partidário”, na base de quase R$  4 bilhões. E de onde sairá essa montanha de dinheiro? Claro que é do nosso bolso, do bolso do contribuinte.

*

Falando em contribuinte,  o presidente Temer usou de malícia esta semana. Mandou espalhar que poderia aumentar a alíquota do Imposto de Renda. A grita foi geral e ele, logo no dia seguinte, negou de pés juntos que iria aumentar o IR.

*

Ah, mama mia, saiu a relação dos parlamentares e ex-parlamentares que mais gastaram verba pública com a cota de combustível. Como o Maranhão não pode e nem deve ficar de fora de escândalo, contribuiu com dois ex-parlamentares e um deputado da ativa.

*

Estão na famosa relação, os ex-deputados Domingos Dutra e Pinto Itamaraty e o deputado federal Cleber Verde, aquele da pesca de votos pelo interior do Maranhão afora.

*

O Dutra não deveria figurar nessa relação. Até porque sempre fez política com um duro discurso pela moralidade no serviço público. Esculhambava a Deus, o mundo e seu Raimundo.

*

O discurso só foi a pique, após se eleger prefeito da cidade de Paço do Lumiar, colocando a própria esposa como responsável por uma secretaria que, na realidade abrange quatro pastas.

*

Dutra, minha morena, quem diria…acabou no Irajá. Mas a vida é assim mesmo. Quem quiser conhecer o homem que o faça poderoso. Assim você vai conhecê-lo em toda a sua plenitude.

*

 

Falando em Cleber Verde, tão dizendo à boca miúda por aqui, Bibi, que o afilhado dele que foi nomeado pelo presidente Temer para a superintendência local do Incra estaria com os dias contados no cargo.

*

Sei não, o Cleber é muito eclético em termos de política. Um verdadeiro malabarista. Consegue ficar ao lado do governador Flávio Dino e também do presidente Temer.  De um ganhou o Incra, do outro o Iterma.

*

O empresário José Martinho, o Kabão, deve está arrependido de ter enveredado pela política. Foi vice-prefeito e depois prefeito duas vezes na cidade de Cantanhede.

*

O problema é que, agora, Kabão já enfrenta a sexta denúncia na Justiça, por conta de mal feitos durante as suas administrações. O homem está num aperreio danado. Melhor se continuasse abrindo tampa de cerveja na casa de festas que leva o nome dele, ali no Anel Viário e que é campeã de frequência nos finais de semana.

*

Um doce para adivinhar quem é o ex-prefeito, casado com a atual vice-prefeita de uma cidade do interior do Maranhão, mas que não larga o atual prefeito para nada. Parece um carrapato.

*

Encontrei o deputado Sérgio Frota dia destes nos corredores da Assembleia Legislativa. O homem anda agora com um sorriso de orelha a orelha, por conta da recuperação do Sampaio Correa na Série  C do Campeonato  Brasileiro.

*

É de São João dos Patos, o empresário maranhense que foi preso na cidade, por conta de um assalto que praticou na cidade de São Paulo.  Chama-se Marco Aurélio e envergonhou o nosso Estado com a absurda atitude.

*

Falando em Câmara Municipal, Bibi, o presidente da Câmara de São Luis,  Astro de Ogum, foi condecorado nesta sexta-feira, com o título de Cidadão de Morros, por iniciativa do colega daquela cidade, Fred Kennedy.

 

*

Não chamem, por  enquanto, os vereadores Honorato Fernandes e Beto Castro para a mesma solenidade. Pode acabar em tremendo sururu. Os dois ainda não falam a mesma linguagem.

*

O pai do vereador Osmar Filho, o juiz Osmar Gomes, fraturou o tendão de aquiles na semana passada, durante uma partida de futebol. Ainda se encontra no estaleiro. Teve de usar muleta na solenidade de casamento da filha.

*

Os rumores lá pelo Tribunal de Justiça, morena, são de que  a desembargadora Nelma Sarney não teria as mínimas condições de vencer a disputa pela presidência do Judiciário do Maranhão este ano.

*

Conforme teu filhote apurou, Bibi, o desembargador José Joaquim Figueiredo é quem estaria na frente nessa refrega. Pelo visto, Nelma Sarney pode se transformar no Stélio Muniz de saias.

*

Stélio Muniz é um desembargador aposentado, que foi corregedor-geral, mas não conseguiu chegar à presidência daquela Corte, tudo por conta de divergência  com os colegas. Mesmo assim, Nelma Sarney está correndo atrás do prejuízo.

*

Pra finalizar, soube de fonte credenciada, que o secretário de Saúde do Estado, Carlos Lula, que já pediu para deixar o cargo, agora conseguirá sair, e deverá ser substituído pelo secretário de Educação, Felipe Camarão.

*

Bem, minha fofa, com essa, teu pretinho vai ficando por aqui, esperando não deixar mais um vácuo nessa história, até para evitar puxão de orelha dos nossos leitores.

*

Beijão deste filhote que jamais irá te esquecer.

Djalma

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*