Radialista Carlos Henrique, o Galinho, está internado em estado grave

 O radialista Carlos Henrique Cavalcante, o Galinho, um dos ícones da radiofonia do Maranhão, que apresenta o  “Programa do Galinho.” na Rádio Educadora Rural do Maranhão desde o ano de 1966, data de fundação da emissora, está internado em estado grave no Hospital do Servidor. Ele se encontra intubado e o seu estado é crítico, conforme revelou ao blogue o radialista André Martins, companheiro de estúdio do destacado comunicador. O programa vai ar das 6 às 7h da manhã, de segunda a sexta-feira.

Galinho se destaca pela potência da voz e pelo programa, direcionado para a comunidade camponesa. É um dos  programas de maior longevidade no ar, de forma ininterrupta numa emissora de rádio no Brasil. A família pede orações pela recuperação do radialista.

 PSD esclarece fake news sobre mandato de vereadora de São Luís

A direção estadual do PSD emitiu hoje (19) nota oficial para informar que não procede a notícia de que a legenda pode perder vaga na Câmara Municipal de São Luís para o partido Cidadania, como alguns blogs cogitaram em publicações no fim de semana.

Pelas publicações, a vereadora Karla Sarney estaria com mandato ameaçado pelo suplente do Cidadania, Nogueira Protetor na soma de votos até então considerados sub judice.

“Ocorre que o PSD obteve no pleito de novembro de 2020 11.137 votos para o Legislativo Municipal, número superior ao do Cidadania, que obteve apenas 11.060. Com candidatura sub judice, o candidato Carioca do Povo aguardava ainda o reconhecimento dos votos que ele havia recebido nas urnas naquele pleito, o que já ocorreu. Com a validação dos votos de Carioca, o PSD chegou a 11.719 voto”, destaca o comunicado, que completa:

“A sigla adversária, por sua vez, somente pode somar 11.304 votos – se os 244 sub judice forem reconhecidos na Justiça -. E mesmo assim, ainda acumularia uma desvantagem de 415 votos em relação ao PSD. Não há, portanto, qualquer ameaça ao mandato da vereadora Karla Sarney, que segue com um trabalho reconhecido na Câmara Municipal de São Luís”.

Mais um policial civil morre vítima do Covid em São Luís

Vítima do coronavírus, morreu neste domingo, no Hospital São Luiz  (Hospital do Servidor do Estado), o policial civil identificado como Hélio, que era lotado no 2° Distrito no bairro do João Paulo. Aprovado no concurso  público do ano de 1980, Hélio foi um dos  policiais mais respeitados pela coragem, competência e integridade, dos quadros da Polícia Civil do Maranhão.

A informação foi passada ao blogue pelo policial aposentado Amon Jessen, um dos mais destacados dirigentes do Sindicato dos Policiais Civis do Maranhão (SUNPOL). Amon reiterou as qualificações do colega Hélio, assegurando que ele abre uma grande lacuna na área da segurança pública maranhense, por ter sido um policial que combateu o bom combate, sem qualquer mácula em sua ficha funcional.

Médico Antônio Monteiro encontrado morto em sua casa

O médico oncologista Antônio do Espírito Santo Monteiro Neto, que por muitos anos foi um dos diretores do Hospital Aldenora Belo, foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira (19), pela empregada, em sua residência, no Cohajap. Monteirinho, como era conhecido, deve ter sido acometido de um infarto. Era figura muito conhecida no Carnaval do Maranhão. Foi dirigente da Unidos de Fátima e por último estava na diretoria da Favela do samba. Também foi diretor geral do Socorrão I, na gestão de Gardênia Gonçalves.

Policial civil é preso por participar de tentativa de homicídio contra PM

Um policial civil de 40 anos foi preso neste domingo (18) por participação em uma tentativa de homicídio contra um policial militar em Imperatriz, na região sudoeste do Maranhão. O nome do policial não foi divulgado.

O caso foi gravado pela câmera de segurança de um posto de gasolina, na madrugada deste domingo (18). As imagens mostram um veículo branco se aproximando e disparos são efetuados contra o Cabo da PM Adriano Leite, que estava de folga e alimentando cachorros de rua. O militar é atingido, mas consegue revidar.

Segundo a polícia civil, o policial militar não corre risco de vida. Já o policial civil envolvido no caso foi encontrado por volta das 13h no bairro Vila Parati e levado para a Delegacia Regional de Imperatriz para prestar depoimento.

Com o policial civil, a polícia apreendeu uma pistola calibre.40, três carregadores com 37 munições e um colete à prova de balas.

 

Mulheres são espancadas sob olhar complacente de policiais militares em São Luís

O episódio aconteceu esta semana, no Parque Vitória. Duas mulheres foram flagradas furtando roupas numa loja no Parque Vitória. A Polícia Militar foi chamada e alguns militares se deslocaram para o local, onde as duas acusadas foram espancadas brutalmente pelas proprietárias do comércio.
As imagens falam mais do que o texto. O comando da PM precisa agir para evitar tais abusos.

Vereador Cuy, de Morros e GGM distribuem cestas básicas a famílias carentes

A Guarda Municipal de Morros em parceria com o Vereador Cuy e com apoio do Corpo de Bombeiros, realizou na manhã de hoje (17/04) a distribuição de cestas básicas para a população em vulnerabilidade devido a pandemia. A ação foi realizada através da Secretaria de Segurança Pública do estado do Maranhão. A bela ação começou às 09:00h da manhã no Rodoshop, em seguida foi a vez de fazer a entrega na zona rural do município.

As doações de produtos alimentícios para famílias morruenses teve o objetivo de suprir as necessidades momentâneas, durante a pandemia, demonstrando zelo com a população.

O Vereador Cuy destaca “nós conseguimos abranger uma quantidade considerável de famílias e, dessa forma, levar um pouco mais de segurança e alívio para elas.”

Jornalista Karlos Mendonça anuncia a morte de sua mãe

O jornalista Karlos Mendonça anunciou, neste sábado (17), o falecimento de sua mãe, a professora Rosidete Mendonça, viúva do radialista Raiundo Filho, que foi diretor das Rádios Capital e Timbira e que era aposentado da Assembleia Legislativa. Ele não explicou a causa morte da genitora. O editor do blogue envia pêsames à família enlutada.

Atleta professora da UFMA morre de Covid aos 30 anos

 

Na madrugada desta sexta-feira (16), a atleta e professora Keliane Viana, de 30 anos, faleceu após complicações causadas pela Covid-19. Keliane era do município de São Bernardo (MA), mas faleceu na cidade de Parnaíba, onde estava internada para se recuperar da doença.

Muito querida em São Bernardo, Keliane era Mestra em Ciências Sociais e professora de Sociologia na Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Ela ainda era atleta de futsal na cidade e faria 31 anos no próximo domingo (18).

Keliane deixa marido e também uma filha, que tinha dado à luz há menos de um mês. Só em São Bernardo (MA), 15 pessoas já morreram pela doença. Nas redes sociais, moradores relataram que ela era uma mulher forte e cheia de sonhos.

“Sempre muito corajosa e sonhadora. É inacreditável e doloroso demais saber da sua partida, e ao mesmo tempo tão injusto. É um misto de tristeza e revolta por mais uma vida perdida num país que ignora o sofrimento e a luta pela sobrevivência. Muito força para sua família e que sua filha cresça inspirada na mulher incrível que você foi”, disse Ravenna Paiva.

O prefeito de São Bernardo, João Igor (PDT), e outras autoridades da cidade de São Bernardo lamentaram a morte da professora e desejaram força à família.