Iracema Vale e Roberto Costa propõem sessão especial sobre a Campanha da Fraternidade 2024

Iracema Vale e Roberto Costa propõem sessão especial sobre a Campanha da Fraternidade 2024

Iracema Vale e Roberto Costa são autores do requerimento que solicita sessão especial sobre a Campanha da Fraternidade 2024

Aprovado na sessão plenária desta quarta-feira (21), o Requerimento 038/2024, de autoria conjunta da presidente Iracema Vale (PSB) e do deputado Roberto Costa (MDB), solicita a realização de uma sessão especial sobre a Campanha da Fraternidade 2024, que traz como tema “Fraternidade e Amizade social” e lema “Vós Sois Todos Irmãos e Irmãs”.

“Para nós é sempre uma alegria muito grande poder dar o devido merecimento e reconhecimento do importante papel que a comunidade católica tem na nossa sociedade. A todos os colegas da Casa, quero agradecer a sensibilidade mostrada por meio da aprovação e subscrição ao requerimento. E reafirmar que é por meio da fraternidade que podemos promover a inclusão, acolher os que mais precisam e construir oportunidades iguais”, disse a presidente Iracema Vale.

A data da sessão especial ainda será definida pela Assembleia Legislativa. No ano passado, o deputado Roberto Costa também foi autor da proposta para a realização da sessão solene alusiva à Campanha da Fraternidade 2023, com o tema “Fraternidade e Fome”, que aconteceu no dia 13 de abril, com a presença do arcebispo de São Luís, dom Gilberto Pastana.

“É um tema de grande relevância para todos nós com o objetivo de despertar a solidariedade e união na sociedade. Esse requerimento é símbolo da importância de sempre estarmos alinhados com a comunidade católica, fortalecendo e dando a devida importância que ela precisa. Eu e a nossa presidente Iracema Vale estamos felizes com a realização de mais essa Campanha da Fraternidade. Nós precisamos sempre ouvir e reverberar esse chamado para ajudar, também, com medidas propositivas”, destacou Roberto Costa.

Deputado Yglésio denuncia trama para assassiná-lo envolvendo PM do Piauí

 

O deputado Yglésio Moisés denunciou, da tribuna da Assembleia Legislativa, uma trama para assassiná-lo, tendo como um dos envolvidos o sargento PM Salomão Fortes da Costa Júnior, integrante do BOPE do Piauí, que estaria montado campana na porta da residência de sua mãe, no Cohafuma.
“A campana durou uma semana. Vizinhos afirmaram que eram três pessoas, dentro de um veículo, fechado com vidro fumê. E esse policial, que estou identificando, tem pelo menos , três homicídios e outros processos que responde na Corregedoria da PM piauiense”, afirmou.
O parlamentar afirmou que o caso é sério, porque ele vem denunciando o crime organizado, como a Máfia Chinesa e o Jogo do Tigrinho no Maranhão.
“Ninguém vem pra cá para fazer brincadeira na tribuna. A situação é muito séria”, assegurou.

 

Veículo utilizado na campana 

Em 2023, Yglésio iniciou uma campanha contra jogos de azar e foi autor de uma Lei Est\dual, já em vigor , que prevê sanções para quem insistir em fazer propaganda de jogos de azar – apostas, rifas, caça-níqueis, roletas – em suas redes sociais ou na mídia tradicional
Influenciadores como Skarlete Melo e seu marido ganharam muito dinheiro para divulgar joguinhos de azar. Foram presos no período. Os pais da influenciadora, foram presos nesta quarta-feira, juntamente com três advogados numa operação da Polícia Civil.

 

 

PM Salomão, denunciado pelo parlamentar 

Yglésio iniciou suas denúncias contra os jogos de azar na internet ao perceber que jovens e até adolescentes estavam sendo manipulados por influenciadores digitais a fazer apostas nestas plataformas, perdendo muito dinheiro.
Ao aprofundar a investigação, o parlamentar descobriu que os tais influenciadores ganhavam dinheiro para manipular os seus seguidores a fazer altas apostas.
Com a nova lei, fica sujeito a multa que variam de R$ 10 mil a R$ 1 milhão quem usar suas redes sociais, canais de internet, outdoor’s, busdoor’s, TV ou qualquer tipo de plataforma para divulgar propaganda de jogos de azar.
Além das apostas tipo roleta ou caça-níqueis – como o Joguinho do Tigre – a Lei pune também divulgadores de rifas, bingos e qualquer tipo de aposta que caracterize pirâmide financeira.

Nelma Sarney pediu indenização por trabalhar durante pandemia do Covid

Afastada de suas atividades por decisão do CNJ nesta terça-feira (20), pelo período de dois anos, a desembargadora Nelma Sarney  se mostrou  insatisfeita com os custos do trabalho em regime de home office, implementado diante da necessidade do isolamento social, durante a  pandemia do  Covid, em 2020.

No período,  ela pediu que a presidência do Tribunal de Justiça do Maranhão, que  considerasse compensar os gastos a mais assumidos pelos magistrados, como eletricidade, internet e compra de equipamentos, no trabalho remoto. O TJ não lhe deu ouvidos.

A decisão desta terça foi resultado de um processo administrativo disciplinar (PAD) iniciado em 2019.

Nelma e o juiz substituto Clésio Coelho Cunha foram acusados de favorecer um ex-assessor da desembargadora para que fosse aprovado em um concurso de cartorários no estado em 2015.

Na época, Clésio tomou a decisão no lugar de Nelma, durante suas férias. O juiz substituto alterou as questões do concurso público, concedendo mais pontos ao ex-assessor, o que resultou na sua aprovação e contratação como tabelião.

CNJ afasta a desembargadora Nelma Sarney pelo prazo de dois anos de suas atividades no TJ

Por decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a  desembargadora Nelma Celeste Souza Silva Sarney Costa foi afastada por dois anos das atividades no Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA).

A decisão foi tomada pelo nesta terça-feira, 20, durante a primeira sessão da corte jurisdicional. Ela e o juiz Clésio Coelho Cunha foram acusados de favorecer um ex-assessor da magistrada para que fosse aprovado em um concurso de cartorários no estado.

A decisão questionada foi tomada por Clésio, em 2015, quando atuou na condição de substituto da desembargadora, durante as férias dela. O juiz corrigiu e alterou as questões do concurso público, concedendo mais pontos ao ex-assessor, que acabou aprovado e assumiu as funções como tabelião.

Ao voltar das férias, Nelma Sarney Costa confirmou a decisão e a encaminhou ao plenário do TJ-MA, que manteve a liminar. O mesmo aconteceu quando o processo chegou ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Para a maioria dos conselheiros do CNJ, a desembargadora foi imprudente ao favorecer o ex-assessor. Já em relação ao juiz, ele foi absolvido das suspeitas de irregularidades, pois não foram encontradas provas de que agiu deliberadamente na decisão tomada.

O processo administrativo disciplinar (PAD) contra a dupla teve início em 2019. A desembargadora, que é cunhada do ex-presidente José Sarney, tentou ser ministra do Superior Tribunal de Justiça, em 2013, mas acabou preterida.

Apesar do afastamento, a desembargadora Nelma Sarney Costa continuará recebendo os salários atuais. Essa é a segunda pena mais grave no âmbito administrativo contra magistrados. A maior é a aposentadoria compulsória, na qual o juiz continua com os salários, mas é afastado em definitivo das atividades. Ela ainda poderá recorrer da decisão.

(O Bastidor)

Iracema Vale enaltece atuação do governador Brandão na segurança pública do estado

A parlamentar afirmou que a valorização dos profissionais da segurança pública reflete em muitos benefícios para a comunidade e parabenizou Brandão pela iniciativa

Agência Assembleia

Iracema Vale enaltece atuação do governador Brandão na segurança pública do estado

Presidente Iracema vale falou do trabalho realizado pelo governador Brandão na segurança pública do Maranhão

A presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputada Iracema Vale (PSB), enalteceu, na sessão plenária desta terça-feira (20), a atuação do governador Carlos Brandão (PSB) no que se refere à segurança pública do Estado. A parlamentar destacou o Plano de Reestruturação de Delegacias de Polícia Civil como o maior programa de reconstrução e requalificação de delegacias do Maranhão.

“O governador está recuperando 77 delegacias e já entregou dez. Além disso, há 600 novos policiais militares em curso. Ele está disposto, ainda, dependendo da autorização desta Casa, em nomear 50 delegados, 20 investigadores e dez peritos, o que irá alavancar muito mais o bom trabalho que já está sendo feito em nosso Estado”, afirmou Iracema Vale.

Segundo a parlamentar, a valorização dos profissionais reflete em muitos benefícios para a comunidade. “As delegacias estão sendo reformadas por meio de um projeto humanizado, tanto para atender a população de forma adequada quanto para proporcionar aos policiais um bom ambiente de trabalho. Parabenizo o governador pela sensibilidade e responsabilidade”, concluiu a chefe do Legislativo maranhense.

Bruno Wernz Jr. prestigia lançamento da pré-candidatura do amigo Diogo Viana em Presidente Vargas


De camisa azul, Bruno Wernz entre o grupo de participantes do evento político 

Integrante de uma nova geração de lideranças que está emergindo e com futuras pretensões políticas, o jovem Bruno Wernz Jr. esteve participando de um grandioso evento político, na cidade de Presidente Vargas, por ocasião do lançamento da pré-candidatura do seu amigo, o vereador Diogo Viana a prefeito do município.

 

Bruno com Josimar de Maranhãozinho, Aluísio Santos, Detinha e Diogo Viana 

A manifestação política reuniu os deputados federais Josimar de Maranhãozinho (presidente de honra do PL), Detinha, o deputado estadual Aluísio Santos, o presidente estadual do partido, ex-deputado estadual Hélio Soares, prefeita Belezinha, do município de Chapadinha, além de outras lideranças políticas e comunitárias de Presidente Vargas e cidades vizinhas.

Bruno Wernz tem mantido conversações com integrantes dos mais variados segmentos da sociedade, onde mostra sua preocupação com a área da saúde, enfatizando que é um dos setores que mais necessita de um olhar diferenciado dos gestores, em todas as esferas de poder, e que deve ser priorizado pelo poder público.

 

Bruno Wernz e a prefeita Belezinha, da cidade de Chapadinha

Francisco Chaguinhas homenageia farmacêutica pernambucana com título de cidadã ludovicense

Profª Drª Gizelli Santos Lourenço Coutinho recebeu a honraria após Projeto de Decreto Legislativo, de autoria do vereador Francisco Chaguinhas, aprovado por unanimidade
Gizelli Santos Lourenço Coutinho foi homenageada com o título de Cidadã Ludovicense / Fotos: Fabrício Cunha

A Câmara Municipal de São Luís (CMSL) realizou, na tarde desta segunda-feira (19/02), uma sessão solene de outorga do título de cidadã ludovicense à ex-presidente do Conselho Regional de Farmácia do Estado do Maranhão (CRF-MA), Profª Drª Gizelli Santos Lourenço Coutinho, atual coordenadora da Assistência Farmacêutica na Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS).

A solenidade foi comandada pelo vereador Francisco Chaguinhas (Podemos), autor do Projeto de Decreto Legislativo que concedeu a homenagem. A mesa dos trabalhos foi composta também pela vereadora Rosana da Saúde (Republicanos); pelos secretários Dr. Joel Nunes, titular da Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS); e Marcio Andrade, titular da Secretaria Municipal de Assuntos Políticos (Semap), representando no ato o prefeito Eduardo Braide (PSD).

Além de ressaltar a trajetória da homenageada na capital maranhense, o parlamentar lembrou que a homenageada também descentralizou a assistência farmacêutica na gestão municipal.

 “A Dra. Gizelli engrandeceu a assistência farmacêutica na gestão do prefeito Eduardo Braide. Eu estou bastante honrado em poder homenagear essa mulher que tanto contribuiu para descentralização de uma área que engloba um conjunto de ações voltadas à promoção, proteção e recuperação da saúde, tanto individual como coletiva, tendo o medicamento como insumo essencial e visando ao seu acesso e ao seu uso racional”, frisou.

Durante a cerimônia, a Drª Gizelli Coutinho, que nasceu em João Pessoa (PB), lembrou do vínculo dela com São Luís. Em seu discurso de agradecimento, ela elogiou a Câmara, agradeceu ao vereador Francisco Chaguinhas pela homenagem e se emocionou ao equiparar o “título de cidadão a uma adoção oficial”.

“Sinto-me imensamente honrada por estar aqui hoje. Considero este momento um dos mais importantes, marcantes e inesquecíveis da minha vida familiar e profissional. Afinal, não é todo dia que se recebe um título de cidadão que equipara a pessoa agraciada a uma adoção oficial”, declarou a farmacêutica.

A solenidade contou ainda com a presença do atual presidente do Conselho Regional de Farmácia do Estado do Maranhão (CRF-MA), Dr. Luiz Fernando Ramos Ferreira; da presidente do Sindicato dos Farmacêuticos do Estado do Maranhão (Sinfarma), Olnivânia Mayara Cardozo Almeida; do ex-conselheiro federal pelo CRF-MA, Dr. Ronaldo Ferreira Pereira Filho; além de familiares e amigos.

Quem é ela?

Natural de João Pessoa – PB, Gizelli Santos Lourenço Coutinho possui graduação em Farmácia pela Universidade Federal do Maranhão (2005) com habilitação em Bioquímica pela Universidade Estadual de Goiás (2006). Ela é especialista em Farmácia Hospitalar e Assistencial pela Universidade Federal de Goiás, especialista em Manipulação Magistral Alopática pelo Instituto Racine, especialista em Gestão da Assistência Farmacêutica pela UFSC, especialista em MBA Liderança e Coaching em gestão de pessoas, Mestrado em Saúde e Ambiente pela Universidade Federal do Maranhão.

Foi Docente da Faculdade Florence e Faculdade Pitágoras. Possui mais de 10 anos de experiência como Farmacêutica Hospitalar em hospitais públicos e privados; já trabalhou em drogaria; foi responsável técnica na Farmácia Popular do Brasil; e atuou na implantação do Programa de Qualificação do Farmacêutico no CRF-MA. Atualmente é farmacêutica hospitalar da Secretaria Municipal de Saúde, trabalhando na atenção básica municipal. Também é professora da Faculdade Pitágoras, diretora da SBRAFH-MA, conselheira Regional do CRF-MA e presidente do CRF-MA.

Presidente da Câmara Paulo Victor destaca atuação da Segurança Pública no Carnaval do Maranhão 2024

Paulo Victor propôs homenagem ao delegado Geral da Polícia Civil, Jair Paiva, com o Título de Cidadão Ludovicense. 

O presidente da Câmara Municipal de São Luís, Paulo Victor (PSDB), expressou seu reconhecimento pela atuação do sistema de Segurança Pública, durante a agenda do Carnaval do Maranhão 2024. Na sessão de segunda-feira (19), ele destacou o esforço conjunto das forças de segurança para garantir um ambiente seguro para a celebração festiva. Citando a Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e demais grupamentos, ele parabenizou pela atuação durante as festividades carnavalescas.

Paulo Victor ressaltou a importância do trabalho integrado entre as diferentes instituições da Segurança, para garantir a tranquilidade e bem-estar dos foliões, durante as festividades carnavalescas. Em sua avaliação, a eficiência e a prontidão, demonstradas por estes agentes, contribuíram significativamente para o sucesso do evento. Ele também elogiou a estratégia de policiamento adotada, que combinou a presença ostensiva de agentes, a utilização de tecnologias de monitoramento e a atuação preventiva em áreas estratégicas.

“Essa abordagem contribuiu na prevenção de incidentes e proporcionou um ambiente festivo mais seguro e agradável para todos os participantes. Parabenizamos o empenho e a dedicação dos profissionais de segurança envolvidos na operação. O sucesso do Carnaval do Maranhão 2024 não seria possível sem o comprometimento desses agentes. Meus parabéns ao governador Carlos Brandão e à sua equipe pela condução desta agenda, que foi um sucesso de público”, destacou Paulo Victor.

Homenagem

Na ocasião, Marcial Lima ressaltou projeto do presidente Paulo Victor, que presta homenagem ao delegado de Geral da Polícia Civil, Jair Paiva, com o Título de Cidadão Ludovicense. Jair Paiva é riograndense e já ocupou funções como superintendente de Polícia Civil do Interior e delegado Geral de Caxias. “Precisamos reconhecer o trabalho que o delegado Jair Paiva realiza atualmente. É um profissional que não se isola e trabalha com afinco e muito compromisso. E parabenizo o presidente Paulo Victor pela iniciativa deste reconhecimento, algo fundamental na vida pública de um representante do povo”, avaliou o parlamentar.

Ex-presidente José Sarney tem fraturas após sofrer queda durante caminhada em Brasília

O maranhense e ex-presidente da República, José Sarney, teve fraturas ao sofrer uma queda durante uma atividade física, próximo a residência onde mora, em Brasília. Sarney passa bem e está se recuperando.

Ex-presidente José Sarney — Foto: ALESSANDRA DOS SANTOS DA MATA CAMPOS/ESTADÃO CONTEÚDO

Segundo a assessoria de José Sarney, o acidente aconteceu a semana passada, no período de Carnaval, em uma caminhada realizada em uma quadra. Sarney pisou em um desnível entre uma rampa e o asfalto, o que provocou uma queda.

Ao cair, o ex-presidente teve fraturas leves no osso do úmero e na clavícula, além de um corte no braço. Sarney recebeu atendimento em um hospital, mas não foi necessário realizar cirurgia, apenas a colocação de uma tipoia.

deve retomar às atividades ainda nesta segunda-feira (19), após avaliação médica.

Sarney, que tem 94 anos, tem sofrido com quedas nos últimos anos.

O ex-presidente da República chegou a ficar internado e teve o diagnóstico de “pequena área de isquemia cerebral”, que é causada por um bloqueio na circulação sanguínea do cérebro.

Apesar disso, em razão do quadro de saúde estável, Sarney foi liberado da unidade de saúde após a realização de exames. (G1MA)

Flávio Dino vai propor demissão sem salário de juiz, promotor e militar corruptos

Flávio Dino no Senado Federal. — Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Por Andréia Sadi -Apresentadora do Estúdio i, na GloboNews.

 

O senador afirmou que vai apresentar outras quatro propostas antes de deixar o cargo para tomar posse como ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

O senador Flávio Dino (PSB-MA) vai entrar com uma proposta de emenda à Constituição (PEC) nessa segunda-feira (19) que propõe o fim das aposentadorias compulsórias de militares, juízes e promotores como punição aos que forem condenados cometer delitos graves.

A proposta de Dino, que toma posse como ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) na quinta-feira (22), é a exclusão do serviço público sem a aposentadoria compulsória. O senador afirmou que vai apresentar outras quatro propostas antes de deixar o cargo.

“Em algumas carreiras, quando do cometimento de infrações administrativas graves, o servidor público é transferido para a inatividade, ou seja, é retirado da ativa, mas permanece recebendo remuneração a título de “aposentadoria”. A aposentadoria, portanto, assume caráter de sanção, o que corresponde ao desvio de finalidade dessa espécie de benefício previdenciário que visa assegurar ao trabalhador condições dignas de vida quando não mais for possível o desenvolvimento de atividade laboral, em virtude de idade-limite, incapacidade permanente para o trabalho ou pela conjugação dos critérios idade-mínima e tempo de contribuição”, diz no documento obtido pelo blog.

Dino retoma o mandato no Senado essa semana após deixar o comando da pasta, às vésperas de assumir uma vaga de ministro do STF.

No ‘X, antigo’Twitter, Dino disse no domingo (18) que vai apresentar a proposta para conseguir assinaturas. “Não há razão para essa desigualdade de tratamento em relação aos demais servidores públicos que, por exemplo, praticam crimes como corrupção ou de gravidade similar.”

Durante a posse de Ricardo Lewandowski como ministro da Justiça, Dino disse, sem aprofundar as propostas, serão apresentados alguns projetos de lei como:

  • que proíbe acampamentos em quartéis
  • que trata de prisão preventiva e audiência de custódia
  • que prevê a destinação do Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP) para reconhecimento de mérito de policiais
  • que trata de câmeras corporais obrigatórias em segurança privada (bancos, eventos e estabelecimento comercial de grande porte)
  • que trata do reforço e valorização de bibliotecas e bibliotecários, inclusive no combate as fake news.