Bita do Barão é despachado pelos médicos para morrer em casa

 

O estado de saúde do mestre Bita do Barão, dos pais de santo mais famoso do Brasil  é considerado gravíssimo. O maranhense, que mantém há décadas seu terreiro na cidade de Codó, ficou dez dias internado em um hospital particular de Teresina e, nesta quarta-feira (17), foi despachado pela equipe médica para morrer em sua cidade. O quadro é irreversível.

Bita do Barão está em coma e, segundo  o vice coordenador do Centro Nacional de Africanidades  e Resistência Afrobrasileira, pai Rondinele Santos,  os médicos do hospital particular de Teresina não deram esperanças de melhoras para ele.

Na tarde de hoje o pai de santo foi levado em uma UTI Móvel para Codó (MA), onde receberá visitas. “Os médicos avisaram para família que não tem mais jeito e que o quadro é irreversível”.

Uma estrutura de UTI já foi montada na casa de Bita. Caravanas de terreiros estão se mobilizando em todo o país para ir até Codó visitar o pai de santo.

 

Ex-presidente do Peru se suicida após ordem de prisão no caso Odebrecht

Alan Garcia preferiu se matar a ser preso


O ex-presidente do Peru Alan García morreu nesta manhã depois de ter atirado contra a própria cabeça ao receber ordem de prisão da polícia. A informação foi confirmada pelo atual mandatário do país, Martín Vizcarra. “Consternado com o falecimento do ex-presidente Alan García. Envio minhas condolências a sua família e entes queridos”, escreveu.

García era alvo de um pedido de prisão temporária, por dez dias. O ex-presidente era investigado por supostamente ter recebido propina da construtora Odebrecht, segundo o jornal peruano El Comercio.

Ainda de acordo com o jornal El Comercio, a polícia chegou à casa dele, em Lima, às 6h25 (horário local). Ao ser avisado da prisão, García pediu para falar com seus advogados. Em seguida, os policiais ouviram o disparo, encontraram o ex-presidente ferido e o levaram para o hospital.

Luis Camacho/Xinhua
Simpatizantes de Alan García lamentam a morte do ex-presidente em frente ao hospital Casimiro UlloaImagem: Luis Camacho/Xinhua

García foi presidente da nação entre 1985 e 1990 e novamente de 2006 a 2011. Como outros membros do alto escalão da América do Sul, ele foi envolvido no escândalo da Odebrecht e estava sob investigação por suspeita de recebimento de suborno da gigante de construção brasileira. Ele negava irregularidades.

“Como nenhum documento me menciona e nenhum indício nem evidência me inclui, resta a eles a especulação ou inventar intermediários. Jamais me vendi e está provado”, publicou García no Twitter na manhã de ontem.

  Contratações ilegais -Prefeita e Câmara de Cajari continuam desrespeitando o MP e enganando o povo

A toque de caixa, a Câmara de Vereadores de Cajari aprovou, na sessão de última sexta-feira (12), projeto enviado pela prefeita Camyla Jansen, para contratação de mais 100 servidores precarizados, à guisa de situação emergencial, num total desrespeito ao Ministério Público, com o único objetivo de captar votos para as eleições do próximo ano, quando elaq tentará se reeleger.

Enquanto isso, centenas de excedentes do concurso público realizado pela prefeitura jamais foram pelo menos cogitados para serem chamados.

Esses contratos estão sendo oferecidos pra qualquer pessoa nos povoados não para suprir alguma necessidade de vaga emergencial mas para segurar famílias em troco de voto.

Caberia aí ao Ministério Público requisitar as folhas de pagamento dos últimos dois anos à prefeitura e requisitar ao Banco do Brasil onde a prefeitura tem conta dos valores descreditadas nesse mesmo período.

O Ministério Público também precisa abrir investigação sobre o Cajari/ Previ , instituto criado para burlar o INSS .

Só que os descontos são feitos dos servidores mas suspeitam que não estão sendo creditados na conta do fundo. Seria importante ainda que o Ministério Público requisitasse a relação de servidores e os valores globais dos descontos e também requisitar o extrato da conta desse fundo junto ao Banco para verificar a discrepância e saber também quem são os diretores desse fundo , a que título foram nomeados , e a lei que criou tal fundo. É simples assim.

Também é importante que o MP requisite a relação de professores do colégio Cireneu Abreu, porque aí  que vai verificar o número de pessoas que recebem como professores ou atividades de educação e na verdade nunca estiveram  em sala de aula nessa ou em qualquer  outra escola.

Vereadores ligados à prefeita andam nos povoados prometendo contratos no valor de R$ 300,00 para pessoas simplesmente declararem apoio a eles. Tem funcionário concursado morando em  Viana com lotação no povoado Enseada Grande, mas não aparece lá. Quem o substitui é uma outra pessoa, que no final do mês ganha 300,00. Basta o Promotor verificar todas essas situações que vai constatar a veracidade e com certeza adotará  as providências necessárias.

Não faz um mês que aprovaram 40 vagas e contrataram 300 pessoas.

Agora aprovaram 100 vagas e sabe lá quantos vão contratar, ao custo de 300,00.

A população deve ficar vigilante a isso, e principalmente o Mistério Público. A ex-prefeita Lidiane  Leite, de Bom Jardim, foi presa e condenada várias vezes, e anda com tornozeleira eletrônica, por muito  menos do que isso. E AGORA, MP?

A sessão foi realizada segunda feira as 9 horas da manhã fora do horário regimental, sendo que teve vereador que não recebeu qualquer convocação nesse sentido. Em Cajari, a Câmara Municipal realiza sessões apenas às sextas-feiras,  às 19 horas).

A pedido de Gil Cutrim, CCJ aprova PEC que autoriza Bancadas à repassar recursos aos municípios

Membro efetivo da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara Federal, o pedetista conseguiu que o colegiado aprovasse, esta semana, Proposta de Emenda à Constituição nº 34/19, que oferece ao Poder Legislativo a capacidade de repassar recursos para as bases estaduais, através de suas Bancadas, sem qualquer impedimento do Executivo.

A votação e posterior aprovação da PEC só foram possíveis graças ao trabalho de Cutrim, que solicitou inversão de pauta e colocou a matéria como foco principal das discussões.

“O compromisso de fortalecer o país com estados e municípios cada vez mais autônomos ganhou mais um importante componente com a aprovação, na CCJ, da PEC do Orçamento impositivo”, comemorou o parlamentar maranhense, que governou, por dois mandatos, o município de São José de Ribamar, além de ter presidido, também em duas oportunidades, a Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem).

Previdência – Ontem (16), durante a discussão da PEC da Previdência na CCJ, o parlamentar foi enfático em seu depoimento quando cobrou dos colegas atenção ao real objetivo da existência do colegiado, no momento.

“Não podemos tirar a responsabilidade desta comissão e transferi-la para outra especial que irá tratar sobre o mérito dela. Nada que começa errado tem a tendência de dar certo”, disse.

Gil acredita que resolver a questão previdenciária é uma urgência clara do país. Porém, segundo o deputado, é fundamental propor alterações que não confrontem direitos adquiridos pelos mais necessitados.

“São duras regras que querem impor ao trabalhador brasileiro, às pessoas em situação de vulnerabilidade e que necessitam de benefícios de assistência social”, diz. “É contra isso que me posiciono”, acrescentou.

A CCJ da Câmara dos Deputados voltará a discutir sobre a proposta de reforma da Previdência apresentada pelo Governo Federal.

A estimativa é de que a matéria seja votada já na semana que vem, mas as discussões sobre o tema devem ocorrer nesta véspera de feriado e, caso seja necessário, prosseguirão na próxima segunda-feira (22).

 

 

Othelino mobiliza bancada maranhense e entrega Carta de São Luís aos presidentes do Senado e Câmara

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão e do Colegiado do ParlaNordeste, deputado Othelino Neto (PC do B), entregou, oficialmente, nesta terça-feira (16), em Brasília (DF), a Carta de São Luís – com o posicionamento do grupo quanto ao Consórcio Nordeste, Reforma da Previdência, Pacto Federativo e Fortalecimento dos Órgãos Regionais de Desenvolvimento – aos presidentes da Câmara e do Senado, respectivamente deputado federal Rodrigo Maia (DEM/RJ) e senador Davi Alcolumbre (DEM/AP).

As propostas de redução do Benefício de Prestação Continuada (BPC), alteração nas regras da aposentadoria rural e possível fusão do Banco do Nordeste (BNB) ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) são alguns dos itens que mais têm preocupado a região nordestina. “Somos a favor da Reforma da Previdência, mas contrários a esses pontos, que, certamente, prejudicariam muito o Brasil, em especial o Nordeste”, esclareceu Othelino Neto.

No Senado, o presidente Davi Alcolumbre parabenizou a manifestação dos presidentes nordestinos e garantiu que levará o tema ao conhecimento dos demais senadores. “Saiam certos de que estamos comprometidos com esta causa a favor do Brasil e das regiões que mais precisam de nossa atuação política”, destacando ainda a importância da permanência do BNB que, segundo ele, estende-se ao Banco da Amazônia e instituições, como a Codevasf, essenciais para o desenvolvimento do país.

Na Câmara, Rodrigo Maia disse que itens como alteração na aposentadoria de trabalhadores rurais e redução do BPC serão retirados da proposta de Reforma. “Independente de partido já estamos começando a construir soluções de recuperação de investimentos para todos os estados brasileiros”, enfatizou.

Apesar do encontro positivo, tanto no Senado quanto na Câmara Federal, o deputado Othelino afirmou que é preciso estar atento aos desdobramentos dessas importantes pautas de interesse do Nordeste. “Tivemos sinalizações objetivas do presidente do Senado no sentido de atender nossas demandas sobre Previdência e a possível fusão do BNB ao BNDES. E o presidente da Câmara nos disse que esses itens reivindicados da Reforma já são consenso do Congresso para que sejam aprovados. Neste sentido, voltamos para nossos estados mais tranquilos, mas sempre mobilizados a lutar pelas bandeiras de interesse do Nordeste”, afirmou.

Na entrega da Carta de São Luís, Othelino Neto, que também é o presidente do Colegiado do ParlaNordeste 2019, estava acompanhado de outros presidentes de Assembleias Legislativas do Nordeste, Themístocles Filho (Piauí), Luciano Bispo (Sergipe), Nelson Leal (Bahia) e Daniel Oliveira (representando José Sarto do Ceará), deputados estaduais Rafael Leitoa, Dr. Yglésio, Ciro Neto e Felipe dos Pneus, além dos deputados federais maranhenses, Juscelino Filho, Gil Cutrim, Edilázio Jr., Josimar Maranhãozinho, Zé Carlos e André Fufuca.

O documento entregue é culminância do 3º Encontro de Presidentes de Assembleias do Nordeste, realizado em São Luís. Outro desdobramento do ParlaNordeste é a instalação da Frente Nacional em Defesa do BNB, ocorrida no mês de março, na Assembleia Legislativa do Estado do Ceará.

Avaliação Positiva

“Quero parabenizar Othelino pelo grande trabalho realizado com pouco tempo à frente do Colegiado, fazendo duas importantes reuniões. Certamente essa troca de experiência com o Senado e a Câmara será uma constante na nossa vida e do povo nordestino”, destacou Nelson Leal, presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, anunciando o próximo encontro do ParlaNordeste, para o dia 7 de junho, em Salvador. “Novas propostas e debates irão surgir”, garantiu.

“O presidente Othelino está de parabéns pela iniciativa, inclusive incluindo os demais deputados estaduais do Maranhão na discussão, tendo em vista que estamos na base, conversando com a população sobre os principais anseios da Reforma da Previdência e atuando na defesa da manutenção e valorização de entidades como BNB e outras estruturas governamentais que ajudam a desenvolver a região”, ressaltou Rafael Leitoa.

Juscelino Filho, coordenador da Bancada Federal Maranhense, também reconheceu a grande representatividade do deputado Othelino Neto. “O presidente da Assembleia do Maranhão mostra sua força conduzindo o ParlaNordeste e já apresentando resultados positivos ao povo nordestino”.

Flávio Dino troca o comando da PM: Sai Luongo e entra Ismael Fonseca

Coronel Fonseca, novo comandante da PM 

O governador Flávio Dino decidiu, nesta terça-feira (16), trocar o comando da Polícia Militar. Sai o coronel Luongo e entra o coronel Ismael Fonseca, comandante do CTA-Comando Tático Aéreo.

Os motivos da mudança não foram revelados e o novo comandante irá tomar posse na terça-feira da próxima semana.

 

Osmar Filho institui calendário anual de pagamento dos servidores da Câmara

O presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho (PDT), continua implementando ações que visam valorizar os servidores da Casa, zelando, ainda, pela transparência com os gastos públicos.

O pedetista instituiu o calendário anual de pagamento do funcionalismo do Parlamento Municipal, uma iniciativa pioneira.

O servidor, a partir de agora, sabe o dia exato no qual receberá, mensalmente, o seu salário, além do 13º salário, cujo pagamento será efetuado em dezembro.

Neste mês de abril, por exemplo, o pagamento dos salários será efetuado na próxima quinta-feira, dia 25.

A criação do calendário anual de pagamento, além de valorizar o funcionalismo, contribui para que os servidores públicos possam gerir melhor suas contas, contribuindo, ainda, com o aquecimento da economia local.

“Os servidores são fundamentais na boa prestação de serviço, por parte da Câmara, à população. Valorizá-los significa investir e continuar valorizando o Parlamento de São Luís”, disse o presidente.

Qualificação – No mês de fevereiro, Osmar Filho assinou convênio com a Faculdade Estácio para a qualificação dos servidores da Câmara – efetivos e comissionados — que estão sendo beneficiados com desconto de até 50% nas mensalidades dos cursos de graduação, pós-graduação e educação à distância oferecidos pela instituição de ensino superior.

Foi a primeira vez na história da Câmara Municipal de São Luís – que comemora, este ano, 400 anos de atividades – que uma gestão da Mesa Diretora oferece aos servidores a oportunidade de qualificação.

Calendário de pagamento dos servidores da Câmara Municipal de São Luís:

Abril – dia 25

Maio – 27

Junho – 25

Julho – 25

Agosto – 26

Setembro – 25

Outubro – 25

Novembro – 25

Dezembro – 23

13º Salário – 20 de dezembro

Equipe da AGED apreende 15 toneladas de peixe estragado no posto da Estiva

Uma equipe da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED), apreendeu, na manhã desta segunda-feira (15), no posto da Estiva, um caminhão baú com 15 toneladas de peixe estragado. O veículo as 15 t de palombeta oriundo de Barra velha SC, com destino a capital maranhense.  Antes, o veículo, foi parado no posto fixo de Estreito, no sul do Estado.

Ali foi constatado que a temperatura do produto estava fora dos padrões aceitáveis, o que compromete a integridade do alimento. De imediato foi feito uma inspeção, onde ficou constatado que o pescado viria ser beneficiado São Luís, sendo que a empresa para onde se destinava a mercadoria, a Atlântica Pescado, de registro no sim 034) está com suas atividades suspensa.

Ainda em Estreito foi aplicada uma multa e o motorista orientado a retornar ao local a origem.  Mas o mesmo consegui burlar a fiscalização e adentrou no estado, chegando sem mais problemas a São Luís e foi parado no posto da Estiva, aonde os fiscais da AGED José Mariano e Ediana Gomes, verificaram que o veículo já havia sido multado e o mesmo não poderia ter entrado no Estado. Ao receber o plantão logo pela manhã, os fiscais  Pedro Gualter e José de Ribamar  aplicaram nova multa e emitiram um termo de apreensão e destruição do pescado que se encontra impróprio para o consumo. A carga foi encaminhada para ser incinerada em Rosário.

Uma equipe da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED), apreendeu, na manhã desta segunda-feira (15), no posto da Estiva, um caminhão baú com 15 toneladas de peixe estragado. O veículo as 15 t de palombeta oriundo de Barra velha SC, com destino a capital maranhense.  Antes, o veículo, foi parado no posto fixo de Estreito, no sul do Estado.

Ali foi constatado que a temperatura do produto estava fora dos padrões aceitáveis, o que compromete a integridade do alimento. De imediato foi feito uma inspeção, onde ficou constatado que o pescado viria ser beneficiado São Luís, sendo que a empresa para onde se destinava a mercadoria, a Atlântica Pescado, de registro no sim 034) está com suas atividades suspensa.

Ainda em Estreito foi aplicada uma multa e o motorista orientado a retornar ao local a origem.  Mas o mesmo consegui burlar a fiscalização e adentrou no estado, chegando sem mais problemas a São Luís e foi parado no posto da Estiva, aonde os fiscais da AGED José Mariano e Ediana Gomes, verificaram que o veículo já havia sido multado e o mesmo não poderia ter entrado no Estado. Ao receber o plantão logo pela manhã, os fiscais  Pedro Gualter e José de Ribamar  aplicaram nova multa e emitiram um termo de apreensão e destruição do pescado que se encontra impróprio para o consumo. A carga foi encaminhada para ser incinerada em Rosário.

 

 

Pai desmaia ao ver parto e mãe cai na risada 

(UOL)

Às 15h de quinta-feira (11) Duileu Edmilson Couto, 32, recebeu uma ligação inesperada. Era sua mulher, Mariana Reiser, 39, avisando que estava em trabalho de parto. Foi um susto porque o casal estava com cesárea marcada para oito dias depois.

Quando chegaram na Maternidade Santa Luíza, em Balneário Camboriú (SC), Mariana já estava com duas contrações longas a cada dez minutos. Era a hora de Bernardo nascer e sua obstetra ainda estava presa no trânsito.

“Essa parto foi muito diferente do (parto) da Sofia [3 anos], nossa primeira filha. Foi tudo rápido e com muita adrenalina”, conta Duileu.

Assim que a médica chegou na maternidade, Mariana foi encaminhada para sala de parto e optou por cesárea.

“Enquanto faziam meu parto, ele me tranquilizou. Ficou segurando minha mão, me transmitindo calma, mas foi só o Bernardo nascer que ele mudou de cor, ficou branco”, recorda Mariana.

Duileu ficou assustado porque Bernardo não chorou.

Ele nasceu muito roxo, não chorava e estava com as vias respiratórias entupidas de líquido amniótico. Então puseram uns caninhos para fazer sucção. A Mariana me perguntou ‘tás bem?’, só consegui dizer que não e desmaiei

Duileu Edmilson Couto

Foi nesse momento que a fotógrafa Bruna Costa registrou a cena que viralizou na internet. “A Mariana estava gargalhando e pediu para eu fotografar. Já presenciei outros desmaios de pais nos partos, mas normalmente as famílias não querem guardar esse registro, mas eles levaram numa boa”, diz.

Os pais acreditam que essa será uma recordação divertida da família e estão guardando todas as notícias publicadas sobre o assunto. Quando Diulei acordou do desmaio, ele estava sendo abanado pelo anestesista, Bernando estava finalmente chorando e toda sala de parto rindo. E havia passado apenas quatro horas desde o telefonema de Mariana indicando que o bebê estava para nascer.

 

Othelino Neto participa de seminário sobre o uso comercial do Centro de Lançamento de Alcântara

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado estadual Othelino Neto (PCdoB), participou, nesta segunda-feira (15), do seminário “Base de Alcântara: Próximos Passos”, promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti). Na ocasião, o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, apresentou os termos do Acordo de Salvaguardas Tecnológicas, assinado recentemente entre Brasil e Estados Unidos, e explicou pontos sobre o uso comercial do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) previsto pela parceria.

O seminário teve como objetivo discutir a temática espacial no Maranhão a partir de três eixos: geopolítica, desenvolvimento regional e o papel da academia. O evento contou com a participação de representantes de instituições de ensino superior, pesquisadores, estudantes, além de deputados federais e estaduais, senadores, secretários de Estado e Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

Othelino Neto destacou que o diálogo foi importante, uma vez que o ministro Marcos Pontes teve a oportunidade de esclarecer aspectos fundamentais do acordo. O presidente da Alema também informou que, no mês de maio, será realizada uma audiência pública na Assembleia Legislativa, para ampliar o debate sobre o uso comercial do CLA e os efeitos que serão gerados à população local e ao município.

“É um diálogo importante, onde o ministro esclareceu alguns aspectos do Acordo de Salvaguardas Tecnológicas, principalmente, no que diz respeito à soberania, explicando alguns detalhes importantes, como a garantia de investimentos na cidade de Alcântara. Teremos uma audiência pública na Assembleia Legislativa, onde já garantiram a participação representantes do Ministério, e teremos outros momentos importantes, para que a população do Maranhão e a população de Alcântara se sinta à vontade com essa nova fase do Centro de Lançamento”, afirmou.

Diálogo

O governador Flávio Dino destacou que o diálogo entre a União, o Estado e o Município possibilita encontrar os melhores termos para que o uso comercial do CLA possa produzir resultados positivos, mas sempre com atenção à temática social e ambiental. “Nós, como Governo do Estado, temos todo o interesse de fazer com que seja possível viabilizar essa exploração comercial, com resultados positivos para a população maranhense, especialmente, para a população de Alcântara. Nós consideramos que a base deve ser, sobretudo, um vetor de desenvolvimento regional e nacional”, disse.

Flávio Dino reiterou, ainda, que há uma convergência em relação a essa visão de desenvolvimento e, por isso, o Governo do Estado está à disposição para contribuir para que o investimento nacional possa bons produzir resultados. “Nós consideramos que a exploração comercial é necessária, é bem-vinda, e temos que ter a abertura para considerar que, além dos Estados Unidos, outros países e empresas privadas podem ter interesse em Alcântara”, frisou.

Efetivação do acordo

O Acordo de Salvaguardas Tecnológicas ainda precisa ser aprovado pelo Congresso Nacional para que passe a valer efetivamente. O ministro Marcos Pontes pontuou que a aprovação é o primeiro passo do processo, para que, em seguida, seja dado o segundo passo, que é o diálogo com as comunidades e o ajuste da estrutura local, com atenção à preservação ambiental, para a elaboração de um plano de desenvolvimento do CLA, acoplado ao desenvolvimento econômico e social da região.

“O Acordo de Salvaguardas Tecnológicas assinado com os Estados Unidos é o primeiro de uma série que temos que assinar com outros países, como o Japão, detentores de tecnologias que são embarcadas em foguetes e satélites, de forma que nós possamos viabilizar a utilização comercial do Centro de Lançamento de Alcântara. É importante ressaltar que a utilização é comercial, não é uma utilização militar. A ideia é o uso pacífico do espaço para lançamento de foguetes e satélites de vários países, com a finalidade civil e isso vai trazer não só o desenvolvimento do Centro, mas de todo o entorno”, assinalou.

O ministro também ressaltou que, para que o CLA seja atrativo comercialmente, é importante que haja participação direta da comunidade, com melhoria da cidade de Alcântara e das comunidades ao entorno. “É uma área que tem uma beleza muito grande. Então, o turismo também é muito importante nesse contexto, a preservação histórica, a preservação cultural. Tudo isso contribui com essa ideia de ser um centro que seja sucesso comercial”.

O prefeito de Alcântara, Anderson Wilker, afirmou que, há décadas, Alcântara aguarda o funcionamento efetivo do CLA, trazendo melhorias à vida da população alcantarense. “O nosso grande receio é em relação ao deslocamento de comunidades ao entorno do Centro de Lançamento. No domingo, o ministro teve a oportunidade de visitar o CLA e nos disse que a estrutura que tem, hoje, já é suficiente para a implantação e início dos trabalhos de lançamento. O que nos deixa tranquilos e esperançosos de que, realmente, o Centro de Lançamento de Alcântara melhore a vida do cidadão alcantarense, faça parte da vida do cidadão alcantarense e resgate a confiança da população, que ficou lá atrás com outros acordos que não foram cumpridos”, destacou.