Astro de Ogum faz visita de cortesia ao comandante geral da PM

O vereador Astro de Ogum(PL), vice presidente da Câmara Municipal de São Luís – esteve na tarde desta terça feira(16), fazendo uma visita de cortesia ao comandante geral da Polícia Militar do Maranhão- coronel Ismael Souza  e o sub-comandante-cel. Pedro Ribeiro.

Na oportunidade, além de alinhar os detalhes para realização de um painel na Câmara Municipal sobre abordagem policial, que será proposto pelo parlamentar, a visita também serviu para Astro de Ogum agradecer o apoio dado pelo

Comando da PM, em tocante ao policiamento, nos arraias Pertinho de Você, na Cohama e Helena Leite, na Vila Palmeira.

Prefeito Tema lamenta morte do amigo Nilton Lima, ex-prefeito de Anajatuba

O prefeito de Tuntum, Cleomar Tema, emitiu nota de pesar pelo falecimento do amigo, o médico Nilton Lima, ex-prefeito da cidade de Anajatuba, ocorrida na noite desta quarta-feira (17), no Hospital UDI, em São Luís. De acordo com Cleomar Tema, os caminhos entre ele e Nilton Lima se cruzaram tanto na Medicina como no municipalismo.

“Não apenas Anajatuba, mas o Maranhão inteiro perde uma grande liderança, um destacado municipalista. Foi um excelente prefeito, que administrou de forma correta e competente o seu município, em dois mandatos, de 2005 a 2008 e de 2009 a 2012. Foi meu companheiro de chapa na Federação dos Municípios do Estado do Maranhão. Travamos muitas batalhas lado a lado. Foi um político vencedor, que perdeu sua última luta contra o câncer, disse Tema, afirmando ter lamentado profundamente a morte do colega.

Daniella Tema vai a Brasília em busca de Agencia do Banco do Brasil de Dom Pedro

(Pedro Jorge)

A deputada estadual Daniella Tema , esteve nesta quarta-feira (17), ao lado do deputado federal Aluísio Mendes e o vereador Fábio Amâncio de Dom Pedro, em audiência na Superintendência do Banco do Brasil, com a diretoria executiva, Stella Matos, Neudson Freitas, Mário Praça, José de Meira, Dalton Spadotto.

Na ocasião, foram tratados assuntos relativos  à retomada dos serviços da agência do Banco do Brasil no município de Dom Pedro. Ao final da reunião o gerente geral do Banco do Brasil, Neudson Freitas, garantiu a reforma e ampliação da agência, ação prevista para o próximo ano e a retomada dos serviços já para o próximo mês de agosto através da instalação de uma loja Mais BB, para atender os clientes com mais comodidade e eficiência.

Operação prende empresários da região de Balsas por sonegação de R$ 70 milhões

 

Por G1 Maranhão

A Operação Créditos Ilusórios foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (18) para cumprir 23 mandados de prisão temporária (por cinco dias) e 32 mandados de busca e apreensão no Maranhão, Piauí, Tocantins e Ceará por crimes contra os cofres públicos do Maranhão, que deram prejuízo de cerca de R$ 70 milhões, de acordo com a investigação policial.

Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara Criminal de São Luís após investigação do 1º Departamento de Combate à Corrupção (DECCOR). Participaram também das investigações o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO) do Ministério Público do Maranhão. Os crimes investigados são de organização criminosa, lavagem de dinheiro e sonegação fiscal. A busca e apreensão foi executada nas cidades de Balsas e Riachão, no Maranhão, Araguaína-TO, Floriano-PI e Fortaleza-CE.

As ações ilícitas aconteceram de 2015 a 2017 e foram identificadas pela Secretaria de Estado de Fazenda. Segundo o apurado pelas autoridades, os criminosos utilizavam empresas de fachada ou fantasmas para emitir notas fiscais frias em operações de compra e venda de grãos, que movimentava milhões. O resultado desta prática era a geração de créditos tributários fraudulentos, que eram utilizados depois em operações comerciais reais. Assim, o recolhimento de valores referentes ao ICMS ficavam comprometidos.

Segundo apurado na investigação, os maiores beneficiários do esquema foram Shirlenylson Barbosa Ribeiro e Cleyton da Silva Toledo. Estes já estão presos no Tocantins por crimes parecidos. Foram beneficiados ainda Elton Félix Barroso de Araújo, que responde pela empresa Máxima Corretora; Rogério de Holanda Soares, João Miguel Geleilate, Surama Geleilate e Emílio Geleilate, que respondem por empresas com sede em Fortaleza Corregel Corregel Correrora Geleilate Ltda., Geleilate e Corretora de Agronegócios Ltda. e Geleilate Agronegócios e Logística Ltda.

 

 

Othelino Neto emite nota de pesar pela morte do ex-prefeito de Anajatuba

Com profundo pesar, a Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão lamenta a morte do ex-prefeito de Anajatuba, o médico Nilton da Silva Lima Filho.

O Dr. Nilton desempenhou importante papel ao longo de décadas em Anajatuba, consagrando-se como uma importante liderança política e popular.

Nilton da Silva Lima Filho nasceu em 12/05/1955 no município de Arari. Foi prefeito do município de Anajatuba por dois mandatos, eleito em 2004 e reeleito em 2008, onde ficou até 2012; além de, também, ter atuado como médico em toda a região.

Nesse momento de dor, a Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão solidariza-se com familiares e amigos do Dr Nilton, rogando a Deus, em sua misericórdia infinita, que dê o conforto espiritual necessário aos entes queridos.

São Luís, 17 de julho de 2019.

Deputado Othelino Neto

Presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão

 

Morre em São Luis, Nilton Lima, ex-prefeito de Anajatuba

Aos 64 anos, faleceu na noite desta quarta-feira, no Hospital UDI, o médico e ex-prefeito de Anajatuba, Nilton Lima. Nascido em Arari, em 1955, Nilton Lima fez carreira na medicina e na política em Anajatuba, onde foi eleito duas vezes prefeito.

Lutava há tempos contra um câncer de pâncreas. Por conta disso, o prefeito daquela cidade, Sidney Pereira cancelou toda a programação festiva pelo aniversário do município, que é comemorado neste sábado (21). Nilton Lima era muito querido em Anajatuba.

Cinco empresários são condenados em São Luis pela Justiça por sonegação de imposto

A Justiça condenou cinco proprietários de duas empresas de São Luís por sonegação fiscal em duas decisões judiciais distintas. As são de março e maio deste ano, mas a Promotoria de Justiça da Ordem Tributária e Econômica do Ministério Público só foi informada na última terça-feira (16).

Na primeira decisão, os réus Demócrito da Silva e Soraia Pinheiro Fialho, à época proprietários da empresa Caves Du Vin, foram condenados ao pagamento de R$ 974.519,09 mil. O valor é resultado do montante de R$ 485.705,14, sonegado entre os anos de 2006 a 2011, com atualização monetária.

A fraude era feita pela omissão das operações de entrada e saída nos livros fiscais da empresa, resultando na sonegação de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) devido ao Estado do Maranhão. Além disso, Demócrito foi condenado a quatro anos de reclusão e pagamento de 200 dias-multa enquanto Soraia recebeu pena de dois anos e oito meses de reclusão e 100 dias-multa.

“Não resta dúvida, portanto, de que a sonegação fiscal resultou de ato voluntário e consciente dos denunciados que administravam a empresa, dividiam as tarefas e, no fim do mês, repartiam entre si os lucros auferidos, inclusive a parte referente ao ICMS suprimido”, afirmou, na Denúncia, o promotor de justiça Abel José Rodrigues Neto, em maio de 2013.

Fraude no João Paulo

A segunda decisão é resultado de auditoria fiscal na empresa J L C dos Santos, no bairro do João Paulo, resultando na condenação de Ronan Lima Ferreira, José Maria Machado Martins e Edeilton Moreira Silva. Foi constatado que os réus omitiram operações nos livros de registro de entrada de mercadorias, prestaram informações falsas às autoridades fazendárias e deixaram de recolher o ICMS.

Durante a investigação policial, foi comprovado que a empresa pertencia a Ronan Lima Ferreira e ao sogro dele José Maria Machado Martins. Porém, eles contrataram o contador Edeilson Silva para utilizar o nome do estivador Jorge Luís Coelho dos Santos, sem o conhecimento dele, para constituir a empresa e promover a fraude fiscal.

Foram lavrados quatro autos de infrações referentes aos exercícios de 2003 a 2004 totalizando o valor de R$ 871.964,47. O débito atualizado é de R$ 1.803.948,06.

O falso proprietário da empresa, Jorge Luís Coelho dos Santos, esclareceu que trabalha como estivador para vários comerciantes do bairro João Paulo e perdeu os documentos pessoais. O extravio dos documentos foi registrado no distrito policial. “Conclui-se, pois, que Jorge Luís foi usado como ‘laranja’ pelos denunciados, com o objetivo de suprimirem ICMS do Estado do Maranhão”, afirmou, na Denúncia, o titular da Promotoria de Justiça da Ordem Tributária e Econômica, José Osmar Alves. A denúncia foi feita em fevereiro de 2011.

A juíza Oriana Gomes condenou José Maria Martins e Ronan Ferreira ao pagamento de R$ 1.803.948,06 referente à reparação do dano causado aos cofres públicos estaduais.

Além disso, os dois foram condenados a cinco anos de reclusão e três anos e seis meses de detenção e pagamento de 300 dias-multa. Já Edeilton Silva foi condenado a quatro anos de detenção e pagamento de 100 dias-multa.

A pena privativa de liberdade de reclusão deverá ser cumprida em regime inicialmente fechado no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, enquanto a de detenção em regime semiaberto.

 

Gil Cutrim posiciona-se sobre decisão da Executiva do PDT

O deputado federal Gil Cutrim divulgou nesta tarde nota na qual se posiciona oficialmente sobre decisão da Executiva Nacional do PDT, seu partido, que afastou oito parlamentares da legenda que votaram a favor da Reforma Previdência. 
Abaixo, leia o comunicado: 
“Acato essa decisão temporária do PDT com a consciência limpa. Só me posicionarei após o parecer do Conselho de Ética, que deve sair em um prazo de dois meses. Durante esse tempo, vamos continuar o nosso trabalho e projetando o melhor para os assuntos legislativos do País. Nossa vida não pára!”.

Prefeitura de São Luís convoca aprovados em concurso para a área da educação

A Prefeitura de São Luís autorizou a convocação de 64 aprovados no concurso público realizado para a área da educação. O anúncio foi feito no fim da tarde desta terça-feira (16) pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior, por meio de uma rede social.

De acordo com o prefeito, a lista com o nome dos convocados foi publicada no Diário Oficial que está disponível no site da Prefeitura de São Luís. O concurso público para professores na rede municipal de ensino foi realizado em 2017, e disponibilizou, 822 vagas em níveis médios e superiores além do cadastro de reserva.

O certame disponibilizou pela primeira vez, cargos de magistério em níveis superior e médio destinados a educação especial. Ainda de acordo com Edivaldo Holanda Júnior, somente em 2019 foram convocados 443 aprovados em concursos nas áreas de Educação, Fazenda e Assistência Social.

Mulher é assassinada a facadas por ex-namorado no Maranhão

Por G1 MA 

Uma mulher identificada como Jaqueline Rodrigues da Silva foi morta com um golpe de faca na madrugada de terça-feira (16) em Trizidela do Vale, a 282 km de São Luís. O crime aconteceu por volta das 4h, na rua São Joaquim, centro de Trizidela do Vale.

De acordo com a polícia, o principal suspeito é o seu ex-namorado reconhecido como Ivan da Silva Sousa, que inconformado com o fim do relacionamento começou a perseguir a vítima em uma motocicleta.

Ainda conforme a polícia, ela e o atual namorado ainda conseguiram fugir por várias ruas, mas ao chegar na Rua São Joaquim, o casal foi alcançado pelo suspeito. No local, Ivan da Silva desferiu uma facada na região das costas de Jaqueline. O golpe atingiu o baço da vítima, que foi socorrida e levada para o hospital de Trizidela do Vale. Em seguida ela foi encaminhada de ambulância para o hospital de Peritoró. Ao passar por procedimento cirúrgico, Jaqueline não resistiu ao ferimento e morreu.

Populares inconformados com o caso agrediram brutalmente o suspeito. Ivan da Silva também foi socorrido e levado para o Hospital Geral Municipal de Pedreiras, pois sofreu traumatismo craniano em virtude das agressões.

Após passar por atendimento médico, Ivan da Silva Sousa foi preso em flagrante e encaminhado para a Penitenciária de Pedreiras, a 245 km da capital