Lá como cá

 

Inquérito que investiga senador Wellington Dias no STF está parado desde o dia 12 de dezembro

O senador está sendo investigado por prevaricação. No mesmo inquérito figura como investigada por crimes contra a vida a ex-presidente da Engerpi, Lucile de Souza Moura e Luis Hernani de Carvalho.

O inquérito de nº 3363 foi autuado no dia 17 de novembro com 529 páginas procedente da Comarca de Cocal – Piauí. O processo foi enviado ao Supremo Tribunal Federal no dia 19 de outubro de 2011, através de decisão da Juíza da Comarca, Maria do Perpétuo Socorro F. de Vasconcelos, após parecer da Promotora de Justiça, Karla Daniela Furtado Maia Carvalho, que reconheceu a incompetência absoluta para julgar a ação.

 

O senador está sendo investigado por prevaricação. No mesmo inquérito figura como investigada por crimes contra a vida a ex-presidente da Engerpi, Lucile de Souza Moura e Luis Hernani de Carvalho. O processo é autoria do Ministério Público do Estado do Piauí.

Inquéritos no STF

Está desde 06 de junho com a Subprocuradora Geral da República, Cláudia Sampaio Marques, para parecer, o inquérito que investiga o senador Wellington Dias por peculato, art. 312, caput e § 1º do Código Penal.

A pena prevista para o crime é reclusão de 02 a 12 anos, e multa. O Inquérito de nº 3196 tramita no Supremo Tribunal Federal, o relator é o ministro Luis Fux.

A investigação teve início através de um Inquérito instaurado na Polícia Federal, no Piauí, em 2007 para investigar possíveis irregularidades na contratação da obras do metrô de Teresina.

O Senador Wellington Dias é alvo de outra investigação no STF. O inquérito 2625 é oriundo de Mato Grosso, possui 04 volumes e 04 apensos no total de 917 páginas. Pesa sobre o senador a acusação de corrupção ativa e formação de quadrilha ou bando. O Deputado Federal Nazareno Fonteles e o Deputado Estadual Pastor Gessivaldo Isaías também são investigados. O inquérito tramita em segredo de justiça.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*