POLITICANDO

Secretário de Roseana diz que vitória
de Edivaldo ameaça o grupo Sarney
O secretário Joaquim Haickel (Esportes) disse, na noite de domingo (28), que a vitória de Edivaldo Holanda Júnior (PTC), apoiado pelo presidente da Embratur, Flávio Dino (PCdoB), na disputa pela Prefeitura de São Luís ameaça fortemente a hegemonia do grupo Sarney no Maranhão.
Ao comentar post do blogueiro Jorge Aragão do Sistema Mirante, de propriedade da família Sarney, que atribuía a vitória somente a Edivaldo Júnior na tentativa de reduzir a importância do apoio político dado pelo comunista, o secretário do governo Roseana afirmou que Edivaldo venceu por ser, segundo ele, um político ficha limpa, de bom caráter e representar a mudança. “A vitória de Edivaldo, com apoio de Flávio Dino, que almeja ser governador em 2014, ameaça fortemente o nosso grupo”, disse Haickel na rede social.
Empresário denunciado na
polícia por crime de racismo

Conforme Boletim de Ocorrência (B.O.) registrado na Polícia Civil do Maranhão, o proprietário do Royal Center, identificado apenas por Carlos, foi denunciado por prática de racismo.

A autora da denúncia é a funcionária do Jornal das Licitações (SINDETUR-MA), Claudiane Nogueira.

No B.O., ela diz ter sido chamada de “macaca”, “nigrinha” e que não deveria trabalhar no local. Ele tria dito que tinha “preto demais aqui no prédio”
Genoino deve receber uma
pena menor que a de Dirceu

Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) cogitam fixar uma pena menor para o ex-presidente do PT José Genoino em relação às punições que serão impostas aos outros réus do núcleo político: o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu e o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares.
Alguns integrantes da Corte já conversam sobre o assunto nos bastidores. O entendimento é o de que Genoino, embora tenha sido condenado pelos mesmos crimes no processo do mensalão, teve menor participação no esquema de compra de apoio político no Congresso do que os outros dois condenados por formação de quadrilha e corrupção ativa.
Boataria na eleição com a suposta
prisão de vereador e morte de Alcione
A eleição do último domingo, que sacramentou a vitória de Edivaldo Holanda Júnior em São Luís, foi extremamente tranqüila, espantando o fantasma da violência, prevista por conta do acirramento do embate nos últimos dias que antecederam ao pleito.
O problema foi a central de boataria instalado em vários pontos da cidade. O colunista estava se dirigindo para a Rádio Capital, às 7h30, quando um ouvinte liga para o celular dando conta da morte repentina da cantora Alcione Nazaré, a nossa Marrom.

Imediatamente liguei para um sobrinho da artista, que é militar e ele desmentiu na hora, destacando que Alcione estava gozando de plena saúde e com shows marcados para vários pontos do País. Por conta disso, iniciei a programação com canções da artista conterrânea. Por volta das 14 horas, outro telefonema, informando sobre a prisão do vereador Chaguinhas (PRP), pela Federal, por crime eleitoral. Ligo para p parlamentar e ele informa que estava na residência do colega de parlamento Nato. Peço que ele ligue para a emissora e ele entrou ao vivo, desmentindo a boataria.
DIRETAS
A coluna ficou sem ser editada durante a campanha, em função das múltiplas tarefas do jornalista. Voltaremos a partir de agora, com todas as informações possíveis.
&&&
Muito natural o clima de expectativa de quem teve ativa participação na campanha do candidato vencedor, quando o assunto é a montagem da equipe.
&&&
Todos os partidos aliados querem o seu naco de poder e é assim que funciona a política em qualquer lugar.
&&&
A refrega pelos melhores cargos sempre acontece, mas há de se lembrar que a prerrogativa das nomeações é do eleito, que não deve aceitar a tutela de ninguém.
&&&

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*