FAB e Bombeiros intensificam as buscas por advogado desaparecido

operaçãoi

A Força Aérea Brasileira (FAB) e o Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) intensificam neste sábado e domingo, as buscas pelo corpo do advogado José do Vale Filho, que desapareceu no dia 09 de fevereiro, a bordo do Ultraleve PU-VCL, pilotado por ele, que partiu da cidade de Arari.

O corpo de Júlio César Rodrigues Moraes, passageiro do ultraleve, foi encontrado no último dia 13, em área de mangue, região do município de Anajatuba.

A operação desde final de semana conta com um helicóptero, uma embarcação com sonar, mergulhadores e vários Jets. O Jeep Clube dará apoio na entrada e saída dos Jets com utilização de rádio frequência. A base de operações funcionará no Aras Castelo Branco.

O caso

José do Vale Filho Júlio César Rodrigues Moraes voltavam de um passeio no interior do estado em um avião anfíbio, quando, por volta das 16h do dia 09 de fevereiro, foram surpreendidos por uma forte chuva. Eles perderam todo tipo de contato. No início das buscas pelos dois advogados havia esperança que eles fossem encontrados com vida.

Durante as operações, as equipes de salvação e resgate conseguiram localizar algumas partes do ultraleve. A primeira peça foi o estabilizador horizontal (uma pequena parte da asa) da aeronave, onde os dois estavam, foi encontrado em uma área próxima à Estiva, na entrada da capital. No dia 10 de fevereiro, uma equipe da Força Aérea Brasileira (FAB), com apoio do CTA, conseguiu encontrar parte da cauda da aviação, entre Estiva e Bacabeira. No dia 12, foi localizado o trem de pouso dianteiro. Mais partes da aeronave foram encontradas no dia 14, em Igarapé Barreiros, na região da cidade de Anajatuba, local onde foi descoberto o corpo do advogado Júlio César.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.