Cafu é investigado por suposta ligação com o PCC

Um relatório da Polícia Civil de São Paulo indica registros de repasses de dinheiro feitos pelo PCC (Primeiro Comando da Capital) a Cafu. Com isso, o ex-jogador se torna alvo de uma investigação. A informação foi publicada pela revista “Veja”.

Os registros foram encontrados no celular de Décio Gouveia Luiz, o Décio Português, uma das principais lideranças do PCC. Antes de ser preso, ele era responsável pela contabilidade da organização.

Recentemente, Cafu perdeu seu filho mais velho. Danilo, de apenas 30 anos, sofreu uma parada cardíaca no início de setembro e não resistiu.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*