Presidente da Câmara de Cedral pede direito de resposta sobre pedido de seu afastamento do cargo

Arguindo direito de resposta, o presidente da Câmara Municipal de Cedral, vereador Maurício Reis encaminhou pedido de direito de resposta ao blogue, em função da postagem feita na edição desta quarta-feira (27), dando conta do pedido de afastamento dele do cargo, feita através de requerimento apresentado pelo vereador Judson, para que ele pudesse responder pelas acusações de irregularidades no município de Chapadinha, onde teve pedido indisponibilidade de bens solicitado pelo Ministério Público, por conta de lesão ao erário municipal, quando da contratação de empresa de construção de sua propriedade. Veja abaixo a resposta do vereador:

 

“Em respeito à população de Cedral do Maranhão, o Presidente da Câmara, Vereador Mauricio Reis (PROS), faz um esclarecimento sobre a informação falsa divulgada pela mídia e blogs.

Venho, por meio desta Nota Pública, repudiar veementemente a notícia publicada em um blog, que especula um possível afastamento da Câmara de Vereadores de Cedral, para responder por crime de corrupção. Esta informação não procede.

Há de ressaltar que a declaração de afastamento do vereador Mauricio da presidência da Câmara é inverídica e especulativa. Ainda, no que se refere ao procedimento que tramita na comarca de Chapadinha está eivado de vícios e não há nenhuma prova do que foi suscitado pelo blog. Tanto que o magistrado Dr Cristiano Simas de Sousa Juiz titular da 1° vara de Chapadina, não só negou o pedido liminar do MP, como se manifestou quanto a forma intempestiva e fora de âmbito da aludida ação, vejamos:

(…) Ademais, a alegada lesão ao patrimônio que teria sido patrocinada pelos requeridos, ocorrera no distante ano de 2012 e somente em 2015 é que a presente ação fora interposta no âmbito desta vara. Aqui não se busca criticar o trabalho levado a efeito pelo nobre representante ministerial, já assoberbado pelas atribuições que lhe são inerentes. Apenas releve tal fato para ilustrar a dificuldade de se deferir medida de tamanha dramaticidade sem que se tenha a devida apuração dos fatos, estes no âmbito da dialeticidade processual, com as garantias que lhes são próprias. (…) Em sendo assim, indeciso o pleito liminar de indisponibilidade dos bens e quebra de sigilo bancário e fiscal dos requeridos.

Defendo a liberdade de expressão, mas não posso aceitar que notícias levianas prosperem ou fiquem sem resposta. Com a verdade e o trabalho, venceremos em todas as oportunidades.

Diante dos esclarecimentos, o vereador Mauricio Reis agradece pela compreensão e está disponível para qualquer informações sobre seu mandato, que é pertencente ao povo de Cedral.

Cedral, 27 de Novembro de 2019.

Maurício Reis Louseiro Silva

Presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Cedral”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*