Timbiras- Instituto EXATA desmonta tentativa de desqualificar liderança de Antonio Borba

O diretor-presidente do Instituto de Pesquisa EXATA, Lino Emiliano Praseres da Silva, emitiu nota em que desmonta a tentativa de alguns blogueiros  de desqualificar  pesquisa feita em Timbiras, que apontou a liderança do atual prefeito Antonio Borba, que chega a 51% das intenções de votos, contra 18% de João dos Plásticos, 15% da Doutora Ana, 6% de Carlinhos Borba e apenas 1% de Manoel Rocha, enquanto 7% não responderam sobre em quem votar. O levantamento também apontou 2% de votos brancos e nulos. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número MA-03821/2020.
A pesquisa também apontou 62% de aprovação da administração do gestor municipal. Nesse levantamento, o prefeito Antônio Borba disputa a reeleição com 62% de aprovação, enquanto o governador Flávio Dino tem um índice de 58% de aprovação naquela cidade.
Adversários acionaram uma rede de mentiras, via alguns blogueiros, que tentaram distorcer os fatos e desqualificar aa pesquisa. Por conta disso, Lino Emiliano emitiu a nota a seguir.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A empresa PESQUISA EXATA POLITICA & MERCADO é uma empresa com quase 30 anos de atuação no mercado, conhecida por todo o estado do Maranhão e que desde 1991 vem atuando de forma séria e comprometida com a verdade e com elevados históricos de acertos.
A empresa é experiente em atendimentos e pesquisas de alta qualidade e seu mercado atua exclusivamente no Maranhão. Fazemos pesquisas de opinião pública, pesquisas de mercado e pesquisas eleitorais usando técnicas quantitativas e qualitativas com validade científica, rapidez e com supervisão técnica de equipe altamente qualificada.

Todos os procedimentos são feitos para conhecer as necessidades e as opiniões da população, para tomar decisões e definir estratégias com segurança, obtendo os melhores resultados.

Nestas ultimas semanas blogueiros de má fé da região de Codó-MA usaram o nome da empresa EXATA em uma postagem pública com informações totalmente caluniosas e falaciosas afim de prejudicar a instituição, contendo em tal conteúdo inúmeras difamações, publicações falsas e com mentiras tendenciosas pretendendo atingir totalmente a honra da empresa.

Desta forma, viemos esclarecer através de nossa Assessoria, que é cristalina a precariedade de tais acusações, de forma que é caluniosa e falsas as informações de que a equipe de funcionários da empresa foram presos, que houve apreensão de questionários pela polícia ou que houveram tais episódios no estado de Goias e Piauí, sendo tais acusações totalmente desabonadoras e irreais! Ressalta-se que a instituição
NUNCA atuou no estado de Tocantins ou Goiás, NUNCA teve nenhum funcionário preso ou com problemas de improbidade e todas as providências judiciais e administrativas serão tomadas em combate a tais fake news.

Obedecemos integralmente aos comandos da justiça eleitoral, asseverando que sempre estaremos pautados em trabalho sério e de acordo com a melhor metodologia de estudos científicos em todos os campos de consultas populares, conforme prescreve a LEI Federal4.739/65, Lei 9504/97 e resolução 23600 do TSE.

São Luís – MA 30 de outubro de 2020

ATENCIOSAMENTE:

Lino Emiliano Praseres Silva
(Diretor Presidente)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.