Recados para ela

 

Olá, minha fofa, muito bom dia, espero que estas poucas e mal traçadas venham a encontra-la no bem bom por aí, ao lado do Criador.  Neste Dia das Mães, te mando outro beijo carinhoso, porque sempre estou troncho de saudades. Se por aqui estivesse, sabes muito bem que esse teu pretinho ia fazer a maior fanfarra, em almoço especial, com muita música e gelatinosa. Mas Deus não permitiu. Mesmo assim, um feliz Dia das Mães pra ti, Bibi amada e para todas as mães do Maranhão!

*

Olha, Bibi, falando em mãe, quem não escondeu a extrema felicidade, durante toda esta semana foi tua nora, a Elineusa. Isso porque tua neta, a Lívia, nasceu exatamente no dia 6 de maio, e este ano, na mesma semana do Dia das Mães.

*

Por motivo de trabalho, não pude comparecer à festa de aniversário da minha filha querida. Foi lá no apartamento da tia dela, a Elisene, no Renascença. Se tu olhares a foto dela com a outra avó, a Elineide… É o retrato da mais pura felicidade.

*

Pensas que a outra tia dela, a Rafaela, que mora em Imperatriz ficou de fora da fanfarra? Nada disso! Por videoconferência, participaram do canto dos parabéns, além da Rafa, o marido dela, o Markus e os filhos, a Laura, o Joaquim e a  Luísa, uma pimpolhinha por quem todo mundo se apaixona.

*

Agora, cidadã, vamos deixar esses teretetês familiares e focar nas questões que estão importunando a todos por aqui.

*

Nesta semana, como se não bastasse, perdi mais um grande amigo para o Coronavírus. O Arnaldo Martinho, que era professor e passou duas décadas como diretor-geral do CINTRA do Anil. Custei a acreditar quando o Phil Camarão me mandou a informação.

*

O Arnaldo era amigão do peito e costumava atender meus pleitos, quando o assunto era vagas naquele núcleo escolar. Ao longo dos anos, foram mais de 30 vagas. Geralmente mães de família com orçamento apertado, que não podiam manter filhos em escolas particulares, que me procuravam.

*

Certo dia, estava com a Josyane Costa do   ATOS E FATOS e a irmã dela, cujo nome não me recordo. Ambas estudaram no CINTRA e fizeram faculdade posteriormente. A Josyane se formou em Administração e a irmã dela em Odontologia.

*

Lembrei da trajetória das duas e liguei para o Arnaldo.

-Olha Arnaldo, estou aqui com duas ex-alunas do CINTRA. Ele conversou com ambas durante um bom tempo e depois voltou a conversa comigo. Estava com a voz embargada pela emoção.

-Poxa Djalma, isso é que nos alegra, nos deixa muito feliz, saber que contribuímos para a formação e a garantia de um futuro melhor para as pessoas.

*

Aí lembrei a ele, que minha cunhada, a Rafaela, também havia cursado o segundo grau no CINTRA  e que é graduada em História, Direito, pela UFMA e atualmente é oficial de Justiça do TJMA.

*

Depois do CINTRA, ele foi nomeado, por indicação do então senador Edison Lobão, para a Superintendência local do Departamento Nacional  de Produção Mineral (DNPM). Nem sabia da existência desse órgão, quando um dia ele  me ligou pedindo que o visitasse para um cafezinho na sede da repartição, na Rua Rio Branco.

*

Fui lá e passei mais de uma hora num gostoso bate papo, entre generosos goles de café. Era sujeito decente e extremamente prestativo. Deixa uma saudade danada e uma grande lacuna na lista dos amigos. Que Deus o tenha ao lado dele.

*

Triste também estou com a situação de penúria em que se encontra o grande cantor romântico Walfredo Jair. Postaram uma foto em que ele aparece obeso, cabelos desgrenhados, com o vitiligo tomando mais de 80% de sua pele e pedindo ajuda financeira por conta da falta de trabalho.

*

Ah, Bibi e por aqui. O governador Flávio Dino e o senador Weverton Rocha, ensaiam os primeiros passos para entrarem no ringue, quando então anunciarão que cada um segue um caminho oposto.

*

Flávio Dino deixa a entender em todas as suas entrevistas, que seu candidato a governador em 2020 é o vice, Carlos Brandão, enquanto Weverton ainda teima em afirmar que a escolha dependerá do resultado de uma pesquisa.

*

Em política, gestos falam mais do que palavras. O ex-governador Zé Reinaldo já compõe a equipe de Flávio Dino e disse, nesta semana, numa entrevista, que quem não estiver do lado do governador estará contra ele nessa briga de poder.

*

Vejamos aqui um gesto de Flávio Dino, que aconteceu na semana passada. Ele e Márcio Jerry foram lá no São Francisco,  anunciar obras e outros eventos. Convidaram, da área, o suplente de vereador Armando Costa, mas não se lembraram do presidente da Câmara, Osmar Filho, que tem ali sua principal base eleitoral e é do PDT.

*

O clima de desarmonia entre Flávio Dino e Weverton Rocha está disseminado, não há como esconder. Weverton Rocha pontua disparado na frente de Brandão, em todas as pesquisas.

*

Em contraponto, os flavistas lembram que quando Zé Reinaldo foi candidato ao governo, apoiado por Roseana Sarney, aparecia com míseros 3% e ganhou a eleição contra Jackson Lago, com quem depois se juntou num movimento contra o grupo Sarney. Mas aí já é outra história.

*

Já vistes as biografias dos senadores Omar Aziz e Renan Calheiros, presidente e relator, respectivamente da CPI do Covid? Mãe, são verdadeiras folhas corridas da Justiça Federal. Que diabo de País é esse, em que neguinho que carrega um Código Penal nas costas é escalado para apurar delitos? Só no Brasil!

*

Bem, minha fofa, com essa o teu pretinho vai ficando por aqui, garantindo retorno na próxima semana, se Deus quiser. E ele quer, porque sempre foi bacana com esse teu pimpolho.

Beijão de quem continuará te amando para sempre.

Djalma

N.E. Bibi é Benedita Rodrigues, mãe desse editor. Ela faleceu no dia 8 de dezembro de 1965, aos 28 anos de idade, na Santa Casa de Misericórdia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.