JOVEM NEGRO É TORTURADO E MORTO DENTRO DO SUPERMERCADO MATEUS

 

 

O homicídio aconteceu meia noite do dia 12 de junho de 2019, onde o jovem negro Darlon Oliveira entrou dentro do supermercado Mateus da Cohab, quando teve um surto psicótico. Os seguranças foram acionados, quando levaram o jovem Darlon Oliveira a força para uma área reservada somente aos funcionários.

Darlon Oliveira ainda tentou resistir a imobilização dos funcionários do Mateus, mesmo não tendo chance contra tantas pessoas, como é visto no vídeo.

Fora do funcionamento comercial, as 00:00:12, um vigilante da Clasi Segurança, empresa terceirizada contratada pelo Mateus, junto com os funcionários do supermercado, realizaram uma série de agressão ao jovem Darlon Oliveira. Chegando até mesmo a colocar o joelho no pescoço do jovem negro, que não conseguia mais respirar. A tortura estava sendo um entretenimento para o funcionários que estavam presenciando a cena.

O jovem sem vida, acabou falecendo e sendo os pés amarrados, mesmo não apresentando mais sinais de reação. O corpo de Darlon Oliveira ficou abandonado cerca de 7 minutos, quando funcionários voltam para verificar o estado da vítima, alguns tiram fotos e analisam se ainda está vivo. No vídeo, chefes de alguns setores aparecem se deslocando até o local para verificar a situação, mas não tomam qualquer providência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.