Empolgação na visita técnica à aeronave por aulas do curso de Comissário de Voo

Foi de empolgação o clima da visita técnica que alunos do curso de Comissário de Voo fizeram à aeronave pousada no Aeroporto Cunha Machado no último sábado, 18.

Antes da visita, os alunos participaram de aula teórica do módulo Emergências a Bordo, ministrado pelo instrutor Paulo Souza, comissário egresso do curso promovido pelo Aeroclube e que atualmente integra equipe de comissários de uma grande companhia de aviação.

Além do curso de Comissário, o Aeroclube promove ainda os cursos de Piloto Privado e de Mecânico de Aeronaves.

Em setembro, o Aeroclube do Maranhão completa 50 anos de fundação.

Lobão prevê pelo menos 7 horas para sabatina de Alexandre de Moraes

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Edison Lobão (MA), disse ao GLOBO que vai presidir nesta terça-feira a sessão da sabatina de Alexandre de Moraes, indicado para a vaga de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), e prevê que ela será longa. Investigado na Lava-Jato, Lobão repetiu que foi eleito presidente da CCJ e que não há constrangimento.

A oposição, segundo o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), quer que Lobão se considere impedido de comandar a sessão. Assim como Lobão, o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), aposta numa sabatina demorada. Mas não tão longa como a do ministro Luiz Edson Fachin, que durou 12 horas.

Lobão lembrou que, contabilizando que cada senador terá direito a falar dez minutos, com resposta do sabatina, tréplica e réplica, serão 30 minutos para cada arguição. O senador prevê cerca de sete horas. A ideia é que no final da tarde a CCJ tenha acabado e que o nome de Moraes seja levado diretamente ao plenário do Senado.

— Não acredito que seja uma sabatina tão longa como as últimas, mas nem tão rápida assim. Se a sessão se prolongar, está dentro do regimento. Vou presidir a sessão. Não tenho nenhum nenhum impedimento para presidir. Fui eleito presidente da CCJ. Não há nenhum membro que tenha sido condenado — disse Lobão, lembrando que já foi inocentado em dois inquéritos, sendo alvo de mais dois na Lava-Jato.

Lobão disse que encaminhou ao senador Eduardo Braga (PMDB-AM), relator do caso Moraes na CCJ, o abaixo-assinado protocolado nesta segunda-feira por estudantes contra a sua ida de Moraes para o Supremo. Braga poderá questionar o indicado sobre a postura dos estudantes, se quiser.

O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), também previu uma sessão demorada, alegando que todos os senadores – aliados do governo ou oposição – irão querer falar. E Jucá reagiu à postura de Randolfe de não querer que Lobão presida a sessão.

— Se for assim (Lobão não poder presidir), então antes o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) não podia se manifestar ou votar porque era investigado e agora pode porque foi inocentado (O STF arquivou a denúncia)? E a senadora Gleisi, que é investigada, vai fazer pergunta? A previsão é que haja uma sabatina longa. Alguns setores tentarão politizar o debate, mas quem é indicado para ser ministro do STF debe estar preparado para isso — disse Jucá, outro investigado na Lava-Jato.

Sydnei Pereira esclarece denúncias em entrevista a Marcial Lima

Na manhã deste domingo (19), o prefeito de Anajatuba – Sydnei Pereira (PCdoB) concedeu uma longa entrevista ao radialista Marcial Lima, que comanda o programa Domingo Mirante. Além da agenda de atividades realizada na capital federal entre os dias 15 e 16 do mês em curso, o prefeito aproveitou o ensejo para esclarecer uma série de denúncias inverídicas feitas no programa Manha Difusora, comandado pelo radialista Silvan Alves.
De acordo com a denúncia, durante um churrasco realizado no povoado Bacabalzinho, Júnior, irmão do prefeito, teria determinado que o veículo da Secretaria de Saúde, usado no programa Saúde da Família, fosse à sede do município comprar cerveja, e quando retornava, o carro teria atropelado um boi, causando avarias na camionete.
“Certamente, o renomado radialista Silvan Alves, pessoa a qual tenho respeito e admiração, foi pautado por alguém irresponsável e, infelizmente, o nobre profissional não tomou as cautelas devidas no sentido de apurar a veracidade dos acontecimentos. De fato, conforme boletim de ocorrência registrado no dia do fato, digo, segunda-feira (13), nas proximidades do povoado Olho d´água, quando o  motorista seguia da sede para o povoado Pedrinhas, por volta das 03 hs da manha, indo buscar um paciente em atendimento domiciliar, a luz alta do veículo que transitava em sentido contrário acabou o encandeando, ocasionando o atropelamento de um animal logo à frente”, explicou o prefeito.
Ainda dando resposta ao festival de denúncias feita pelo radialista, o prefeito negou com veemência, o fato do mencionado veículo está sendo usado para levar os filhos na escola, na capital maranhense. “Essa tarefa, digo, de levar e buscar meus filhos nas escolas Educator, na Avenida dos Holandeses e Portal do Saber, no Coahajap, é da minha esposa Luciana. Eu não conheço nem as crianças muito menos o senhor que aparece na foto. É oportuno ressaltar, ainda, que a foto em questão evidencia não ser nenhuma das duas escolas acima mencionada. Acredito que o veículo estivesse passando no local, o qual ainda não conseguir identificar, e alguém maldoso tenha feito a foto e, irresponsavelmente, repassado ao profissional, levando-o ao erro”, finalizou Sydnei.
AGENDA EM BRASÍLIA
Na oportunidade, O prefeito aproveitou para falar um pouco da extensa agenda que cumpriu na quarta e quinta-feira (15/16), respectivamente, em Brasília. Além da bancada maranhense na Câmara Federal, ao lado do secretário municipal James Arnoldo, o prefeito esteve no Ministério da Saúde, juntamente com outras centenas de prefeitos de cidades maranhense. Os gestores, que foram cobrar mais investimentos na área de média e alta complexidade, foram recebidos pelo ministro Ricardo Barros.

Depois de ser alvo da PF, filho de Lobão deixa direção da Brasilcap

 

Márcio Lobão, filho do senador Edison Lobão (PMDB-MA), alvo de uma operação da Polícia Federal que investiga pagamento de propinas nas obras da usina de Belo Monte, no Pará, pediu afastamento temporário da presidência da Brasilcap nesta sexta-feira (17). Márcio, indicado pelo pai, estava na empresa ligada ao Banco do Brasil fazia dez anos. Havia meses que seus rendimentos chegavam a R$ 70 mil.

Apesar de ter pedido afastamento temporário, ninguém aposta um título furado de capitalização que Márcio voltará ao comando da empresa. Terá de dedicar boa parte do tempo a preparar a sua defesa.

Bebê recém-nascido é encontrado por PMs em Paraibano

Um bebê recém-nascido com apenas 8 dias de vida, foi encontrado na manhã desta quinta-feira (16) em uma praça na cidade de Paraibano, localizada no médio sertão maranhense. A neném ainda apresentava parte do cordão umbilical consigo, mas estava bem vestida, dentro de um bebê conforto, com duas maletinhas com adereços ao lado. Os policiais a encontraram por volta das 6h40 da manhã e a levaram ao hospital local. Agora ela está sob cuidados do prefeito da cidade, José Hélio.

Os enfermeiros que fizeram sua avaliação constataram a neném tem aproximadamente 8 dias de nascida e está em bom estado de saúde, porém, com fome. O Conselho Tutelar e a Assistência Social do município foram convocados para avaliar o caso, que agora está sendo investigado pela Polícia Civil.

Enquanto a investigação acontece, a promotoria local concedeu sua guarda temporária ao prefeito da cidade, José Hélio (PT).

As informações foram confirmadas pelo Tenente Coronel Emerson Bezerra da Silva, comandante da 6º Companhia Independente da Polícia Militar. Segundo ele, a maior probabilidade é de que a criança tenha sido abandonada, mas a polícia não descarta outras possibilidades.

Os policiais que realizaram o resgate compraram leite para a criança e fizeram seu cartão de vacina com o nome de “Vitória”.   cidade de Paraibano

Torcedor do Botafogo foi assassinado a golpes de espeto de churrasco

Diego da Silva dos Santos, de 28 anos, torcedor do Botafogo, que morreu no domingo passado no arredores do Engenhão, antes do clássico entre o clube alvinegro e o Flamengo, pelo Campeonato Carioca, não foi atingido por uma bala, conforme informaram os policiais que prestaram os primeiros socorros. De acordo com o laudo do Instituto Médico Legal, Diego morreu após ter sido atingido várias vezes por um objeto “perfuro contundente” — um espeto de churrasco, que teria sido furtado de um bar perto do estádio. A informação foi divulgada, neste domingo, pelo “Esporte Espetacular”, da Rede Globo.

Flamengo x Botafogo – Repercussão da briga

Segundo o delegado responsável pelo caso, a conclusão foi feita a partir de provas periciais e testemunhais.

— Conseguimos fotos e imagens e TV pra identificar a dinâmica completa da confusão, que resultou na morte de Diego — afirmou o delegado Fábio Cardoso, da Delegacia de Homicídios da Capital (DH).

Pouco antes das 18h, horário marcado para o início do jogo, um carro passou próximo à Ala Norte do Engenhão, onde se concentravam torcedores do Botafogo, e fez disparos com arma de fogo. Acreditava-se que Diego tivesse sido alvejados pelos tiros. A briga entre facções de torcidas organizadas causou o ferimento de mais seis torcedores — dois deles com ferimento à bala.

Por causa da confusão, a Justiça do Rio decidiu, em caráter liminar, acatar o pedido do Ministério Público e instaurar torcida única nos clássicos cariocas. A Procuradoria Geral do Estado e o Flamengo anunciaram que vão recorrer da decisão do juiz Guilherme Schilling, do Juizado Especial do Torcedor e os Grandes Eventos. Vasco e Fluminense também se manifestaram contrários à decisão, enquanto o Botafogo mostrou-e inicialmente receptivo à ideia.

No próximo sábado, será disputado, ao menos, um dos jogos da semifinal, que já tem o Vasco garantido como segundo colocado do Grupo C. O clube de São Januário pode ter como rival Flamengo ou Madureira, dependendo do resultado do jogo desta tarde.

O presidente do Vasco, Eurico Miranda, já adiantou que seu time não entrará em campo, caso persista a decisão de torcida única. Haverá uma reunião na Federação do Rio nesta semana para discutir o problema. A princípio, o mando de campo, que indicará a presença da torcida, será do clube que tiver obtido mais pontos.

Policial reage a assalto e mata bandido no bairro da Alemanha

Um homem, identificado apenas como “Alef”, foi morto no começo da tarde deste domingo (19), enquanto realizava um assalto em uma parada de ônibus na avenida dos Franceses, no bairro da Alemanha, em São Luís.

Segundo informações confirmadas pelo 9º Batalhão da Polícia Militar do Maranhão (BPM-MA), “Alef” estava acompanhando por um comparsa em uma moto (de cor preta e placa PSJ-4802) e iniciou o assalto – no momento, cinco pessoas estavam na parada de ônibus. Uma delas reagiu e desferiu um tiro na cabeça de “Alex”, que morreu no local – o outro assaltante conseguiu fugir.

Informações relatadas por testemunhas informam que o autor do disparo seria um policial militar à paisana – a informação não foi confirmada pelo BPM.

Até o momento, a identidade da dupla de assaltantes não foi revelada.

Ministros do STF dão dez dias para que Temer e deputados explicarem reforma da previdência

Presidente Michel Temer.

BRASÍLIA – O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello deu prazo de dez dias para que o presidente da República, Michel Temer, e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, prestem informações sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016, que trata da reforma da Previdência. A solicitação de Mello é feita após recebimento de um mandado de segurança, impetrado por 28 deputados de oposição.

A ação pede a anulação dos atos que levaram à tramitação da PEC na Câmara. Os deputados alegam que o governo não apresentou um estudo atuarial, necessário para confirmar o desequilíbrio nas contas da Previdência e a consequente necessidade de alteração nas regras. O ministro da Suprema Corte deve aguardar as informações solicitadas antes de decidir sobre o acolhimento ou não do mandado de segurança. O acolhimento significaria a suspensão da tramitação da matéria na Câmara.

Mello também pede informações do presidente da Comissão Especial destinada a debater o tema na Câmara, o deputado Carlos Marun (PMDB/MS), e do presidente da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara (CCJ), cujo nome ainda não foi definido. Quando a PEC foi acolhida na Câmara, em dezembro do ano passado, o presidente da CCJ era Osmar Serraglio (PMDB/PR).

Oposição

Os deputados alegam que estudo atuarial é requisito obrigatório para confirmar o desequilíbrio nas contas da Previdência e a necessidade de alteração nas regras.

“Não se trata de mera orientação para a gestão administrativa. O estudo atuarial é requisito formal para a regularidade material das condições previdenciárias em qualquer regime, em especial quando objeto de alteração constitucional”, diz um trecho da ação.

A oposição argumenta ainda que a elaboração da PEC ocorreu “à revelia do Conselho Nacional de Previdência Social”. “[O conselho é] órgão superior da Administração Federal de deliberação colegiada, com representação dos trabalhadores e do governo, cuja finalidade, entre outras, é justamente a de discutir assuntos de interesse previdenciário dos trabalhadores”, dizem os deputados.

Casal é brutalmente assassinado durante momentos íntimos em Arembepe,

 

Por Mauro Garcia

 

Uma adolescente identificada por Genielly dos Santos Pereira, de 16 anos, e o namorado, Luiz Pedro Tavares da Conceição, de 22, foram brutalmente assassinados a tiros, dentro do quarto, na própria casa, enquanto mentiam um relacionamento íntimo.

O caso bárbaro aconteceu na madrugada deste sábado, por volta das 01: hs da manhã, em uma rua próximo à Praça das Amendoeiras, em Arembepe, na cidade de Camaçari.

A adolescente morreu na hora, enquanto o namorado de Genielly, Luiz Pedro tentou fugir pulando um muro do imóvel, mas foi alvejado a queima roupa, e não resistiu aos ferimentos, morrendo logo em seguida no terreno de vizinhos.

Luís Pedro já tinha passagem em delegacias por tráfico de drogas. A autoria e a motivação ainda são desconhecidas. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso.

Os corpos das vítimas foram encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) da região, onde serão periciados.

Ministro da Saúde garante a prefeitos rever questão da per capita no Maranhão

Em reunião realizada na última quinta-feira (16) com prefeitos e deputados maranhenses, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, garantiu a revisão do teto da saúde no estado, atendendo à reivindicação da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão, cujo presidente, prefeito Cleomar Tema (Tuntum), destacou ser a hora de uma força tarefa para que estabeleça pelo menos a média nacional quanto aos valoresrepassados às cidades.

O encontro com o ministro foi parte de um movimento deflagrado pela FAMEM, quelevou 90 prefeitos à Capital Federal e, no dia anterior, recebeu a adesão do presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia. O parlamentar disse que iria se empenhar pessoalmente

para que o Governo Federal venha a equacionar o problema mostrado pelos gestores municipais do Maranhão.

No Ministério da Saúde, Tema destacou que o Maranhão está sendo penalizado ao figurar na 25ª posição no ranking nacional em relação aos valores da per capita. O diretor administrativo da FAMEM, Gildásio Ângelo da Silva, mostrou dados estatísticos mostrando a falta de critérios da União quanto à divisão dos recursos entre os estados.

Os deputados federais Juscelino Filho (coordenador da bancada), Pedro Fernandes e Cleber Verde, que acompanharam os prefeitos, fizeram gestões junto ao ministro e garantiram que estão empenhados em pavimentar caminho para um encontro da Federação com o presidente Michael Temer.

“Vamos atuar em diversas frentes. Na parte técnica, a FAMEM começará, a partir de agora, a elaborar estudos quanto às demandas médicas hospitalares e também para a formatação de uma nova PPI, já que estamos atrasados nesse quesito”, destacou o líder municipalista.

No encontro com o ministro da Saúde, o grupo municipalista recebeu também o reforço da suplente de deputada federal Rosângela Curado; da secretária de Saúde de São Luis, Helena Duailibe; e dos deputados estaduais Rogério Cafeteira (líder do Governo na Assembleia), Rafael Leitoa, Levir Pontes, Antônio Pereira e Stênio Resende.

Presidente do Conselho dos Secretários Municipais de Saúde (Cosems), Vinícius Araújo também se manifestou, ressaltando a necessidade de se estabelecer uma plataforma de trabalho urgente com vistas a reverter o quadro em que se encontra o Maranhão com relação ao teto da saúde.

Diversos prefeitos aproveitaram a ocasião para mostrar problemas de seus respectivos municípios. Ao final da reunião, o Cleomar Tema se mostrou esperançoso quanto ao futuro, destacando ainda que os deputados federais foram importantes, por conta do auxílio que deram aos prefeitos na jornada.

Ele também agradeceu o apoio dos deputados estaduais que acompanharam os prefeitos. Tema disse ser inconcebível que o Piauí, com praticamente a metade da população donosso estado, seja contemplado com uma per capita de R$ 225,00, enquanto que o Maranhão recebe apenas R$ 158,00.

“Isso vem mostrar claramente que tal distribuição não obedece a critérios técnicos, mas políticos, levando-se em conta que, antes do atual ministro da Saúde, a pasta foi ocupada, pelo período de três anos, por um deputado federal do Piauí”, destacou o presidente da entidade municipalista.