Felipe Camarão recebe a mais alta honraria da Câmara municipal de Caxias


Felipe Camarão recebe título das mãos do presidente da
Câmara Municipal de Caxias

“O título que esta casa teve a generosidade de me oferecer, muito me

honra, mas acima de tudo muito me comove, pela forte simbologia que

tem. Este é um dia muito especial, e com ele vem um turbilhão de

memórias acumuladas nestes 36 anos de vida”, disse o Secretário de Estado

da Educação, Felipe Camarão, em seu discurso de agradecimento ao

receber o título de Cidadão Caxiense, na noite desta quinta-feira (13), em

sessão solene na Câmara Municipal de Caxias.

Felipe Camarão ladeado por vereadores e lideranças políticas
de Caxias

O título, que é a mais alta honraria concedida pela Câmara Municipal de

Caxias dado a pessoas que contribuíram ou contribuem para o

desenvolvimento da cidade, foi uma indicação do Presidente da casa

legislativa, vereador Antônio José Bittencourt de Albuquerque, o Catulé, e

teve aprovação unânime por parte dos demais vereadores da cidade.

“Esta casa representa a vontade do povo, e aqui não podemos pecar. Por

isso, só concedemos esta mais alta honraria a quem realmente merece.

Felipe tem um trabalho concreto em prol da educação em Caxias e no

Maranhão. É um jovem competente que, com sua visão humanitária, tem

feito muito pela educação nesta cidade, neste estado, cuidando de quem

realmente precisa. Então, não poderíamos deixar de homenageá-lo diante

de tudo que ele tem feito por Caxias”, disse Catulé.

A solenidade de homenagem a Felipe Camarão foi prestigiada pela

comunidade caxiense e por lideranças políticas da região, como o prefeito

de Aldeias Altas, Zé Reis; os deputados eleitos Adelmo Soares (PC do B),

Zé Gentil (PRB) e Cleide Coutinho (PDT).

“Para nós, caxienses, é uma honra tê-lo como conterrâneo, Felipe Camarão!

Saiba que esta honraria não é concedida a qualquer um. O que você está

recebendo aqui é o reconhecimento pelo seu trabalho brilhante pela

educação deste estado, e que teve um olhar carinhoso com a nossa Caxias”,

disse a deputada eleita, Cleide Coutinho.

“Felipe, tenha certeza de que você está colhendo os frutos das boas

sementes que plantou. Eu tive a felicidade de ser secretário do Governo

Flávio Dino, juntamente com você, e sei do seu trabalho, da sua

responsabilidade em conduzir a pasta da educação, o que vem fazendo com

grande competência. Eu, como filho desta terra, só tenho a agradecer pelos

serviços prestados nessa cidade, e ao mesmo tempo, parabenizá-lo por esse

título”, disse Adelmo Soares.

O prefeito Fábio Gentil falou da gratidão ao secretário por todos os

benefícios promovidos na educação, também no município. “Nós pudemos

presenciar, hoje, a alegria e a esperança nos olhos das crianças, nas quatro

comunidades em que foram entregues as Escolas Dignas. Isso é muito

significativo para nós que buscamos o melhor para nossas crianças, para

nossa gente. Esse título é a forma que Caxias tem de agradecê-lo por toda

contribuição que você e o governo do Maranhão têm dado à essa cidade”,

ressaltou Fábio Gentil.

Em discurso Felipe Camarão destaca ações do governoFlávio
Dino em Caxias

“O maior poeta Brasileiro, Gonçalves Dias, em Canção de Tamoio diz:

‘Viver é lutar. Se o duro combate, os fracos abate, aos fortes, aos bravos, só

pode exaltar’. Eu sou assim, não costumo fugir à luta, e luto para cumprir

com afinco as missões a mim confiadas. Hoje, eu luto com o governador

Flávio Dino para transformar a educação nesse estado, melhorar a

qualidade da educação que oferecemos a que realmente precisa da nossa

atenção”, lembrou Felipe.

Além de Caxias, Camarão já recebeu títulos de cidadão dos municípios de

São Luís, Imperatriz, Penalva, Nina Rodrigues e Santa Filomena.

Agenda

Após a homenagem na câmara, o secretário encerrou a agenda, que iniciou

pela manhã com a entrega de 4 Escolas Dignas, envolvido no clima do

‘Natal Iluminado’, um evento inspirado no ‘Natal Luz’ de Gramado. Na

Praça do Ponteon, Felipe Camarão, o prefeito Fábio Gentil e demais

autoridades políticas prestigiaram o espetáculo ‘A Magia do Natal’, que é o

ponto de partida para o acendimento das luzes natalinas em Caxias. Os

espetáculos do Natal Iluminado acontecem em vários espaços da cidade.

Eleições na Câmara de Benedito Leite consolidam o grupo liderado pelo advogado Lucas Coelho como única oposição ao prefeito Ramon


Na eleição da Câmara de Benedito Leite, realizada na manhã desta sexta-feira, dia 14/12/2018, o que se viu foi a derrota do grupo liderado por Júnior Coelho e o fortalecimento do grupo de oposição liderado pelo Advogado Lucas Coelho, o Lucas do Didi. Um dos vereadores alinhados com Júnior Coelho votou no candidato do prefeito Ramon e os notórios da cidade são de que na verdade isso ocorreu após entendimento entre o pai do prefeito e o pai de Rodrigo, Júnior Coelho.
Mas um fato ficou evidente, que a traição de um vereador do grupo do ex-Prefeito Jr Coelho, que esfaqueou o seu próprio grupo político votando no candidato do prefeito a troco de possíveis acordos financeiros.
A determinação e a coragem de enfrentamento do grupo do Advogado Lucas Coelho,que teve no vereador Cleiton Barros a inteligência em lançar a sua candidatura avulsa e mostrar que a juventude e as pessoas que querem o melhor e o bem para Benedito Leite estão firmes no propósito de não cederem a pressões, ao atraso e se consolida como o único grupo de verdadeira oposição em Benedito Leite.
Destacamos a posição firme do grande Vereador Cleiton Barros que demonstrou  a sua integridade e caráter de não se vender e não se corromper diante das sujas propostas feitas à ele.
Agora sim o povo poderá escolher entre seguir com o atraso desses dois grupos que estão unidos hoje ou escolher uma via coerente, independente e sempre próximo do povo, respeitando e amando está cidade . Os parabéns deste blog vai para o grupo liderado por Dr. Lucas Coelho e Vereador Cleiton Barros.
Resultado final da eleição:
Chapa 01 (Presidente Demar J) – 5 votos
Chapa 02 (Presidente Cleiton Barros) – 1 voto.
Chapa 03 (Presidente Aparecida do Tunga) – 3 votos.
Quem traiu o grupo da candidata Aparecida do Tunga?! Rogério? Rossana Poção?ou Bruno Guimarães?
 

Câmara de Raposa aprova concessão do título de Cidadão ao juiz Osmar Gomes dos Santos



Por unanimidade, a Câmara Municipal de Raposa aprovou, na manhã desta sexta-feira (14), o projeto de resolução de autoria do presidente daquela casa legislativa, Beka Rodrigues (PC do B), concedendo título de cidadania ao juiz de direito da Comarca de São Luis,  Osmar Gomes dos Santos.
Em sua justificativa, Beka Rodrigues destaca que Osmar Gomes tem relevantes serviços prestados à comunidade de Raposa, levando-se em conta que foi juiz eleitoral de Paço do Lumiar, e  Raposa,  executando um trabalho marcado pela lisura, imparcialidade e responsabilidade.
O vereador ressalta ainda que a fascinante história de vida do magistrado justifica a concessão da cidadania. De origem humilde, nasceu na cidade de Cajari, filho do lavrador José Basílio dos Santos e da doméstica Maria Gomes dos Santos. Ficou órfão de pai, ainda muito criança e, aos 9 anos, foi  para São Luis, onde atuou como jornaleiro, flanelinha, vendedor de pão cheio e ajudante de pedreiro.
Beka ressalta ainda: “Ele  rompeu as barreiras da pobreza com muito estudo e dedicação. Estudou em escolas públicas e cursou Direito na Universidade Federal do Maranhão. Foi depois professor do Centro Caixeiral e do Colégio Pentecostal Cândido Rodrigues e foi advogado do Bradesco na Regional Maranhão/Piauí. Foi aprovado ainda em concurso para delegado de Polícia Civil chegando aos cargos de assessor chefe da Secretaria de Segurança e Coordenador de Polícia Especializada”, afirmou Beka Rodrigues.
O presidente da Câmara assegura ainda que o juiz tem uma carreira marcada pela superação e pelo brilhantismo.  “Ele ocupou vários cargos de destaque na vida pública, a exemplo da Chefia de Gabinete e de Procurador-Adjunto da Câmara Municipal de São Luis. Hoje, ele é titular da Primeira Vara do Tribunal do Júri da Capital, já tendo sido diretor do Fórum Desembargador Sarney Costa, Foi, também, membro substituto do Tribunal Regional Eleitoral. Como podemos observar, é uma biografia irretocável”, afirma Beka Rodrigues.
Na concepção do presidente da  Câmara de Raposa, Osmar Gomes, que é pós graduado em Administração e Direito Civil, Direito Processual Civil,Direito Penal e Processual Penal, Direito Eleitoral e Direito Constitucional, e doutorando em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade Del Museo  Social Argentino e faz mestrado em Garantismo e Processo pela Universidade de Girona, na Espanha, é um exemplo de luta e desprendimento”, acentua.
 “O juiz Osmar Gomes é um exemplo de luta, de dedicação e de superação.  Ele é também escritor, com obras lançadas nas áreas do Direito Eleitoral e de poemas. Atualmente, é articulista do jornal O Imparcial e membro das Academias Ludovicense de Letras, Maranhense de Letras Jurídicas e Matinhense de Ciências, Artes e Letras e integra a Associação Brasileira por um planeta Verde”, acrescenta Beka Rodrigues.
Finalizando, Beka Rodrigues diz que o magistrado reúne todos os atributos que o colocam como merecedor de tal distinção, revelando que Osmar Gomes reside em Raposa, no Jardim das Oliveiras. “A Raposa se sente orgulhosa em poder ter como conterrâneo, tão brilhante e ilustre figura, afirmou.
 

Presidente da Câmara de Raposa lamenta morte da avó da prefeita Thalyta Medeiros

O presidente da Câmara Municipal de Raposa, Beka Rodrigues, emitiu, em nome daquela casa parlamentar,  nota de pesar pelo falecimento da senhora  Maria de Lourdes da Silva Medeiros ( Lurdinha),ocorrido na manhã desta quinta-feira (13), de causas naturais.
Eis a íntegra da nota:
É com o mais profundo pesar que a Câmara Municipal de Raposa informa o falecimento da senhora Maria de Lourdes da Silva Medeiros(Lurdinha), avó da prefeita Thalyta Medeiros, a quem nos unimos nesse momento de dor e sofrimento.
 Raposa, 13 de dezembro de 2018
  Beka Rodrigues
  Presidente da Câmara Municipal

Maranhense mulher de traficante carioca se fantasia de Mamãe Noel no presídio


 A maranhense  Danúbia de Souza Rangel,mulher do traficante Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem da Rocinha, teve um dia de Mamãe Noel na Penitenciária Nelson Hungria, dentro do Complexo de Gericinó, Zona Oeste do Rio. Ela e as outras detentas da unidade participaram,nesta quinta-feira, do 9º concurso Cela Brilhante de Natal, promovido pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) do Rio.
Danúbia — conhecida pelas fotos sensuais nas redes sociais — vestia botas pretas, meia arrastão, minissaia e colete vermelhos, luva de renda branca e gorro. Em outro momento, ela apareceu com uma tiara que trazia a imagem de Papai Noel. Isso aconteceu quando as detentas se reuniram no pátio para uma apresentação gospel com a cantora Cristina Mel, que cantou algumas músicas enquanto a direção da Seap somava as notas para anunciar o resultado.
A mulher de Nem foi também responsável por entregar lembrancinhas aos jurados do concurso: uma caixinha com passagens bíblicas e um lápis decorado. Danúbia chamava a atenção pelo bom humor — ela sorria o tempo inteiro — e também pelos cabelos que estão novamente compridos e com mechas louras.
A proposta do evento realizado na penitenciária,segundo a Seap, é despertar nas internas o espírito natalino e premiar as celas mais bem decoradas e as mais criativas.
Os enfeites utilizados no concurso foram fabricados com materiais recicláveis e confeccionados pelas próprias detentas, além de itens trazidos por amigos e por familiares. A ganhadora do concurso ganhou a reforma do banheiro da cela, custeada pela Seap. Já segunda colocada recebeu uma televisão e a terceira, um kit de beleza.
Presa pela última vez em outubro do ano passado, Danúbia já cumpriu o tempo de pena necessário – um sexto do total – para progredir de regime. O preso precisa também ter bom comportamento para ganhar o benefício. Caberá à Vara de Execuções Penais do Rio decidir se ela passará ou não pela avaliação, que pode incluir ainda um exame criminológico, no qual um dos critérios é saber se o preso tem chances de voltar a cometer crimes.

Matadores do prefeito Bertin pegam mais de 34 anos de cadeia

Após três dias de duração, encerrou na noite desta quarta-feira (12) a sessão do Júri Popular que levou a julgamento José Evangelista Duarte Santos, Benedito Manoel Martins Serrão e Raimundo Nonato Gomes Salgado, acusados pelos crimes de assassinato contra o prefeito do Município de Presidente Vargas, Raimundo Bartolomeu Santos Aguiar – o”Bertin”, e tentativa de homicídio contra Pedro Pereira de Albuquerque – o “Pedro Pote”, crimes ocorridos no dia 6 de março de 2007, na região do Município de Itapecuru-Mirim. A sessão teve início na manhãda última segunda-feira (10), na Câmara Municipal de Itapecuru-Mirim, sendo presidida pela juíza titular da 2ª Vara da comarca, Mirella Cezar Freitas.

Os três acusados foram considerados culpados por decisão dos jurados cidadãos do Conselho de Sentença, sendo todos condenados à mesma pena de 34 (trinta e quatro) anos, 4 (quatro) meses e 15 (quinze) dias de reclusão, a ser cumprida em regime inicialmente fechado. A sentença ainda determinou a expedição imediata dos mandados de prisão em desfavor dos condenados, para o início da execução provisória das penas impostas, coma expedição das Guias Provisórias de Execução.

O Ministério Público estadual foi representado pelo promotor de Justiça Pedro Lino Silva Curvelo, responsável pela acusação. O Conselho de Sentença confirmou, por maioria, a autoria, a materialidade dos crimes e rejeitou, por maioria, as teses da defesa.

A sentença elencou os fundamentos para a fixação das penas para cada um dos crimes, com qualificadoras e agravantes. Quanto ao crime de homicídio, a culpabilidade foi considerada grave, pois o acusado agiu com premeditação e frieza, demonstrando uma elevada reprovabilidade da conduta. “Já quanto aos motivos do crime, tem-se que este foi cometido por motivo torpe, em virtude de paga ou promessa de recompensa”, frisou.

A condenação considerou também as circunstâncias do homicídio como graves, tendo em vista que, além de sido cometido de emboscada, dificultando a defesa da vítima, o fato foi praticado mediante concurso de agentes, sendo três os executores do crime. “As consequências do crime foram graves, uma vez que a vítima, Raimundo Bartolomeu Santos Aguiar, era, ao tempo do crime, prefeito do Município de Presidente Vargas/MA, e o seu homicídio extrapolou as consequências naturais do tipo penal, trazendo caos e instabilidade política para a cidade. A vítima não concorreu para a prática do delito”, cita o documento.

De acordo com o documento, foram praticados dois crimes da mesma espécie, nas mesmas condições de tempo, lugar e maneira de execução -, representando o instituto do crime continuado e autorizando a fixação da pena mais grave. “Em sendo aplicável ao caso a regra prevista no artigo 71 do Código Penal, à vista da existência concreta da prática de 2 (dois) crimes, que tiveram suas penas individualmente dosadas em patamares diversos; e considerando que os crimes foram dolosos, praticados contra duas vítimas, cometidos com violência à pessoa, bem como considerando a culpabilidade aumentada do acusado, as circunstâncias, as consequências e os motivos dos crimes desfavoráveis, aplico a pena mais grave”, diz o documento.

A sentença deixou de decretar a perda do cargo público dos réus José Evangelista Duarte Sousa, Benedito Manoel Martins Serrão e Raimundo Nonato Gomes Salgado, pois a medida de cassação da aposentadoria deve dar-se na órbita administrativa, não sendo atribuição do juiz criminal. “Os réus já passaram para a inatividade (aposentadoria), portanto, não podem ser afetados por condenação criminal, ainda que esta advenha de fato cometido quando ainda estavam ativos. Se for cabível, a medida de cassação da aposentadoria deve dar-se na órbita administrativa, não sendo atribuição do juiz criminal”, entendeu.

Com o trânsito em julgado da sentença, a magistrada determinou a comunicação ao Tribunal Regional Eleitoral; ao setor de identificação da Secretaria de Segurança do Estado, noticiando a condenação dos acusados para que sejam efetuados os respectivos registros; e a expedição da guia de recolhimento definitivo com a remessa à Vara de Execuções Criminais.

Vereador Raimundo Penha viabiliza viatura para Ronda Escolar

Em solenidade realizada nesta última quarta-feira (12), o vereador Raimundo Penha (PDT) e o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Jorge Luongo, entregaram à comunidade uma viatura nova que será utilizada pelo 1ºBatalhão da PM para a realização exclusiva do serviço de Ronda Escolar.

O veículo foi adquirido pela prefeitura da capital com recursos de emenda parlamentar apresentada pelo vereador pedetista ano passado.

“Como vereador, fico feliz em poder contribuir com o setor educacional de São Luís. Esta viatura oferecerá mais segurança para estudantes, professores e demais profissionais do setor, garantindo um ambiente escolar mais tranquilo. Eu que fui estudante da rede pública de ensino, sei da importância da soma de esforços no sentido de melhorarmos, cada vez mais, a educação de nossa cidade”, afirmou Raimundo Penha.

O 1º Batalhão da Polícia Militar atende os bairros do Itaqui-Bacanga e algumas localidades da zona rural.

A nova viatura da Ronda Escolar direcionará o seu trabalho para 44 instituições de ensino da região, sendo que 25 integram a rede municipal de ensino.

O trabalho da PM beneficiará diretamente cerca de 16 mil estudantes.

“Trata-se de uma importante aquisição, uma vez que o serviço de Ronda Escolar ficará mais reforçado com a viatura. A instituição Polícia Militar agradece o município de São Luís, que adquiriu o veículo, e o vereador Raimundo Penha, que mostrou sensibilidade ao destinar recursos de suas emendas para o setor da Segurança Pública”, disse Luongo.

Educação e Segurança Pública são duas áreas que continuam recebendo atenção especial de Raimundo Penha.

Este ano, a prefeitura inaugurou a nova UEB Emir Justino Ribeiro, no bairro do São Bernardo, que foi reformada e climatizada com recursos de emenda do vereador do PDT.

Penha também destinou este ano cem mil reais  para reforma e climatização da UEB Mário Andreaza, na Liberdade.

O parlamentar indicou, ainda, R$ 70 mil para a Secretaria Municipal de Segurança e Cidadania para aquisição de duas novas motos para frota da Guarda Municipal com o objetivo de reforçar a segurança no Parque do Bom Menino.

Também participaram da solenidade o coronel Edivaldo dos Santos, comandante da Polícia de Área Metropolitana 3; o tenente-coronel Cláudio André, comandante do 1º Batalhão;  Coronel Augusta, Comandante do Comando de Segurança Comunitária, o deputado estadual eleito Márcio Honaiser (PDT); Denise Duarte, presidente da Central Estudantil; e Carlos Viegas, secretário municipal adjunto de Administração e Finanças da Semed.

Osmar Filho prestigia comenda entregue ao seu pai, juiz Osmar Gomes e prefeito Edivaldo Jr.


A Medalha do Trabalho é entregue a personalidades que desenvolvem projetos nas relações de trabalho na cidade e no país
 
Aconteceu na tarde desta terça-feira (11), na sala de reunião do Palácio La Ravardière, sede da Prefeitura em São Luís, a cerimônia de entrega da Medalha de Ordem do Mérito do Trabalho Getúlio Vargas a duas personalidades maranhenses, o juiz Osmar Gomes e o prefeito Edivaldo Holanda Júnior.
A comenda foi entregue por um representante do Ministério do Trabalho, e contou com a presença de familiares dos homenageados e servidores da Prefeitura.

O  presidente eleito  da Câmara Municipal de São Luís, o vereador Osmar Filho (PDT), participou do ato acompanhado da sua esposa e mãe.
 
Durante a solenidade,Osmar parabenizou os dois pela honraria e destacou o importante trabalho prestado em prol da cidade.
“Uma homenagem merecida e justa, é o reconhecimento pelo relevante trabalho que os dois fizeram pelo desenvolvimento e modernização das relações de trabalho para a capital, o estado e o Brasil”, destacou Osmar.

O encontro contou também com a presença do vereador e deputado federal eleito, Pedro Lucas Fernandes.

Pedro Lucas Fernandes é escolhido líder do PTB na Câmara dos Deputados



O deputado eleito Pedro Lucas Fernandes (PTB) foi escolhido líder do partido na Câmara para o ano de 2019. A escolha foi feita por aclamação pelos deputados federais do partido que tomarão posse em 1º de fevereiro do ano que vem.
A reunião ocorreu na sede do PTB em Brasília e contou com a participação do atual líder da bancada ,Jovair Arantes (GO), do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, e de deputados da atual bancada na Câmara.
Pedro Lucas afirmou que pretende contribuir para fortalecer o PTB na Câmara e manter diálogo aberto com os demais partidos representados na Casa. “O PTB não é um partido qualquer. O PTB tem história, tem futuro e agora será composto por 10 novos parlamentares que vêm com muita energia”, disse o futuro líder.
Vereador de São Luís por dois mandatos consecutivos, Pedro Lucas Fernandes foi eleito deputado federal com 111.538 votos. É administrador de empresas e especialista em Planejamento Governamental. Também é filho do deputado federal Pedro Fernandes (PTB-MA).
Pedro Lucas foi presidente da Agência Executiva Metropolitana (Agem), criada pelo governador Flávio Dino (PCdoB) por lei estadual em 2015 para gerir a Região Metropolitana da Grande São Luís. 

Edivaldo anuncia para o dia 20 o pagamento da 2ª parcela do 13º salário

O prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT) anunciou nesta quarta-feira (12), em suas redes sociais, a data do pagamento da segunda parcela do 13º salário, que estará na conta dos servidores municipais no dia 20 deste mês. O pedetista já havia antecipado no mês de julho a primeira parcela, mesmo com a opção de pagar integralmente o valor apenas no fim do ano.

“Fico muito feliz que a nossa gestão, mesmo neste cenário de crise nacional, esteja cumprindo com rigor mais esse compromisso. O pagamento do salário em dia valoriza o servidor e aquece ainda mais a economia da capital neste período de festividades”, publicou o prefeito em seus perfis nas redes sociais.

A antecipação da primeira parcela em julho e o pagamento em dia da segunda neste mês de dezembro demonstra mais uma vez o compromisso do prefeito Edivaldo com o servidor municipal, uma das marcas da sua gestão, que encerra o ano sem ter tido qualquer atraso nos salários, tendo inclusive na maioria dos meses adiantado o dinheiro nas contas dos funcionários públicos.

A gestão do prefeito Edivaldo está na contramão de outras cidades e estados que não conseguiram honrar os seus compromissos salariais, sobretudo por causa da queda progressiva dos repasses federais, resultado da crise em que vive o país. É o caso das Prefeituras de Natal, Aracaju e Maceió (sem previsão de pagamento até o momento) e a do Rio de Janeiro (ainda vai pagar a primeira parcela do benefício).

Com a administração responsável e planejada, o pedetista se destaca entre os gestores que conseguiram manter as contas em dia. Mesmo isso sendo uma obrigação das gestões públicas, diante do cenário em que vive o país, o feito merece ser evidenciado, ainda mais neste período de fim de ano, em que se espera uma economia aquecida e seguindo em curva ascendente.